Hipertexto

Esqueleto Humano

O protejo : Anatomia óssea 

Anatomia óssea - Cronograma 

Anatomia óssea - A equipe 

Anatomia óssea - A campanha 

Hipertexto - Esqueleto Humano 

 

 

O esqueleto humano tem como função principal sustentar e dar forma ao corpo, mas também proteger determinados órgãos vitais, além de servir como ponto de fixação de músculos e tendões que ao se contraírem , permitem movimentação, desde as mais simples as mais complexas.

Fazem parte também do esqueleto humano, além dos ossos, os tendões,ligamentos e as cartilagnes.

 

  • Funções Principais dos Ossos

 

Suporte: Da suporte a músculos e outras estruturas moles , as quais , sem suporte dos ossos, não nos daria a forma que temos atualmente.

 Movimento: Os ossos são pontos de fixação para tendões e músculos, os quais , ao se contrairem , nos permite movimentos de locomoção , desde os mais simpels aos mais complesxos.

Proteção: faz todo os sentido quando se pensa por exemplo nos ossos do crânio, pulmões e coraçõa.

  •   Esqueleto (cerca de 206 ossos)  

 

Axial e Apendicular

 

Sabem que os ossos tal como os conhecemos podem organizar-se de diversas formas, e que é composto por segmentos que são distintos. Alguns ossos do esqueleto pertencem ao esqueleto apendicular enquanto outros pertencem ao esqueleto axial.

O esqueleto axial é constituído pelos ossos da cabeça, coluna vertebral, costelas e esterno, ou seja aquilo que embriologicamente surge primeiro.

Tudo o resto surge posteriormente em termos de evolução, e portanto, surge como apêndice à estrutura inicial daí o termo esqueleto apendicular.

De grosso modo o esqueleto apendicular traduz-se como os ossos do membro superior e os ossos do membro inferior.
Membro superior: ombro, braço, antebraço, mão

Membro inferior: osso da cintura pélvica,  da coxa,  da perna e do pé.

 

  • Há também uma divisão muito conhecida do esqueleto humano. Esta por sua vez, o divide em 3 segmentos: Cabeço, tronco e membros.

Cabeça e Tronco fazem parte do chamado esqueleto axial e os membros superiores e inferiores fazem parte do esqueleto apendicular.

Basicamente, o ossos formadores de cada um desses segmentos são:

 

Cabeça Frontal, parietais, occipital, temporais, esfenóide,etmóide, zigomático, maxilar,mandíbula, vômer e outros ossos menores e mais internos a cavidade craniana.

Tronco : São os ossos da costela e os da coluna vertebral, chamados de vertebras, e são divididos em 4 regiões.

Região cervical: Vertebrias cervicais = 7

Região Toráxica: Vertebras toráxicas = 12

Região Lombrar: Vertebras lombares = 5

Região Pélvica:Sacro = união de 5osso

                       Cóccix = união de 3 ou 4 ossos.

Total = 33 osos na coluna vertebral

Membros:

Membros superiores: Cintura escaputar: escáputa e  clavícula.

Úmero, rádio, Ulna, ossos do carpo, ossos do metacarpo e falanges.

Membros inferiores: Ossos da cintura pélvica, fêmur, tíbia, fíbula, ossos do tarso, ossos do metatarso e falanges.

 

  •        Todos os ossos têm em comum a sua estrutura e são constituídos por:

Osso compacto e osso esponjoso :O osso compacto é constituído por osso denso, já o osso esponjoso é constituído por uma malha bastante apertada.

 

O osso compacto possui uma cavidade no centro onde se localiza a medula óssea. Já o osso trabecular é caracterizado por ter espaços pelo meio onde se localiza a medula vermelha.

No entanto à medida que se vai envelhecendo a medula óssea deixa de  ser absolutamente vermelha na totalidade dos ossos e passa a ser substituída por medula óssea amarela, que já não tem células hematopoiéticas mas sim tecido adiposo o que lhe confere a cor amarelada. Assim nas pessoas existe medula amarela em praticamente todos os ossos excepto em alguns onde persiste sempre a medula vermelha. São exemplos disso os ossos ao nível do externo na parte anterior do tórax, ao nível da extremidade da epifíse proximal do fémur e do úmero, as cristas ilíacas, e ao nível das costelas. Todos os ossos são escondidos excepto o externo e a crista ilíaca que são muito superficiais.

 

  •  Todos os ossos podem ser classificados em 4 grandes conjuntos: Ossos longos, curtos, chatos e irregulares.

Osso longo: é aquele cujo comprimento excede largamente quer a largura, quer a estrutura do osso.

Tem algumas particularidades do ponto de vista macroscópico. É constituído por três grandes regiões:

1.      Parte central, também designado de corpo ou diáfise

2.    Extremidade superior e inferior, também designada de extremidades proximais e distais ou epifíses.

3.    No sítio em que a diáfise está em contacto com as epifíses existe uma zona que se chama metáfise- , está é a parte alargada onde se faz a continuidade com a epifíse.

 

Ossos curtos: exclusivamente no esqueleto apendicular. São ossos que por definição têm dimensões muito semelhantes entre si, não havendo nenhuma que predomine.

 

Ossos chatos: São chatos porque são achatados. Não são ossos planos. Têm uma dimensão, espessura, que é claramente inferior às restantes.

 

Ossos irregulares: São ossos que não cabem em nenhuma das outras definições como é o caso das vértebras e a maior parte dos ossos do crânio

São constituídos por osso esponjoso com uma camada muito fininha de osso compacto.

Ossos esponjosos em que o tecido trabecular é substituído por cavidades cheias de ar, cavidades essas que comunica com o exterior de alguma maneira. Estes são os ossos onde estão contidos os seios perinasais

 

Ossos sesamóides : Ossos curtos que estão localizados nas espessura dos tendões. Um exemplo é a rótula ao nível do joelho.

 

 

  • ·   Aspectos particulares dos ossos: ( permitem distinguir uns ossos dos outros)

 

1.      acidentes anatómicos : que podem ser saliências ou depressões. Tanto umas como outras podem ser arredondados ou de forma linear e têm um nome variável que tem a ver com a sua forma e com a sua dimensão. São estas nomenclaturas que permitem saber o que é um tubérculo, uma espinha, uma tuberosidade, uma apófise, um canal ou um buraco.

 

Basicamente , este é o estudo geral dos ossos que compõem o esqueleto Humano, dirigido à aqueles que tem pouco, ou até mesmo nenhum, conhecimento sobre o assunto!