Ação & Esporte

 
 
                      Plano de Governo Esporte:

* Reativação da Liga Municipal, transformando-a em Liga Municipal de Desportos
   ( futebol amador e esportes especializados ).
* Realização da Copa de Lagoa da Prata e do Campeonato Municipal.
* Participação ativa nos JIMI, JELP e JEM.
* Construção de pista olímpica e apoio, com material esportivo e professores de
   educação física.
* Participação em eventos cívicos.
* Implantação do programa Segundo Tempo do Governo Federal.
* Criação do núcleo de dança, balé,dança de rua, forró, aeróbica, etc.
* Ampliação dasatividades esportivas para a terceira idade.
* Apoio a eventos esportivos, torneios e demais atividades ligadas aos esportes.
* Escolinhas nas quadras dos bairros com futsal, vôlei, basquete, com prioridade
   para crianças e adolescentes.
* Busca de recursos para iluminação de campos de futebol nos bairros.
* Construção de um novo campo de futebol em Martins Guimarães.
* Apoio a todas as atividades esportivas da cidade como: torneios,
   apresentações esportivas, festivais, corridas, passeios ciclísticos, ciclismo,
   motociclismo, cross, etc.
* Construção de um novo Estádio Municipal, em forma de arena.
* Estrutura para a implantação de escolas de futebol infantil, juvenil e júnior com
   o objetivo de disputar o Campeonato Mineiro das categorias.


 Recados Para Orkut
** Não Vamos Desesperar Vem aí a Copa 2014 **

** Vamos lutar...lutar e Vencer >>>Esperança
 


***  Toninho Sampaio  ***
 

** Antônio de Pádua Lima Sampaio **



 
Apoia Irrestritamente o Esporte em Lagoa da Prata
 

** Gilberto Silva **

 Recados Para Orkut
***  Gilberto Silva  ***

Representante dos Lagopratenses na Mídia Mundial
  *

Gilberto Silva virou jogador profissional depois de difíceis decisões: parou de jogar entre os 16 e 19 anos para ajudar a família na cidade natal de Lagoa da Prata (MG) trabalhando em várias funções dentro da fábrica de doces e leite em pó – com salário pouco maior que o mínimo. Assim que a situação na família melhorou, decidiu se dar mais uma chance de ser jogador, mesmo com 19 anos. Treinou sozinho, técnica e fisicamente, e conseguiu uma vaga no América (MG), onde jogou entre 1997 e 1999. Passou pelo Atlético Mineiro (de 2000 a 2002) e Arsenal (Inglaterra), de 2002 a 2008, e defende o Panathinaikos (Grécia), com contrato até metade de 2011.

Considerado  para integrar o time de Dunga que foi à Copa de 2010, é um dos ‘operários’ da bola que ganhou a confiança do técnico – e garante que aprendeu a viver com as críticas. Aos 33 anos, foi campeão mundial em 2002, titular em 2006 na Copa da Alemanha, e venceu a Copa das Confederações em 2005 e 2009. Tem 107 convocações e é um dos dois que mais disputaram partidas pela seleção do grupo chamado por Dunga com mais frequência – ele e Lúcio já atuaram em 90 partidas. Jeito simples e fala mansa, deu esta entrevista direto da Grécia:

*  Quem eram seus ídolos no futebol?

    Não vi muito, mas gostava do Zico, Reinaldo, Cerezo. E o Baresi do Milan.

*  Como foi sua chegada à seleção?


Fui convocado para os dois últimos jogos da eliminatória em 2001, contra Bolívia e Venezuela. Meu primeiro jogo foi contra a Bolívia, em La Paz, entrei no segundo tempo, o jogo foi difícil, perdemos por 3 a 1. e vencemos a Venezuela. Foi um período importante porque o Luis Felipe Scolari queria testar vários jogadores que atuavam no Brasil logo depois em amistosos. Então fizemos uma série de partidas em que estavam eu, Emerson, Kaká, Anderson Polga. Ele queria conhecer bem os jogadores mais jovens.

*  E daí se tornou titular em 2002 com a lesão do Emerson.
Eu não esperava ser o escolhido pelo Felipão. Foi uma baixa grande, do capitão, jogador de muita confiança, ele se machucou durante os treinos. Na véspera do primeiro jogo, eu estava no meu quarto quando Felipão e o Murtosa me disseram que eu ia começar o jogo como titular, fiquei sem falar, mas eles me deixaram tranquilo, disseram que se eu fizesse o que estava acostumado no Atlético já estariam satisfeitos.


