RICARDO PINHEIRO


Ricardo Pinheiro é guitarrista de jazz, compositor e musicólogo. Licenciou-se em Música pela Berklee College of Music e em Ciências da Psicologia pela Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa.

Estudou com Mick Goodrick, George Garzone, Ed Tomassi, Ken Pullig, Wayne Krantz, John Damian, Ken Cervenka, Salwa Castelo-Branco e Christopher Washburne. Realizou workshops com Phil Markowitz, Aaron Goldberg, Peter Bernstein, David Liebman, Mark Turner e Andy La Verne. Integrou a Thad Jones/Mel Lewis Big Band e foi colocado na Dean's List da Berklee College of Music, como resultado do seu sucesso académico e musical.

Foi bolseiro da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Fundação Ciência e Tecnologia, Centro Nacional de Cultura e Berklee College of Music. Ganhou o prémio de investigação em Jazz Studies, Morroe Berger - Benny Carter Jazz Research Fund atribuído pela Rutgers University e o Institute of Jazz Studies, nos EUA.

Coordena a Licenciatura em Jazz e Música Moderna na Universidade Lusíada de Lisboa e lecciona também na Escola Superior de Música de Lisboa.

É membro do Conselho Técnico-Científico da Academia Nacional Superior de Orquestra da Metropolitana.

É actualmente Investigador no INET - Instituto de Etnomusicologia, Música e Dança, sediado na Universidade Nova de Lisboa. 
Tem apresentado inúmeras comunicações e artigos em Portugal, Grécia, Áustria, ou Alemanha, aliando perspectivas musicológicas e históricas sobre jazz.

Enquanto músico, actuou nos mais importantes locais de performance em Portugal, tais como o Rivoli (com o Remix Ensemble e Peter Erskine), ou o Teatro São Luiz.

Em Novembro de 2010, lança um disco - Open Letter -, acompanhado por Chris Cheek, Mário Laginha, Alexandre Frazão, Demian Cabaud e João Paulo Esteves da Silva, editado pela editora Fresh Sound Records.

É patrocinado pelas guitarras Parker, cordas Dean Markley e amplificação Line 6.