Notas biográficas
 


LUÍS MANUEL DIAS DA COSTA CORREIA
www.costacorreia.com
costacorreia.blogspot.com
va52462a@vizzavi.pt
 
Natural da freguesia de Santa Maria da Graça, concelho de Setúbal, fez os estudos secundários em Setúbal e no Liceu Pedro Nunes, em Lisboa.
 
Admitido primeiro na Escola do Exército e depois na Escola Naval, seguiu o curso de Marinha (1957/60), tendo sido promovido a primeiro-tenente em 1964, a capitão-tenente em 1972, a capitão-de-fragata em 1980, e a capitão-de-mar-e-guerra em 1986, e passado à Reserva, a seu pedido, em 1988, e posteriormente à Reforma, em 1990.
Frequentou os cursos Geral Naval de Guerra (1972/73) e de Estado-Maior Inter-Forças (1973), e especializou-se em Armas Submarinas, Educação Física e Fuzileiro Especial.
 
Principais condecorações: medalha naval de Vasco da Gama e medalha militar de ouro de Serviços Distintos.
 
Colocações mais relevantes - como oficial de guarnição em diversos navios: em Cabo Verde, Angola, no Atlântico (NATO), Mediterrâneo e na Guiné (1964/65); e, comandando o NRP "Montante", de novo na Guiné (1969/71)"; na Escola de Fuzileiros, Direcção do Serviço de Armas Navais, na área da Educação Física da Armada e na Direcção das Infra-Estruturas Navais (Subdirector).
 
Participou no movimento que levou à realização do levantamento militar em 1974, bem como na ocupação da DGS (ex-Pide) entre Abril e Junho de 1974
 
Nomeado Director-Geral do STAPE (1975/77), foi responsável pela organização das eleições legislativas, presidenciais, autárquicas e regionais ocorridas em 1976.
 
De 1977 a 1980 foi o representante da Marinha no Ministério dos Negócios Estrangeiros, para assuntos de cooperação militar com os países africanos de língua oficial portuguesa.
 
Não tendo sido nomeado para a frequência do Curso Superior Naval de Guerra, por razões invocadamente (pela Marinha) políticas, solicitou em 1988 a passagem à Reserva, após o que ingressou, na sequência de concurso público, na Comissão Europeia, onde foi responsável pelo Serviço de Transportes (Bruxelas, 1989/93) e pelas Redes de Informação Europeia em Portugal (Lisboa, 1994/2004).
 
Foi membro da Comissão de Redacção dos Anais do Clube Militar Naval (1966/85), e é sócio do Clube Militar Naval, da Sociedade de Geografia de Lisboa, da Associação 25 de Abril, e da Sedes, entre outras associações.
 
É autor de artigos sobre assuntos jurídico-históricos (Anais do Clube Militar Naval e Revista da Ordem dos Advogados), Política de Defesa, Política Internacional, Sistema Eleitoral e Politica Nacional (nos citados Anais, em diversos jornais semanários e diários, em www.costacorreia.com e em blog.sedes.pt ).

(Revisto em Janeiro de 2016).