Odete Costa Semedo


           (Bissau-1959)

Maria Odete da Costa Semedo nasceu em Bissau, a 7 de Novembro de 1959.  Aos 18 anos iniciou as suas actividades como professora.  Licenciou-se  em Línguas e Literaturas Modernas (Estudos Portugueses) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (1989/1990).  Assumiu,  ao regressar à Guiné-Bissau, a Coordenação Nacional do Projecto de Língua Portuguesa no Ensino Secundário, financiada pela Fundação Gulbenkian. Foi Directora da Escola Normal Superior Tchico-Té; exerceu ali ao mesmo tempo suas actividades de professora. A partir de 1995 passou a desempenhar as funções de Directora Geral do Ensino. Foi Presidente da Comissão Nacional para a UNESCO - Bissau. Assumiu as funções de Ministra  da Saúde e de Ministra da Cultura. Doutorou-se em Letras pela PUC Minas, Brasil.

Traduziu para crioulo o guião do filme Olhos Azuis de Yonta do cineasta Flora Gomes e participou na rodagem do mesmo filme como assistente de realização.

Participou na Anthologie de Literatures Francophones de l'Afrique de l'Ouest, Éditions Nathan, Paris, 1994.

Foi co-fundadora e é membro do Conselho de Redacção  da  Tcholona, Revista de Letras, Artes e Cultura.

Tem divulgado contos e poemas em jornais e revistas nacionais e estrangeiras.

  • 1996 - livro de poemas Entre o Ser e o Amar, em Bissau.
  • 2003 - Histórias e passadas que ouvi contar e No Fundo do Canto (edições portuguesas)
  • 2006 - organizou a exposição Falas di Panus, em PUC Minas, onde se doutorou.

voltar