É um milagre!

Escreve Nancy Daham

Milagres acontecem todos os dias a pessoas normais, que vivem vidas normais. Porém porque não se fala mais destes eventos incríveis? Talvez decidam guardar segredo sobre algo que é tão importante e privado para eles. Ou talvez existe o temor de serem chamados de fanáticos e que não os levem a sério. Ou talvez, nós como sociedade, perdemos nossa sensibilidade a coisas que vão além de nossa compreensão e controle. Qualquer que seja o motivo para não revelarem o que muitos consideram um milagre, deveríamos reconsiderar e contar a todos. POR QUE? Deveríamos revelar os milagres para manter viva a esperança, a fé e também a crença nas possibilidades.

O que é precisamente um milagre? O dicionário da Bíblia o define como um “evento no mundo exterior que aconteceu pela vontade de Deus”. O dicionário Webster afirma que um milagre é” um evento extraordinário manifestando a intervenção divina na vida humana”.

Agora que sabemos o que é um milagre, quantos crêem em sua existência? Uma pesquisa levada a efeito nos Estados Unidos entre 2.021 adultos diz que 84% das pessoas entrevistadas crêem em milagres. Interessante que muitos crêem em milagres sem terem vivido um em sua vida. Basta saber que aconteceu a outros para que o sistema de crença se manifeste como verdade adotada.

Muitos tem dito que a ciência e o sobrenatural não podem coexistir. Hoje a medicina, a cura natural, oração e milagres estão menos delineados e mais incorporados na cultura da vida diária. Ainda que existam descrentes em nosso meio, existem cada vez mais enfermeiras e médicos que reconhecem que a divina intervenção pode ser uma razão porque existem muitas pessoas doentes que se curam de maneira inexplicável.

Cientistas tem estudado os efeitos da oração no corpo humano por muitas décadas. A oração e a meditação podem afetar o funcionamento psicológico do corpo baixando o nível de ansiedade, baixando os batimentos cardíacos, produzindo uma sensação de bem estar. Pessoas que oram e meditam melhoram sua saúde através dos benefícios positivos se desconectando de um meio ambiente cheio de stress.

Podem a oração e a meditação curar uma enfermidade? Pode a oração e a meditação fazer com que milagres aconteçam? Isto é algo que não se pode provar em nenhuma circunstância. O mais próximo de uma explicação é que algo aconteceu afetando o provável curso dos eventos.

O tema dos efeitos da oração está cada vez mais popular entre os cientistas, que fazem estudos sobre o poder da oração para curar enfermidades. Tem havido estudos sobre os efeitos da oração a distância e a cura. Nestes estudos pessoas doentes recebem orações de outras pessoas, sem saberem que estão orando por elas. Existem também consideráveis evidências destes estudos para apoiar a idéia de que a oração a distância causa uma diferença positiva. Estudos acerca da oração tem se multiplicado nos anos recentes. Até mesmo o Instituto Nacional de Saúde está fazendo estudos sobre a oração.

Quando uma oração muito importante é atendida, será que podemos provar que foi um milagre? Aos que receberam o benefício não são necessárias provas. Só sabem do que aconteceu a eles. A experiência é um reconhecimento interno que é de uma profundidade inexplicável que pode alterar a vida para sempre. Desfruto a crença que fui abençoada por muitos milagres durante o decorrer da minha vida. Quando tinha 22 anos tentei ressuscitar a meu pai que de repente parecia haver morrido. Depois de muitas tentativas em vão pensei que ele estava morto. Como uma alternativa dei um grito pedindo a ajuda de Deus. Finalmente meu pai começou a respirar novamente. Mais adiante soube que sofreu uma hemorragia cerebral e havia parado de respirar. Recobrou sua saúde dois meses mais tarde sem nenhuma cirurgia.

Numa outra oportunidade orei pela vida da minha mãe quando o coração dela estava muito danificado depois de sofrer vários ataques cardíacos num só dia.. Pedi, implorei a Deus desesperadamente. Dizem que Deus escuta a todas as orações. Algumas vezes responde negativamente. Naquele dia respondeu positivamente. Ela viveu feliz por mais 22 anos.

Depois da morte de minha mãe, eu trabalhava como enfermeira. Um dia estava só numa sala de operação me preparando para o próximo paciente quando de repente lembranças de minha mãe encheram a minha mente(ela também era enfermeira). Orei pedindo a Deus que me desse um sinal de que minha mãe estava feliz e no céu e pedi que curasse uma lesão no meu cotação, como sinal de que ela estava feliz. A lesão era um orifício que eu tinha em meu coração desde o meu nascimento. Este defeito fez com que minha mãe e eu tivéssemos uma amizade muito íntima desde a minha juventude. Depois do meu pedido por um sinal uns eventos estranhos aconteceram. Vários colegas se aproximaram de mim com um outro enfermeiro com diziam que também tinha a mesma lesão no coração. Até brinquei com ele dizendo que o barulho no meu coração era mais alto do que o dele. Quando se colocava o estetoscópio no coração se ouvia o ruído. Desta vez isto não aconteceu pois ao por o estetoscópio no meu coração nenhum ruído foi ouvido. Só escutava o batimento normal do coração. Meus colegas me aconselharam a ir a um médico para ver o que estava acontecendo. Fiz um check up no dia seguinte que revelou que o orifício no meu coração não mais existia. Eu sabia que aquilo era um milagre. Durante os próximos anos, quatro dos médicos com os quais me consultei não puderam me dar uma explicação do que ocorreu. Disseram, em sua opinião, que se tratava de um milagre. Para mim o milagre foi o sinal de que minha mãe estava feliz no céu.

Existe ainda o evento de Rosie, a mulher na Califórnia que foi diagnosticada com câncer uterino que se havia espalhado pelo fígado e pulmões. Deram a ela seis meses de vida. Num dia chuvoso no qual estava presente o pintor Thomas Kinkade dando autógrafos, ele fez uma pausa para orar depois de saber o que estava se passando com a Rosie. Desde então, fazem quatro anos, que Rosie não tem câncer.

Dos paciente que estão morrendo com câncer, 4,4% saem dos Hospitais Oncológicos Calvary e Memorian Sloan-Kettering, cada ano, sem nenhum vestígio da doença. Nem os médicos dos respectivos hospitais podem explicar. Milagres acontecem todos os dias, grandes e pequenos, silenciosos ou barulhentos, conhecidos os desconhecidos. Não são necessários estudos científicos para comprovar o poder da oração e o poder da mente para curar o corpo. A oração é algo poderoso. O único que precisamos é ter fé de que com Deus tudo é possível.