01. Programa

Tema central: Génese e evolução do Jornalismo no Espaço Ibero-Americano


Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

6 e 7 de Outubro de 2011



Dia 6 de Outubro de 2011, quinta-feira


9 horas Abertura do secretariado


9h30 Abertura (Auditório 1)

Presidente do CIMJ: Nelson Traquina

Representante da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa: Rui Santos

 

10 horas O jornalismo em Portugal e Espanha na transição para a democracia (sessão plenária - auditório 1)

Moderador: Francisco Rui Cádima (CIMJ e FCSH-UNL)

Oradores:

Jaume Guillamet (Universidad Pompeu Fabra)

Rafael Quirosa-Cheyrouze y Muñoz (Universidad de Almería)

Ana Cabrera (CIMJ)

Carla Baptista (CIMJ e FCSH-UNL)

Helena Lima (CIMJ e UP)

 

12h30 Lançamento do livro Jornais, Jornalistas e Jornalismo - Séculos XIX e XX, organizado por Ana Cabrera (auditório 1)

 

Pausa para almoço

 

15 horas: Sessões paralelas de apresentação de comunicações


Mesa 1

Auditório 1

Moderador: Ana Cabrera (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Maria Inácia Rezola (Instituto de História Contemporânea da FCSH-UNL; Escola Superior de Comunicação Social): Justiça transaccional no Portugal Revolucionário: o caso da Comunicação Social 

 

2. Pedro Marques Gomes (Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa e Instituto de História Contemporânea da FCSH-UNL): Um conflito no Diário de Notícias: o «Caso dos 24» em 1975

 

3. Paula Borges Santos (Instituto de História Contemporânea da FCSH-UNL): A caminho da democracia: o «caso Rádio Renascença» na definição política do novo regime (1974/1975)

 

4. Cândida Emília Borges Lemos (Centro Universitário UNA):Os semanários Expresso e O Jornal na Constituinte 1975/76 em Portugal

 

5. Rita Luís (Universitat Pompeu Fabra): A imprensa escrita e os processos de transição democrática ibérica no século XX: aparelhos de censura, leis de liberdade de imprensa e estruturas empresariais – Uma perspectiva comparativa

 

6. Pedro Belchior Nunes (Universidade Aberta e FCSH-UNL): Das ideologias políticas às ideologias de gosto: o discurso no jornalismo sobre música pop em Portugal antes e depois da Revolução de 1974

 

7. Mónica Fernández Amador e Emilia Martos Contreras (Universidad de Almería): La prensa local como tribuna de las reivindicaciones ciudadanas: Almería, 1975-1982


8. Carla Martins (Universidade Lusófona e CIMJ): Maria de Lourdes Pintassilgo: uma análise de género da comunicação política da senhora "primeiro-ministro"

 

 

 

Mesa 2

Sala multiusos 1

Moderador: Jorge Pedro Sousa (UFP e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Maria João Silveirinha e Isabel Nobre Vargues (Universidade de Coimbra): Tão longe e tão perto: as mulheres no jornalismo português e americano na viragem para o século XX

 

2. Fernanda Lima Lopes (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Liliana Pacheco (ISCTE/CIES-IUL):Os jornalistas enquanto objecto de estudo – Uma perspectiva brasileira e portuguesa

 

3. Carlos Camponez (Universidade de Coimbra): Contributos para uma história da auto-regulação dos jornalistas portugueses

 

4. Jorge Pedro Sousa e Nair Silva (Universidade Fernando Pessoa e CIMJ): A contribuição dos jornalistas portuenses para a produção do Pensamento Jornalístico Português através da Gazeta Literária (1952-1971)

 

5. Patrícia Teixeira e Liliana Machado (Universidade Fernando Pessoa e CIMJ): A “luta” pela instituição do ensino do jornalismo em Portugal nas páginas das publicações do Sindicato Nacional dos Jornalistas (Boletim, 1941-1945, e Jornalismo, 1967-1971)

 

6. Renato Mendes (FCSH-UNL e CIMJ): A primeira licenciatura em Comunicação Social em Portugal (FCSH-UNL, 1979) - contributo para uma reflexão acerca do ensino do jornalismo

 

7. Célio José Losnak (Universidade Estadual Paulista): A atuação jornalística na formação de cidades em São Paulo

 

