vida

Ser feliz no trabalho


 

Ser feliz no Trabalho

 

 

«Não consideramos o trabalho manual como maldição ou necessidade desagradável, nem mesmo como meio de ganhar a vida. Nós o consideramos uma elevada função humana, um fundamento da vida humana, a coisa mais digna na vida dos seres humanos e que deveria ser livre, criativa. Os homens deveriam orgulhar-se dele.» (David Ben-Gurion, citado por Charlie “Tremendous” Jones; “A Vida é Fantástica”; Vida; p. 27).

 

 

“O Senhor mandará que a bênção esteja contigo,nos teus celeiros

e em tudo o que puseres a tua mão.” Deuteronómio 28:8

 

Por Bob Gass

 

«Felicidade implica sentir-nos bem connosco próprios. Baseia-se nos nossos relacionamentos e realizações. Quando os nossos dons e capacidades são plenamente desenvolvidos e utilizados no trabalho da nossa vida, aumenta a nossa confiança e segurança.

 

Eis sete segredos para sermos felizes no trabalho: 

 

1. Encarar o trabalho como uma dádiva de Deus; não como uma punição

 

“Quando Deus dá a qualquer homem riqueza e bens e o capacita a apreciá-los, a aceitar a sua sorte e a contentar-se com o seu trabalho — isto é um dom de Deus” (Eclesiastes 5:19).

2. Reconhecer Deus como o verdadeiro patrão

 

“Serve de todo o teu coração, como se servisses o Senhor, não os homens, porque sabes que o Senhor recompensa cada um pelo bem que tiver feito” (Efésios 6:7-8).

3. Procurar um trabalho compatível com os dons pessoais

 

“Se alguém serve, deve fazê-lo com a força que Deus lhe dá, para que em tudo Deus seja louvado” (1 Pedro 4:11).

4. Aprender tudo o que for possível sobre o trabalho

 

“Que o homem sensato ouça e cresça em sabedoria e o entendido adquira sábios conselhos” (Provérbios 1:5).

5. Usar a crítica em proveito próprio

 

De facto, fazê-la funcionar em nosso favor; peça sugestões e correcção. “A pobreza e a vergonha virão sobre o que desdenha a correcção; mas quem atende a correcção será honrado” (Provérbios 13:18).

6. Fazer mais do que é esperado

 

“E quem te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas” (Mateus 5:41). Caminhemos a segunda milha!

 

7. Fazer de Jesus o nosso sócio de trabalho

Permanecer centrado em Cristo durante todo o dia em que os deveres serão levados a cabo com fidelidade: “Conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti, porque ele confia em Ti” (lsaías 26:3).

     »

Bob e Debby Gass; “A Palavra para hoje”; UCB Portugal; Nº5 Out-Dez 2007; p. 16