Sangue e Fogo‎ > ‎

Império em Chamas

 Sangue e Fogo tem como principal cidade, Serra Negra, uma cidade turística que detém o título de Estância Hidro Mineral (são poucas no estado que possuem), além de ter uma verba estadual maior para turismo, então considere uma cidade bem cuidada. Possuí 26 mil habitantes, mas o numero de pessoas circulando e bem maior que isso - afinal possuir mais de 50 hotéis em uma cidade de 26 mil habitantes não é pouca coisa. 

Sangue e Fogo by Night

Como principal atividade econômica, o turismo, com uma forte e extensa rede hoteleira, seguido da agricultura e da extração de água mineral, sendo, hoje, um dos maiores produtores nacionais do produto, com onze empresas atuando.


Acessos&Segurança: Ruas bem iluminadas e sinalizadas para os turísticas além de contar com um ônibus gratuito que leva as principais atrações noturnas.  A cidade é pacata - mas a vigilância é constante - ninguém quer uma cidade manchada de sangue.


Informação&Consciência: Wifi gratuito em diversos pontos da cidade, jornal, além de haver diversos monitores e placas informando a qual lugar ou balada ir. Iluminação Pública de qualidade, vida cultural, etc  fazem com que todos estejam cientes dos acontecimentos nas redondezas


Prestígio&Estabilidade: Só existem mais 11 cidades no estado que são estancias como Serra Negra é, a verba adicional do governo deixa tudo bonitinho, dá orgulho de ter como cidade - e ninguém quer vê-la ser


Origem do Nome Serra Negra: Origem Indígena - A parte do município em que hoje está a cidade de Serra Negra era, a princípio, um aldeamento de indígenas. Segundo a opinião de João Mendes de Almeida, no Dicionário Geográfico da Província de São Paulo, "Serra Negra" não passa de corruptela de herã=n=yerê, isto é, um pouco volteadora: herã (um pouco) e yerê (voltear), uma clara alusão aos rodeios que o viajante era obrigado a realizar, pelo fato das serras do município serem escarpadas.





Locais de Destaque

Comments