Página inicial

Código Internacional de Normatização
de Gravações
- ISRC 
 

 
O QUE É ISRC 
 
Desenvolvido pela Organização Internacional de Normatização (ISO), federação mundial de órgãos nacionais de normatização, o ISRC tem o objetivo de identificar as gravações sonoras e audiovisuais, tornando-se um sistema único e internacional, que coexiste com outros meios que formam parte do sistema CIS (Common Information System), que a nível mundial vem desenvolvendo a codificação de obras musicais, obras audiovisuais, livros, etc.

No Brasil, foi regulamentado através do Decreto nº 4.533 , de 19 de dezembro de 2002.

Atribuído a uma gravação pelo primeiro titular dos direitos sobre ela, identificando-o durante toda a sua vida, deve ser utilizado pelos produtores de fonogramas e de vídeos musicais, como também pelas organizações de direitos intelectuais, as radioemissoras, bibliotecas, etc.

O ISRC se compõe de doze dígitos que indicam: o país (2 dígitos), o primeiro Titular (3 dígitos), o ano de referência (2 dígitos) e o sequencial identificando a gravação (5 dígitos). O ISRC é alfa numérico, utilizando números arábicos (0-9) e letras do alfabeto romano.
 
OS BENEFÍCIOS DO ISRC
 
 
 
 
Compositor: gere o ISRC de suas músicas, faça parte de uma editora, filie-se a uma associação musical integrante do ECAD (SOCINPRO, AMAR, ABRAMUS, SBACEM, UBC, SICAM) e você já estárá fazendo parte do quadro do ECAD para receber seus direitos autorais.
 
Visite também o site: www.chaaban-editorademusica.com.br

1. Cada vez que uma música é executada, a leitura do código ISRC permite reconhecer os titulares e as percentagens correspondentes de seus direitos. Essa leitura se realiza por meio dos equipamentos de hardware, facilitando o controle das gravações protegidas e das obras também protegidas.

2. Facilita a distribuição e arrecadação de direitos (por execução pública e cópia privada).

3. Ajuda a combater a pirataria, pois a atribuição do código implica na inserção de uma marca digital no fonograma.

4. Tem fácil implementação e baixo custo, pois não requer investimentos especiais em equipamentos ou tecnologias específicas. Basta que as companhias fonográficas considerem a existência de uma estrutura capaz de lidar com a administração do ISRC.

5. Os benefícios para os meios de comunicação são:

a. Os radiodifusores poderão automatizar a contagem e controle de gravações utilizadas, poupando esforços e investimentos em tempo e pessoal, evitando os demorados e custosos processos de controle existentes;

b. Com o ISRC se obterá um sistema uniforme para controlar os produtos musicais nos acervos dos meios;

c. Os radiodifusores poderão utilizar os números ISRC para identificar os seus próprios programas musicais na arrecadação de receitas por execução.
 
NÓS SOMOS FILIADOS A UMA ASSOCIAÇÃO MUSICAL EFETIVA DO ECAD E ESTAMOS CAPACITADOS PARA GERAR SEU ISRC COM VALIDADE JURÍDICA E LEGAL E CONTAMOS COM UMA EQUIPE PREPARADA.
 
PARA TIRAR SUAS DÚVIDAS E SABER O CUSTO DE GERAR O ISRC PARA O SEU FONOGRAMA ENVIE UM E-MAIL PARA: