Toninho Sampaio Ecologia





 Recados Para Orkut



 
     Mapa Hidrográfico do  Estado de Minas Gerais
 
Introdução
A drástica eliminação das matas ciliares e a fragmentação das florestas, verificadas no Brasil 
e aceleradas nas últimas décadas, têm causado um aumento significativo dos processos de 
erosão dos solos, com prejuízo à hidrologia regional, evidente redução da biodiversidade e a 
degradação de imensas áreas submetidas a estas ações antrópicas (Barbosa 2000). No 
estado de Minas Gerais, grande parte da vegetação ciliar foi eliminada em função de 
atividades antrópicas, o que dificulta a implementação de estratégias de conservação dos 
recursos hídricos, uma vez que para assegurar a manutenção da qualidade do ecossistema 
aquático é essencial a preocupação com a vegetação ciliar. Esta formação florestal é 
extremamente importante para a manutenção da qualidade ambiental dos rios, funcionando 
como filtro, retendo poluentes que seriam carreados para o curso d'água, afetando 
diretamente a quantidade e a qualidade da água e, consequentemente, a fauna aquática e 
os recursos pesqueiros (Martins 2001). Embora a mata ciliar, devido à sua localização e 
importância peculiares, tenha papel fundamental na estruturação e dinâmica das áreas de 
contato entre os ambientes terrestres e aquáticos (Naiman et al. 1989, Naimam & 
Dechamps 1990), continua a ser devastada, principalmente sob pressão da expansão agro-
industrial, apesar de contar com proteção legal aos níveis federal e estadual (Aidar & Joly 2003).
 
 
 
Mapa Hidrográfico da  Região do Alto São Francisco
 
Alto São Francisco 58 Municípios
 
Atualmente, frente ao crescente ritmo da degradação ambiental, tem sido constatado um 
grande avanço na pesquisa científica e nos projetos de recuperação de matas ciliares. 
Grandes empresas privadas e estatais do setor energético têm contribuído para o 
desenvolvimento de metodologias de recuperação de matas ciliares, principalmente através 
de projetos de revegetação das margens dos reservatórios de suas usinas hidrelétricas 
(Martins 2001). Entretanto, em vista da grave condição de preservação das matas ciliares, 
com o conseqüente comprometimento da qualidade ambiental das bacias hidrográficas, é 
urgente o desenvolvimento de modelos que visem não só a recuperação da vegetação ciliar, 
mas que considerem a reabilitação de suas características estruturais e funcionais, 
relacionadas à estabilidade do solo e margens dos cursos d'água, retenção de poluentes e 
sedimentos, hábitat para ocupação de espécies animais, além do fornecimento de alimento 
e abrigo para a fauna aquática, através da serapilheira despejada pelas árvores ao solo ou 
carreada diretamente para o curso d'água. Nesse contexto, o estudo da produção de 
serapilheira tem sido recomendado para avaliar o estado de conservação ambiental de 
fragmentos florestais nativos ou reflorestados, por se tratar de um processo essencial na 
restauração e manutenção da fertilidade do solo, pois é o principal caminho para a ciclagem 
de matéria orgânica e nutrientes, capazes de conferir maior estabilidade ao sistema (Jordan 
& Kline 1972).
A serapilheira representa a reserva central de elementos minerais e orgânicos em 
ecossistemas de florestas tropicais, onde os solos são quimicamente pobres e sua 
decomposição possibilita que os elementos liberados da biomassa vegetal entrem no 
sistema (Martius et al. 2004). A importância de se avaliar essa produção está na 
compreensão dos reservatórios e fluxos de nutrientes nos ecossistemas, os quais 
constituem-se na principal via de fornecimento de nutrientes, por meio da mineralização dos 
restos vegetais, desempenhando importante papel na formação e manutenção da fertilidade 
do solo, bem como na oferta de matéria orgânica para a flora e fauna local (Souza & Davide 
2001). Além disso, no estudo da ciclagem de nutrientes, a quantificação das reservas 
minerais e orgânicas e suas transferências entre compartimentos são de extrema 
importância para comparar ecossistemas em diferentes estados de conservação, 
assegurando a manutenção da vegetação (Coelho & Borges 2005), constituindo um 
elemento chave para o sucesso nos programas de recuperação desses ambientes. 
Especialmente em reflorestamentos ciliares, o estudo da ciclagem de nutrientes minerais e 
orgânicos, via serapilheira, tem sido utilizado para verificar o sucesso do plantio, pois é o 
meio mais importante de transferência de elementos essenciais das plantas para o solo, 
garantindo a disponibilidade de nutrientes para o desenvolvimento da floresta (Vital et al. 
2004). Dessa forma, além de representar um elo fundamental no fluxo de energia e matéria 
entre o meio físico e o biótico, a serapilheira produzida pela vegetação confere ao 
ecossistema do qual faz parte maior estabilidade, sofrendo uma variação de acordo com o 
seu estado sucessional (Olson 1963, Oliveira & Neto 1999).
O presente trabalho teve como objetivo a quantificação da produção de serapilheira, em 
dois trechos de vegetação ciliar, um nativo e outro reflorestado, na região do Alto São 
Francisco, de forma a subsidiar o aprimoramento das estratégias de recuperação de matas 
ciliares nas regiões marginais dos cursos d'água do rio São Francisco.
Material e Métodos
O presente trabalho foi desenvolvido em dois trechos de mata ciliar, um nativo e outro 
implantado, distantes aproximadamente 30 km, localizados no município de Lagoa da Prata, 
na região do alto São Francisco, em Minas Gerais .
 

