Bibliografia

Portolani Books Volume Dois: Misérias  do Exílio



INÍCIO                        ANTERIOR

Livros referidos ou consultados.

 

Jornais e revistas 

 


 

BIBLIOGRAFIA

I. LIVROS REFERIDOS OU CONSULTADOS

AZEVEDO, Cândido de. Classe Política Portuguesa, Lisboa, Edição, 1989.

BEAUVOIR, Simone de. La Force des choses, Paris, Gallimard, 1963.

CERQUEIRA, Henrique. Acuso, Lisboa, Intervenção,  1976.

CUNHAL, Álvaro. Acção Revolucionária, Capitulação e Aventura, Lisboa, Editorial Avante, 1994.

DELGADO, Iva. O General, Lisboa, Círculo de Leitores, 1985

DELGADO, Iva & PACHECO, Carlos (Organização, compilação e introdução). A Tirania Portuguesa, Lisboa, Publicações Dom Quixote, 1995.

DOBSON, Christopher & PAYNE Ronald. The Dictionary of Espionage, Londres, Harrap, 1984.

FANON, Frantz. Os Condenados da Terra, Lisboa, Ulisseia              Editora, 1965.

FERREIRA, Francisco. 26 Anos na Rússia Soviética. A Mentira Soviética Revelada por quem a Viveu. O Socialismo não Existe na URSS. UmÚltimo Aviso aos Ingénuos, Lisboa, Edições FP (edição revista e ampliada), s.d.

FRYER, Peter & MCGOWAN PINHEIRO, Patrícia. Oldest Ally, A Portrait of Salazar’s Portugal, Londres, Dobson, 1961.

GALVÃO, Henrique. Colonialismo, Anticolonialismo e Comunismo, Rio de Janeiro, Germinal, 1961.

HAFID, Keramane. La Pacification, Lausanne, La Cité, 1961.

HORNE, Alistair. A Savage War of Peace, Londres, Macmillan,         1996.

IGNATIEV, Oleg. Conspiração Contra Delgado. História Duma Operação da CIA e da PIDE. Uma crónica documentada, Moscovo, Edições Progresso, 1987.

KETTLE, Michael. De Gaulle and Algeria 1940-1960, Londres,             Quartet Books, 1993.

MARGARIDO, Alfredo. A Introdução do Marxismo em Portugal,        Lisboa,

OUZEGANE, Amar. Le meilleur combat, Paris, Julliard, 1962.

PACHECO, Carlos. MPLA. Um Nascimento Polémico (as falsificações da história), Lisboa, Vega, 1ª edição, 1997.

PEREIRA, António Maria. A Burla do 28 de Setembro, Lisboa,            Bertrand, 1976.

QUEIROZ, Eça de. The Maias, Londres, The Bodley Head, 1965.

SERTÓRIO, Manuel. Humberto Delgado, 70 Cartas Inéditas,              Lisboa, Praça do Livro, 1978.

SOARES, Mário. Portugal Amordaçado. Depoimento Sobre os Anos do Fascismo, Lisboa, Arcádia, 1974.

VIEIRA, Luandino. Luanda, Lisboa, 1ª edição, 1964.

 

II. JORNAIS E REVISTASS

Angola Informations  - Boletim da FNLA, Argel, 15 de Março de 1965, notícia sobre o desaparecimento de Humberto Delgado, p. 8.

A Província de Angola, 24 de Março de 1965.

Alger Républicain, 26 de Julho de 1964, 'Comunicado do general Humberto Delgado'; 24 de Novembro de 1964.

Avante, Dezembro de 1964.

Diário de Lisboa, 16 de Dezembro de 1976, pp 3-4.

Diário de Notícias, n.º 46451, 27 de Maio de 1996, Carlos Pacheco. 'Os dramas históricos do MPLA que deram origem aos acontecimentos de 27 de Maio. O golpe militar de 77 em Luanda', pp. 20-22;  n.º 46952,  10 de Outubro de 1997, p. 13; n.º 47079, 14 de Fevereiro de 1998, Carlos Pacheco. 'Luanda: o grito que veio do silêncio. O plano de preparação do 4 e 10 de Fevereiro começou em 1959 pela mão do cónego Manuel das Neves', pp. 16-17.

Expresso, 21 de Outubro de 1978, 'O julgamento do caso Delgado. O que o Tribunal não quis ouvir de António Brotas à Acusação que prescinde de testemunhas e a história da carta que foi queimada', p. 5-R; 28 de Outubro de 1978, 'O julgamento do caso Delgado. Se é verdade o que diz Salazar, mente o director da PIDE S. Pais, se é verdade o que diz Silva Pais, Salazar foi monstro de cinismo', pp. 6-R, 7-R.

Le Monde, 'Correspondance', 13 de Janeiro de 1966; 7 de Dezembro de 1965, 'Le Silence du Portugal', p.   e seguintes

Manchester Guardian, 19 de Outubro de 1957..

New Statesman, Fevereiro de 1957, Kingsley Martin, 'Fascism in the name of Jesus'.

Nova Renascença, vol. XII, Primavera/Outono de 1992, (1) José Augusto Seabra, 'Um dissidente português na URSS: o Chico da CUF', p. 327-332; (2) Rui Perdigão, 'As relações do PCP com dois eminentes antifascistas: Emídio Guerreiro e Manuel Valadares', p. 319-325.

O Primeiro de Janeiro, 5 de Maio de 1965.

Partisans, Paris, nº 21, Juin-Juillet-Août, 1965, Patrícia McGowan Pinheiro. 'L´opposition portugaise après la mort de Delgado', pp. 23-33.

Portugal Democrático (São Paulo),  Maio de 1965.

Portuguese and Colonial Bulletin, Londres, Fevereiro de 1961.

Público, n.º 1793, 4 de Fevereiro de 1995, entrevista de Carlos Pacheco a José Eduardo Agualusa, 'UPA e Estados Unidos na origem do 4 de Fevereiro', pp. 2-3.

Révolution Africaine, Argel, 'Angola: La Minute de Verité', nº 27, 3 de Agosto, 1963; Lounes Laribi, «Oú en est l’opposition portugaise», nº 95, 21 de Novembro 1964.

Semana Portuguesa, São Paulo, nº 98, Julho de 1965; nº 102, 31 de Julho de 1965, 'Carta de Tito de Morais'; 24 de Agosto de 1965, 'Carta de António Brotas'.