 

 

Mesa 3

Sala multiusos 2

Moderador: Helena Lima (Universidade do Porto e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Heloisa de Faria Cruz (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) e Laura Antunes Maciel (Universidade Federal Fluminense): História da imprensa no Brasil: Entre marcos de memória e referências metodológicas


2. Eurico José Gomes Dias (CEPESE - Centro de Estudos de População, Economia e Sociedade da Universidade do Porto): O impacto informativo e propagandístico do Mercurio Portuguez [1663-1667] no contexto da Guerra da Restauração


3. Inês da Conceição do Carmo Borges (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra): A Actividade “jornalística” de António de Brito Freire num códice Setecentista da Biblioteca Nacional: Jornais de viagens realizadas entre a Índia e a costa oriental africana, e regresso a Lisboa, com passagem pela Baía (Brasil)

 

4. Carla da Costa Vieira (FCSH-UNL): Animar a pátria, refutar Bonaparte. O Telegrafo Portuguez de Luís de Sequeira Oliva – um periódico patriótico em tempo de Invasões Francesas

 

5. Arthur Barroso (Universidade Presidente Antônio Carlos e Universidade Fernando Pessoa): Correio Brasiliense: Até que ponto brasileiro?

 

6. Péricles Pedrosa Lima (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa): Duas faces do jornalismo português em um país dividido: Gazeta de Lisboa e Correio Braziliense (1808-1811)

 

7. José Augusto dos Santos Alves (FCSH-UNL): Para a memória do periodismo vintista: O Popular, Jornal Político, Literário e Comercial (1824-[1826])

 

8. Heloisa de Faria Cruz (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo): Movimentos de popularização da Imprensa no Brasil: Revistas de São Paulo e os públicos urbanos - 1890/1920

 

 

 

Mesa 4

Sala 316

Moderador: Carla Baptista (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Silvana Louzada (Universidade Federal Fluminense): A formação do fotojornalista e a modernização da imprensa brasileira

 

2. Ana Maria Mauad (Universidade Federal Fluminense):O Olhar engajado – prática e autoria na experiência fotográfica contemporânea

 

3. Afonso Manuel Freitas Cortez-Pinto (FCSH-UNL): O Notícias Ilustrado – Uma Nova Forma de Jornalismo

 

4. Paulo Roberto de Azevedo Maia (Universidade Federal Fluminense): O Abertura: A imprensa audiovisual no esforço da volta da democracia ao Brasil (1979-1980)

 

5. Eduardo Zilles Borba (Universidade Fernando Pessoa): Infografia de imprensa: do papel ao digital

 

6. Ricardo Jorge de Lucena Lucas (Universidade Federal do Ceará): Primórdios da infografia na imprensa brasileira: o jornal Vida Fluminense e a Guerra do Paraguai

 

7. Ricardo Augusto Orlando (Universidade Federal de Ouro Preto): Do jornal pós-internet ao pós-televisivo: comparação de características atuais dos jornais mineiros Estado de Minas, Hoje em Dia e O Tempo com modelos do diário pós-televisivo


8. Maria Luisa Sánchez Calero (Universidad Complutense de Madrid): Método, rigor y técnica en la construcción de la entrevista

 

 

 

Mesa 5

Sala 317

Moderador: Francisco Rui Cádima (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Francisco Karam e Vanessa Hauser (Universidade Federal de Santa Catarina): Jornalismo, retórica e dialética: elementos para uma aproximação

 

2. Mário Pinto (Universidade Fernando Pessoa): A escrita de António Rodrigues Sampaio n’O Espectro e n’A Revolução de Setembro, arquétipo de prosa tersa

 

3. Ana Teresa Peixinho (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra): Para a edição crítica de O Distrito de Évora de Eça de Queirós

 

4. Cristina Nobre (Instituto Politécnico de Leiria): A construção da figura mediática de Afonso Lopes Vieira (1899-1946)

 

5. Liliana Mesquita Machado (Universidade Fernando Pessoa): Marcas de enunciação literária na reportagem política e político-social: os casos do Jornal de Notícias, O Comércio do Porto e O Primeiro de Janeiro (1974/2004)

 

