COMPUTADORES ANTIGOS NO ENSINO

INSTITUTO DE FÍSICA ASTRONOMIA E CIÊNCIAS ESPACIAIS - IFAE


INSTITUTO DE AERONÁUTICA E ESPAÇO - IAE - FACULDADES INTEGRADAS ESPÍRITA - FIES 

© 1987 - 2010 - Ângelo Antônio Leithold


Índice


INTRODUÇÃO  01  02  03  04  05   06  07  08  - 09  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59
 


 INSTRUMENTOS DE MEDIDA ELÉTRICA MEDIDAS COMPARATIVAS COMPUTADOR - OSCILOSCÓPIO

O ensino da física através de computadores antigos


Prof. BSc. Ângelo Antônio Leithold

 

        A utilização de computadores antigos e ultrapassados (Sucateados) como instrumentos de medição para o ensino da Física é abordada no presente artigo com experimentos que comprovam a eficácia de tais processos. Em 2009 foi desenvolvida uma interface e instalado um software (Livre) que transformou um computador K6-2 350 MHz num instrumento de medição de Resistores, Indutores, Capacitores, corrente, tensão, frequência, etc. Em seguida foram montados diversos PC's para laboratório de Física das FIES, usados com sucesso.

          Em geral,  os computadores são, para o usuário leigo, um instrumento para ler e-mail's, ou no máximo para joguinhos ou navegação na Internet. Muitos desacreditam-no como um provável instrumento ou ferramenta útil no dia-a-dia. Alguns inclusive, imaginam que o computador jamais irá substituir certos instrumentos. Contudo é inegável que a presença da tecnologia mostra-se cada vez mais uma realidade que cresce exponencialmente. O conhecimento atualmente, por si só, procura compreender o seu próprio desenvolvimento, as influências nas próprias atitudes sociais, principalmente no aumento da velocidade da informação e do avanço tecnológico, geram um sistema auto-alimentado que aumenta cada vez mais as conexões entre os diversos ramos da ciência.

          A Tecnologia não pode ser mais encarada como algo abstrato ou de difícil definição prática, ela está inserida no contexto histórico humano. Desta forma, quando se pensa em tecnologia em forma de avanço dos mecanismos do conhecimento, pensar-se-á sobre a tecnologia das novas ferramentas que se apresentam advindas do próprio “tecnocentrismo”, onde tudo gira em torno da técnica. Desde muito tempo se discute a validade da experimentação que parte de dispositivos ou processos tecnológicos. Logicamente, quando algo aponta para novas soluções, e estas são bastante simples, ocorre a desconfiança natural contra o novo que se redescobre.
          As empresas, escolas, universidades, enfim, a sociedade como um todo, criou um novo “lixo”, o lixo tecnológico. Este, muitas vezes exacerbado pelo consumismo acelerado, gera uma obsolescência cada vez maior de instrumentos e equipamentos de tecnologia avançada. O consumismo quer, necessita que os humanos obtenham sempre a última novidade, o mais veloz, o mais potente. E assim, ocorre com todos os artefatos tecnológicos, desde a velha faca de cozinha, até o mais veloz computador. Na medida em que a tecnologia vai avançando, e os computadores ficando mais e mais obsoletos, o lixo tecnológico vem se avolumando nos porões e sótãos, além dos “lixões”. 

          Equipamentos completos, funcionais e muitas vezes semi-novos, estão a ser descartados sem o mínimo pudor por uma humanidade ávida por consumir.Nesta esteira, em muitas escolas, universidades, hospitais, residências empresas, etc, os velhos computadores são substituídos por novos e acabam por gerar mais e mais entulho.
         Desta forma, é comum observar nas ruas, sucatas que poderiam ser úteis por muito tempo, e portanto, gerar uma economia enorme, pois reduziria em parte a avidez pelo novo, principalmente nos laboratórios das escolas e universidades. Sob este raciocínio, o presente artigo foi proposto no sentido de utilizar um velho computador para servir de paralelo como equipamento de medidas frente a um dispendioso instrumento de laboratório de eletrônica, um osciloscópio.
          O computador, um velho K6-2 500 MHZ, com dez anos de uso (Preço com monitor, teclado etc, R$ 300,00 - Mercado Livre), teve adaptada sua placa de som, e foram instalados alguns softwares livres, em código aberto, além do sistema operacional, o “ultrapassado” Windows 98, já, há muito, descartado pela sociedade de consumo.
         Os osciloscópios utilizados para as medidas comparativas, foram um ICEL MOD:OS-21 (Preço: R$ 1.600,00 novo) e um osciloscópio HP - 54200A (Preço: R$ 6.000,00 usado).

          Muitos afirmarão que os osciloscópios são para uso em altas freqüências, de fato, contudo, para aprendizado de física, ou para medir cargas e descargas capacitivas, basta uma resposta de alguns Kilohertz.

PÁGINAS

lacec.unibem.py5aal@

Creative Commons License
O ensino da física através de computadores antigos by Leithold, A. A. e Borba, J. T. is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.

Documento PDF => Computadores_Ensino_fisica_leithold_angelo_antonio_py5aal.pdf 5733k View Download

Subpages (60): View All
Comments