Qual é a importância dos Oceanos?

Desde a origem da vida humana, os oceanos desempenham papel imprescindível não somente para o homem, mas para todo o planeta.Temos como exemplo o fato de que a sua existência foi um dos fatores que permitiram que a vida se originasse na terra a cerca de 4,5 bilhões de anos. A partir daí os oceanos foram cada vez mais se fazendo presentes e necessários em nossas vidas quase que imperceptivelmente.

Os oceanos se fazem necessários, ainda mais hoje com a grande demanda tecnológica e energética que a crescente população mundial exige, em contextos totalmente inimagináveis, onde desempenham funções extraordinárias.

A começar pela manutenção da vida do planeta, os oceanos são os responsáveis pelo regulamento da temperatura, produção de grande parte do oxigênio (O²) existente, caracterização dos diversos tipos de clima, "abrigo" para cerca de 80% das espécies de vida existentes no planeta terra e etc.

Do ponto de vista econômico, os oceanos estão presentes na pesca (alimentação, que ultimamente tem sido um problema devido à grande demanda de alimentos provocada pelo aumento da população mundial), extração de minerais em geral, deslocamento (transporte hidroviário) de navios/barcos menores (importação e exportação de materiais...), desempenha função turística e etc.

Do ponto de vista político, os oceanos também têm como função separar, dividir e/ou agir como fronteira para os continentes, países e afins. Vale destacar que, países que se encontram no litoral, ficam dependentes de outros países em relação à produção destinada a exportação, receber importações... Além de se tornarem mais vulneráveis quanto à defesa do seu país.

Esses são alguns, dos vários, contextos em que os oceanos se fazem presentes.

                    
                                Transporte hidroviário.

Influência do oceanos no clima.

 
           
A foto acima ilustra justamente o que vem sendo dito no texto ao lado. O aumento da população mundial exige um aumento na demanda de alimentos para atender a toda essa população excedente.
Comments