*  Depois de oito anos na seleção você ainda recebe críticas.
Temos de nos preparar para toda situação, principalmente na seleção. A cobrança é grande. Sempre tem quem ache que alguém que ficou de fora é melhor do que quem está lá. Isso é normal. Mas o momento mais difícil foi o período que joguei menos no Arsenal, na minha última temporada. Tanto que mudei de clube porque tinha objetivos com a seleção brasileira.

*  Você era titular na Seleção e reserva no Arsenal.

Era muito estranho até para o pessoal de dentro do Arsenal. Não entendi a postura do treinador,  Arsene Wenger. Tinha acabado de ser campeão da Copa América, era capitão da seleção, e quando cheguei perdi a posição de titular, sendo que era cotado para ser capitão do Arsenal. Foi isso que me fez sair. Sabia que se não jogasse seria difícil continuar voltando ao grupo da seleção. E mesmo um pouco sem ritmo, tive a confiança do Dunga e da comissão
.

*  Mas sempre tem críticas
Então, há pessoas que esquecem o que fizemos, o sacrifício para defender o pais. Algumas pessoas não entendem isso, talvez por bairrismo, não sei. Às vezes uma critica toma outro rumo, mas nunca deixei que isso me afetasse, minha resposta vem de dentro do campo.

*  Quando decidiu sair do Arsenal teve muitas propostas?
Sim, do Atlético para voltar, mas queria ficar na Europa. Também recebi contato de clubes da Alemanha, Inglaterra, Holanda. Mas quem me ofereceu as melhores condições foi o Panathinaikos. O clube é bom, o país também, joguei a Champions League… Foi um risco mas está dando certo. E o contrato até 2011 foi fundamental, porque as outras equipes queriam no máximo dois anos.

*  Que país está jogando bem neste momento na Europa?
A Espanha está bem e a Inglaterra é uma equipe forte. Mas em Copa tudo é diferente: pode chegar bem e cair, ou chegar caindo e ir bem à frente.
 

E o Brasil?
Montamos um grupo muito bom e hoje estamos sabendo jogar com objetivo. Tanto que os resultados vieram. Claro que temos chance, mas estamos conscientes que é preciso viver um dia de cada vez, teremos dificuldades, todos querem nos vencer, cada jogo é uma final. Por isso pensamos em um passo de cada vez.

Como é o trabalho com o Dunga?
A experiência dele como jogador de seleção deu a tranquilidade para montar o grupo aos poucos. E não foi fácil porque a partir de 2006 vieram muitas críticas. Ele é simples, direto na forma de lidar com cada um no grupo, novos e mais velhos, e cobra quando tem de cobrar. Sabe dosar e é bem objetivo. A parceria com Jorginho é muito bacana, porque eles têm estilos diferentes e esta união tem dado certo.

Por Silvio Nascimento







 
 Equipe da Arce vence a Copa Lagoa da Prata de futebol Master
 e se consagra Tri-campeã da competição

 

   A equipe da Arce sagrou-se Tri-campeã da 6ª Copa Lagoa da Prata de Futebol Máster,
para jogadores acima de 37 anos.
A competição  faz parte do calendário oficial de Lagoa da Prata.
 
 
 
 
 


 Recados Para Orkut




***  Toninho Sampaio é Mais Brasil  ***
 
 
 
* Toninho Sampaio é Mais Lagoa da Prata  

*  Ver Toninho nas Imagens do Google 
 
**  Toninho Sampaio Ama Lagoa e quer Eleger Pessoas  **
**  Comprometidas  com  O Progresso de Nossa Cidade  **
**  Desde já Toninho agradece o Apoio para seus Candidatos *

**  Foram todos Eleitos com Expressiva Votação  **
**   Muito obrigado de Coração (Toninho Sampaio ) *
 
 


 
MusicPlaylistRingtones 
        Create a MySpace Music Playlist at MixPod.com

 
 

 

 Recados Para Orkut  

** Comunidade Apaixonados Por Lagoa **

 

* Antônio de Pádua Lima Sampaio * Toninho Sampaio *


* Toninho Sampaio é Mais Lagoa da Prata * 

 @ Copyright  * 2011  * Toninho Sampaio Productions * Todos Direitos Reservados 

Comments