6. Vera Lúcia Magalhães (Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e Porto): A imprensa periódica em Viseu na segunda metade de Oitocentos

 

7. Vicente Paulino (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa): O jornalismo de expressão portuguesa em Timor


8. Francisco Rui Cádima (FCSH-UNL e CIMJ): Reflexões sobre a problemática da censura no pós-25 de Abril

 

 

Dia 7 de Outubro de 2011, sexta-feira

 

9h30: Sessões paralelas de apresentação de comunicações


Mesa 6

Auditório 1

Moderador: Arons de Carvalho (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:


1. Paulo Faustino (CIMJ) e Arons de Carvalho (FCSH-UNL): Mitos e realidades das políticas públicas para os media: Balanço e impactos dos apoios do Estado aos jornais regionais e rádios locais


2. Fernando Moura (FCSH-UNL e CIMJ): “A hora da saudade”: O primeiro contacto com a origem


3. Pedro Jerónimo (Universidade do Porto): Ciberjornalismo de proximidade: Um olhar histórico à transição da imprensa regional para a Internet


4. Carlos Canelas (Instituto Politécnico da Guarda): Rádio Altitude: a emissora radiofónica local mais antiga de Portugal (1946-2011)


5. Luís Bonixe (Escola Superior de Educação de Portalegre e CIMJ): Do RCP à TSF: Um contributo para a história do jornalismo radiofónico português


6. Felisbela Lopes, Carlos Tourinho e Phillipe Vieira (Universidade do Minho): Da paleo à hiper TV: percursos da televisão em Portugal e no Brasil


7. Valquíria Kneipp (Universidade Federal do Rio Grande do Norte): Trajectória do telejornalismo brasileiro: do improviso, nos primórdios, à digitalização, na actualidade


8. Emille Laís Cândido Gonçalves e Maria Érica de Oliveira Lima (Universidade Federal do Rio Grande do Norte): A comunicação que vem do legislativo: O nascimento do Canal Parlamento português

 

 

Mesa 7

Sala multiusos 1

Moderador: Helena Lima (Universidade do Porto e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Carmine Cassino (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa): Unificação italiana e “Questão Romana” (1860 - 1871): desenvolvimento do debate ideológico na imprensa portuguesa

 

2. David Pontes (Faculdade de Letras da Universidade do Porto): A peste de 1899, momento decisivo para a imprensa portuense

 

3. Júlia Leitão de Barros (Escola Superior de Comunicação Social): O jornalismo político de Lisboa no dia 1 de Abril de 1906

 

4. Paulo Rodrigues Ferreira (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa): Iberismo, Hispanismo e Anti-Hispanismo na imprensa periódica portuguesa (1908-1931)

 

5. Alzira Alves de Abreu (Fundação Getúlio Vargas): As “Cartas Falsas” e o jornalismo brasileiro dos anos 1920

 

6. João Paulo Avelãs Nunes (Faculdade de Letras e CEIS20 da Universidade de Coimbra): Jornais portugueses, o holocausto e o julgamento de Nuremberga

 

7. Nelson Ribeiro (Universidade Católica Portuguesa): Salazar e a BBC: A relação do Estado Novo com a Voz de Londres durante a II Guerra Mundial

 

8. Nahuel Ribke (Universidad de Tel Aviv): Medios de comunicación de la corriente “nacional-desarrollista” en el Brasil pre-dictatorial (1964-1985)

 

 

 

Mesa 8

Sala multiusos 2

Moderador: Ana Cabrera (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Débora Dias (Universidade Federal do Ceará): Rotas de livreiros e seus Almanaques: intercâmbios luso-brasileiros nos circuitos do impresso

 

2. Pedro Cerdeira (FCSH-UNL): Um projecto turístico na imprensa: a divulgação da Sociedade Propaganda de Portugal na Gazeta dos Caminhos de Ferro (1906-1910)


3. Dora Santos Silva (FCSH-UNL): Génese e evolução do jornalismo cultural em Portugal

 

4. Everton Terres Cardoso (Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade do Vale do Rio dos Sinos): Autoria e distinção em suplementos semanais de cultura: O Caderno de Sábado do Correio do Povo como lugar de legitimação para a intelectualidade de Porto Alegre no final dos anos 1960

 

