DO CÉU À TERRA


SOBRE A MEDITAÇÃO.

 

MEDITAR SIM, MAS SOMENTE QUANDO TODO INDIVÍDUO TENHA SEU “PÃO E PESCADO” PARA PODER SOBREVIVER. 

MEDITAR PARA ENTRAR EM CONTATO COM AS ESFERAS DIVINAS, COM A DIMENSÃO ASTRAL, É UMA EXIGÊNCIA PARA TODO ESPÍRITO, MAS IMPOSSÍVEL ENQUANTO HAJA FOME, MISÉRIA, GUERRA, VIOLÊNCIA E INJUSTIÇA. 

ENTRAR EM CONTATO COM O EGO SUPERIOR É DIREITO DE CADA INTELIGÊNCIA, PORÉM ATÉ QUE DEUS QUE ESTÁ NO PRÓXIMO, NÃO ESTEJA SATISFEITO EM SUAS INDISPENSAVEIS NECESSIDADES EXISTENCIAIS, ISTO SE TORNA INCONCEBÍVEL E, É SINAL DE ESCASSA CONSCIÊNCIA. 

ANTES DE MAIS NADA TERÁ QUE SE LUTAR DE MANEIRA QUE CADA INJUSTIÇA SEJA DERROTADA E TODA FRAQUEZA DA CARNE SEJA VENCIDA PELO FOGO DO ESPÍRITO SEDENTO DE JUSTIÇA. 

MEDITAR SE TORNA UMA ATITUDE QUE ADORMECE O ESPÍRITO SE NÃO SE VIVER COM O CONHECIMENTO DE QUE ENQUANTO HAJA UM SÓ MENINO QUE MORRE DE FOME, A ALMA NÃO PODE ESTAR SERENA, NEM SENTIR-SE PREPARADA PARA RECEBER A VOZ DO PAI. 

GRITAR E DENUNCIAR O MAL QUE ATENDE A VIDA É O VERDADEIRO VEÍCULO DE NOSSA EXIGÊNCIA ESPIRITUAL, DE NOSSO “AMAR A SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO”. 

QUANDO A HUMANIDADE FOR REDIMIDA, A SOCIEDADE SERÁ EQÜITATIVA, JUSTA E CIVILIZADA. ENTÃO DEUS ESTARÁ COM O HOMEM E A UNIÃO ENTRE O CÉU E A TERRA SERÁ UM FATO, SE REALIZARÁ A COMUNHÃO CÓSMICA, A DIMENSÃO ASTRAL CONVIVERÁ COM A TERRENA. 

MEDITAR SIM, MAS SOMENTE QUANDO A JUSTIÇA SE REALIZAR!

         

GIORGIO BONGIOVANNI

Porto S. Elpidio