Mapa  do  Município de Lagoa da Prata * 438 Km quadrados

Produção de serapilheira em mata ciliar nativa e 
reflorestada no alto São Francisco, Minas Gerais 
Litterfall in natural and reforested gallery forests along the upper 
São Francisco river, Minas Gerais

    Foram estudados dois trechos de vegetação ciliar na região do Alto São Francisco, Minas 
Gerais, com o objetivo de verificar diferenças na produção de serapilheira. A serapilheira foi 
coletada entre setembro/2001 e agosto/2002, utilizando-se 10 coletores de 0,25 m2 em 
cada trecho. Os resultados obtidos demonstraram uma produção elevada de serapilheira em 
ambos os trechos de mata, sendo que as folhas predominaram sobre os ramos e estes 
sobre os órgãos de reprodução nos dois talhões. A mata nativa apresentou um 
comportamento sazonal de queda de serapilheira, se contrapondo ao reflorestamento, que 
não apresentou sazonalidade para a queda de serapilheira. Os resultados obtidos estão de 
acordo com os valores próprios das matas localizadas sobre planícies aluvionares tropicais. 
Foram encontradas grandes diferenças entre os períodos de maior produção de serapilheira 
entre a mata ciliar nativa e a reflorestada, para o que estariam agindo de forma conjunta à 
dinâmica a florística e o estádio sucessional das espécies existentes nos trechos de 
vegetação estudados.
Palavras-chave: mata ciliar, reflorestamento, bacia do rio São Francisco, recuperação de 
áreas degradadas, conservação.

  Flávia Peres Nunes I, 1; Maria Tereza Cândido Pinto II
IPrograma de Pós-graduação em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre, - 
Instituto de Ciências Biológicas – ICB, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, Av. 
Antônio Carlos, 6627, Pampulha, CEP 31270-901, Belo Horizonte, MG, Brasil 
IIInstituto de Ciências Biológicas e da Saúde, PUC-Minas, Av. Dom José Gaspar, 500, Coração 
Eucarístico, Belo Horizonte, MG, Brasil, http://www.pucminas.br/


Abstract
Two tracts of gallery vegetation in the upper Rio São Francisco, Minas Gerais, were studied 
aiming to verify differences in litterfall. Litter was collected from September 2001 to August 
2002, using ten 0.25 m2 sized litter traps in each tract. Results demonstrated an elevated 
litterfall in both forest tracts, and that leaves predominated over branches and reproductive 
structures. The native forest displayed a seasonal pattern of leaf litterfall, while the 
reforested tract showed no such seasonal pattern for leaf litterfall. The results obtained in 
this study are in accordance with the values obtained in other studies conducted in forests 
located on tropical fluvial floodplains. The large differences in the periods of greatest 
litterfall production between the native forest and the reforested area appear to reflect the 
flora composition and the stage of succession of the species present in the tracts of 
vegetation studied.
Keywords: gallery forest, reforestation, São Francisco river basin, rehabilitation of 
degraded areas, environmental conservation.


Antônio de Pádua Lima Sampaio * Toninho Sampaio

Correspondência Virtual


 
 


 
**  Toninho é Mais Brasil  **
 

**  Toninho Sampaio é Muito Mais Lagoa da Prata  **
 
 
 

 Recados Para Orkut

 


**  Toninho Sampaio Ama Lagoa e quer Eleger Pessoas  **
**  Comprometidas  com  O Progresso de Nossa Cidade  **
**  Desde já Toninho agradece o Apoio para seus Candidatos *
**  Foram todos Eleitos com Expressiva Votação  **
**    Muito obrigado de Coração  **
 
 

 
 
 




 ** Comunidade Apaixonados Por Lagoa **

http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=105962672
 
 

  * Antônio de Pádua Lima Sampaio * Toninho Sampaio *


***  @ Copyright  * 2010  * Toninho Sampaio Productions * Todos Direitos Reservados  ***
 
Comments