5. Helena de Sousa Freitas (ISCTE): DN Jovem - Berço de talentos e tubo de ensaio na imprensa portuguesa

 

6. Álvaro de Costa Matos (Hemeroteca Municipal de Lisboa e CIMJ): Rir é o melhor remédio”: A Imprensa Humorística na I República Portuguesa (1910-1926)

 

7. Cristina Ponte (FCSH-UNL e CIMJ): Para a história da imprensa para crianças em Portugal: Da instrução e boas maneiras dos finais do século XIX à condenação moral e visual dos comics dos anos 50

 

8. Edgard Patrício (Universidade Federal do Ceará): As intenções educativas na implantação do rádio no Ceará/Brasil – um estudo sobre a implantação da Ceará Rádio Club (1934)

 

 

Mesa 9

Sala 316

Moderador: Carla Baptista (FCSH-UNL e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Laura Antunes Maciel (Universidade Federal Fluminense): Para além da imprensa operária: testemunhos, dissidência e memórias

 

2. Marco Gomes (CEIS 20 da Universidade de Coimbra): As 39 semanas do Esquerda Socialista: radiografia de uma concepção do mundo

 

3. Adelaide Gonçalves (Universidade Federal do Ceará): Um estudo da imprensa libertária em Portugal e no Brasil

 

4. Márcio Cunha Carlomagno (Universidade Federal do Paraná e Universidade do Porto): A imprensa e a construção da cidadania: o caso brasileiro

 

5. Francisco Pinheiro (CEIS20 da Universidade de Coimbra): História da imprensa desportiva em Portugal (1875-2000)

 

6. Leonel Aguiar (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) e Luísa Prochnik (Universidade Estácio de Sá): A história da imprensa esportiva através das narrativas jornalísticas sobre o estilo brasileiro de jogar futebol

 

7. Felisbela Lopes e Phillipe Vieira (Universidade do Minho): Percursos dos programas televisivos de futebol feitos com adeptos

 

8. Ana Paula Margarido de Azevedo (Universidade do Minho): A história do jornalismo de saúde e as histórias do jornalismo de saúde

 

 

Mesa 10

Sala 317

Moderador: Jorge Pedro Sousa (Universidade Fernando Pessoa e CIMJ)

Comunicações:

 

1. Fernanda Castilho Santana (Universidade de Coimbra): Telenovelas brasileiras em Portugal: breve histórico dos anos 90

 

2. Sebastião Guilherme Albano da Costa e Maria Érica Oliveira Lima (Universidade Federal do Rio Grande do Norte): Programas nacionalistas da literatura e da mídia latino-americana

 

3. Renata Suely de Freitas (Universidade do Minho): Percurso da comunicação publicitária: da mídia de massa para mídias segmentadas

 

4. Maria das Graças Pinto Coelho e Cristina d’Oliveira Vidal (Universidade Federal do Rio Grande do Norte): Olá planeta! A mídia que transcende a informação: relatos de um tempo de formação social e da consciência ambiental em Natal (Brasil)

 

5. Jormana Araújo (Universidade Federal do Ceará): Tessitura feminina em Fios da Meada

 

6. Raquel Marques Carriço Ferreira e Matheus Pereira Mattos Felizola (Universidade Federal de Sergipe): A influência dos meios de comunicação social: breve história do desenvolvimento da literatura dos “efeitos dos media”

 

7. Monyse Ravenna de Sousa Barros (Universidade Federal do Ceará): Midia e Movimentos Sociais no Brasil - o MST em pauta

 

8. Wagner Cabral da Costa (Universidade Federal do Maranhão e Universidade Federal do Ceará): Quem com ferro fere, com lápis será ferido! A crítica caricatural das ditaduras do Estado Novo no Brasil e em Portugal

 


Pausa para almoço

 

15h30 Génese e evolução do jornalismo no espaço ibero-americano (sessão plenária - Auditório 1)

Moderador: Ana Cabrera (CIMJ)

Oradores:

Jorge Pedro Sousa (Universidade Fernando Pessoa e CIMJ)

Marialva Barbosa (Universidade Tuiuti do Paraná)

Antônio Hohlfeldt (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

Xosé López García (Universidade de Santiago de Compostela)

Alberto Pena (Universidade de Vigo)