PAULO BARBOSA
 
Nasceu em Lisboa, em 1967, e cresceu no Funchal. O interesse pela música manifestou-se muito cedo, por volta dos 13 anos de idade. A paixão pelo jazz surgiu pouco tempo depois, ainda antes de iniciar os seus estudos universitários em Coimbra. Regressou à Madeira em 1991 e aí iniciou a sua actividade na divulgação desta música em 1997 com o programa radiofónico Aqui Jazz e, nos dois anos seguintes, Guinness Clube Jazz, ambos na Rádio Clube (106.8). Tem, desde então, conduzido palestras sobre a História do Jazz em várias escolas secundárias daquela região.
 
Deu iníco em 2005 à produção de eventos musicais, com vários concertos na Quinta Splendida, que culminaram, em 2006, no Jazz Fest Quinta Splendida. Promoveu, entre o final de 2005 e o início de 2008, uma série de cerca de 30 concertos no Chega de Saudade e organizou, ao longo desse período, vários outros concertos em diferentes salas madeirenses e acções de formação no Conservatório local. Foi director artístico e produtor executivo do festival Xôpana Jazz em 2007 e 2008. Entre 2007 e o final de 2009, foi director artístico e produtor executivo do ciclo Mudas Jazz Sessions. Foi, já em 2010, director artístico e produtor do Festival de Jazz do Garajau.
 
É colaborador, desde 2006, da revista Jazz.pt. Entre 2007 e 2010, colaborou com o jornal Público (suplemento cultural Ípsilon), tendo entretanto criado, em Março de 2009, o site JAZZ XXI.