Mentalismo


" Em busca do mais puro Mentalismo "

Menu

 

Home 

Perfil

Mentalismo

"Uri Geller brasileiro"

Prêmios

Vídeos

Fotos 

SOMBRA

Contato

 Fique por dentro de tudo que aconteceu no Congresso Brasileiro de Mágicos 2006, o maior evento já presenciado pela Magia Brasileira (Clique aqui...)

 

 Pense em uma pergunta...

(por exemplo: " Vou trocar de carro ano que vem? ")

Clique na bola abaixo...

E aparecerá a resposta !  

 

 

 

 

MENTALISMO

 "Mentalism is the grown up form of magic"

(Theodore Annemann)

  

  •     Somente para introduzir, gostaria de deixar bem claro que, apesar de algumas pessoas que se acham mentalistas não fazerem distinção, Mentalismo é bem diferente de "paranormalidade" que, no meu ponto de vista, sempre é falsa paranormalidade. Mentalismo é uma arte; paranormalidade é charlatanismo. 

  •      O mentalismo é uma arte que se desdobrou da mágica.  Estuda  fenônenos de "PES" (Percepção Extra Sensorial). São utilizadas técnicas antigas para fazer os mesmos efeitos que os falsos paranormais produzem para "provar seus poderes".  

  •          Muitas vezes é considerado, de forma  errônea, um ramo da mágica. Um dos ramos dessa arte que mais se assemelha ao mentalismo é a magia mental, mas, vale ressaltar, é diferente de Mentalismo. Seria mais correto tratar o Mentalismo como uma raiz que se originou junto da mágica, mas que cresceu para um lado diferente.

  •           É uma arte muito antiga em que o mentalista faz demonstrações de transmissão, leitura e sugestões/influência de pensamentos. Tudo isso mediante a ilusão do uso  de poderes mentais. Esses poderes são conquistados após muito estudo de técnicas de Mentalismo, criadas, em grande parte, nos séculos passados.

  •       O Mentalista também estuda técnicas/poderes de psychokinesis (psicocinese: produção de movimento / influência em objetos físicos pelo exercício do poder mental ou psíquico), precognition (premonição/previsão) de um futuro acontecimento ou evento, clairvoyance (clarividência/percepção de informação que é desconhecida por todos),  mind control (controle da mente) e, é claro, técnicas de mágica.    

  •        Um dos registros mais antigos dessa maravilhosa arte foi protagonizado pelo diplomata e mágico Girolamo Scotto, em 1572. 

 

 

Clique aqui para voltar ao topo desta página