Música‎ > ‎

Música de Timor Leste


Bandeira de Timor-Leste











Timor-Leste














Dilli All Stars

A música de Timor-Leste reflecte o contexto geográfico, cultural e social local, pelo que nela é possível perceber elementos distintamente autóctones, mas também influências de outras culturas musicais, como a ocidental, fruto da colonização portuguesa.

Música e dança interligam-se nos géneros tradicionais timorenses, sendo elementos fundamentais da expressão cultural. Do repertório tocado, constam quatro géneros bem definidos: tebe, tebedai, dansa e cansaun. Todos se baseiam na tradição oral e foram passando de geração em geração.

Após 1975, a música timorense passou a estar fortemente associada ao movimento de independência. Por exemplo, a banda "Dili All Stars" lançou uma música que se tornou hino na luta pelo referendo sobre a independência em 2000, enquanto que as Nações Unidas comissionaram uma música chamada "Hakotu Ba" (por Lahane) apelando ao recenseamento da população para votar no referendo.

Banda formada em 1996, composta por músicos timorenses e australianos. Os seus fundadores foram Paul Stewart e Gil Santos.





Teo Batiste Ximenes






Francisco Borja da Costa foi poeta e também o compositor do Hino nacional de Timor-Leste, tendo escrito a maior parte da sua obra em língua tétum. Morreu no dia 7 de Dezembro de 1975, no mesmo dia da invasão de Timor-Leste pela Indonésia.

Além do hino timorense, seu trabalho mais conhecido talvez seja o poema
Um Minuto de Silêncio
.








Luís Represas - "Ai Timor"






Sons de Timor


Timor Lorosae  - um sítio na Internet com mais informações sobre este recente país.






































Mapa de Timor-Leste










Viva o Timor-Leste! Martinho José Ferreira









Dilli All Stars









Teo Batiste Ximenes
é um cantor australiano que utiliza os ritmos timorenses como base.

Hoje em dia, fazem-se sentir influências externas e à música timorense não são alheios novos estilos populares internacionais como o rock, o hip hop e o reggae
.


























UM MINUTO DE SILÊNCIO - Francisco Borja da Costa


Calai
Montes
Vales e fontes
Regatos e ribeiros
Pedras dos caminhos
E ervas do chão,
Calai
.
Calai
Pássaros do ar
E ondas do mar
Ventos que sopram
Nas praias que sobram
De terras de ninguém,
Calai
.
Calai
Canas e bambus
Árvores e "ai-rús"
Palmeiras e capim
Na verdura sem fim
Do pequeno Timor,
Calai
.
Calai
Calai-vos e calemo-nos
POR UM MINUTO
É tempo de silêncio
No silêncio do tempo
Ao tempo de vida
Dos que perderam a vida
Pela Pátria
Pela Nação
Pelo Povo
Pela Nossa
Libertação
Calai - um minuto de silêncio...




Comments