A Ressurreição de Jesus




*** A Criação Do Universo Infinito ***



*** The Teacher (O Mestre) ***
 
 



*** Dái Glória Ao Senhor ***
*** O Criador do Universo Infinito Jesus Cristo ***
 
A Ressurreição de Jesus
 
 
 A Tranformação de Todos Os Corpos Prá Vindoura Era Do Amor
*   E Isto Ainda Não É Tudo Que Foi Prometido Por Ele *
*   A Maior Promessa É Vivermos Com Ele Uma Eterna Vida...
*   Nos Jardins do Éden Onde Só Há Paz, Amor, Esperança e Louvor !!!
 
 
 
 
No Evangelho de Mateus, capítulo 27, está escrito no momento em que Jesus Pronunciou A Notícia de Sua Propria Morte Iminente, Dizendo, Tudo Está Consumado, Um Terremoto Sacudiu A Região, Os Túmulos Foram Revirados. Mesmo Antes Disso, A Terra Foi Envolta Em Trevas Celestiais. Três dos Evangelhos Canônicos Relatam Que a Escuridão Durou do Meio-dia até as 3 horas da manhã do dia seguinte ao Martírio Do Messias. Os pesquisadores estão atribuindo este fenômeno à ocorrência de uma tempestade de areia. Para os cientistas, essa é uma pista sobre a verdadeira data, o verdadeiro dia deste acontecimento. O International Geology Review, investigando as atividades sísmicas do planeta na região ao redor do Mar Morto, há 13 km de Jerusalém, descobriu que, de fato, aconteceu um terremoto no local. Sua data foi determinada: uma sexta-feira, 03 de abril de 33 d.C.. Essa data foi obtida através da análise e confronto de registros geológicos e astronômicos. Cientistas do Geophisysical Institute, como o geólogo Jefferson Williams e outros, ainda, do German Research Center of Geosciences, estudaram amostras do solo da praia de Ein Gedi, junto ao Mar Morto. Pesquisando as camadas mais profundas do solo, onde depositam-se os sedimentos mais antigos, os chamados "varves", é possível reconhecer os eventos ocorridos no passado. Descobriu-se, então, que um terremoto aconteceu em 31 a.C. e um outro foi detectado e datado entre 26 d.C. 33 d.C. Jefferson Williams, em entrevista à Discovery, explicou que o último terremoto ocorreu durante a gestão do pretor romano Pôncio Pilatos - na Judéia, coincidindo com a informação do Evangelho de Mateus. A conclusão foi obtida reunindo os seguintes elementos:
Os quatro evangelhos Sinóticos (não apócrifos) e os Anais de Tácitus - XV-44, um documento histórico, concordam que a crucificação aconteceu durante a gestão de Pôncio Pilatos, entre 26 e 16 d.C. Três dos evangelhos (excessão para o evangelho de João), registram que a crucificação foi efetivada em uma sexta-feira e destacam que a morte do Cristo Jesus deu-se no fim da tarde, considerado um momento muito próximo do começo de um sábado judaico. Nos termos de três dos evangelistas esse dia foi 14 de Nisan. Todas essas informações além de dados astronômicos comparados com o calendário judaico confirmaram o ano da crucificação: 33 d.C.
Fonte: Jesus 'died on Friday, April 3, 33AD', claim researchers ... - Daily Mail
www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-214975...
Notícias: Cientistas Confirmam a Data da Morte de Jesus

                                *******    A Ascensão de Jesus  Aos Céus  *******


 

Para o consenso da maioria dos Cristãos, a Doutrina da Ascensão Afirma Que O Corpo de Jesus de Nazaré, Depois de Quarenta Dias Da Sua Ressurreição, Na Presença das Testemunhas Dos Apóstolos, Ascendeu Aos Céus Onde Se Encontrou Na Presença de Deus Pai, Não Só Em Espírito, Mas Também em Sua Pessoa Humana (Corpo e Alma). A Documentação Histórica é Narrada Nos Evangelhos de Marcos 16:19, Lucas 24:50-51, Atos 1:9-11, e Efésio 4:7-13. Este Acontecimento é Afirmado Pela Liturgia Cristã,  Muitas pessoas(Tanto Cristãos Fiéis Quanto Não Fiéis) Ainda Não Compreendem Como a Ausência do Corpo do Senhor Pode Possivelmente Ser Prova de Uma Ressurreição Sobrenatural. E, Como Estamos Perto do Período da "Páscoa" e milhões de pessoas procurarão estar presentes em alguma igreja para compensar a falta de fervor religioso acumulado em mais um ano, este artigo deve ser pontual. "Páscoa," Na Verdade, Trata-se de uma festa pagã que se incorporou ao Catolicismo Romano e foi usada como um substituto para as comemorações judaicas da Passagem, Dos Pães Ázimos e Dos Primeiros Frutos — Todas Celebradas Em Três Dias Consecutivos durante a primeira semana do ano novo judaico. Deus pretendia que essas Comemorações fossem "tipos" do Futuro Messias e Foram Todas Cumpridas à Risca Como "Antítipos" Na Morte, Sepultamento e Na Ressurreição De Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Mas como poderia a mera ausência de um corpo ser tão impressionante ao ponto de inspirar fé naqueles que viram o túmulo vazio?  Por que a justificativa dada pelos principais sacerdotes e pelos fariseus de que os discípulos roubaram o corpo não recebeu crédito do povo? A resposta pode surpreendê-lo, mas o túmulo não estava realmente vazio!  Para refrescar nossa memória, precisamos rever as seguintes passagens das Escrituras, tomadas dos registros dos Evangelhos:

   
* O Criador dos Seres Humanos e do Universo Infinito Jesus Cristo *
 
 
*** Disse-lhes Jesus:
Eu Sou "A Ressurreição" e "A Vida",
Aquele Que Crê Em Mim,
Ainda Que Morto Viverá,
E Todo Aquele Que Vive e Crê Em Mim,
Jamais Morrerá.
João 12:25,26

 * Jesus Não Se Fêz Carne Em Semelhança a Nós...*
  Nós Que Fomos Feitos À Sua Semelhança
 Lembre-se do Início: Assim Disse O Verbo Celestial Jesus Cristo:
 Façamos O Homem à Nossa Imagem e Semelhança 
 
 
 
 
 
Quiosque Azul: Gif Jesus #12 

 

 


   * Se Ouvirdes A Minha Vóz, Não Endureçais Os Vossos Corações *   
 
 
 
 
***  O Que Há de Vir  ***    
 
       ***  Música & Letra de Jc.  ***       

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
    Quem Está Acima de Todos Os Nomes, De Todas As Coisas & De Todo Universo Jesus Cristo
 
 
*** Jesus O Rei do Universo Infinito ***
 


*** Quem é Jesus Cristo ? ***








© Copyright - 2012 / 2016 * Fundação Reviver & Mensageiros do Amor Maior em Cristo Jesus - Todos os direitos reservados.
Comments