I MISS YOU SO MACH!!!


Michael Jackson, completaria hoje 51 anos. Diz a lenda que ele começou sua carreira profissional aos 09 anos de idade... Bom, a lenda diz isso, porque um garotinho de 11 anos cantando como um homem maduro seria muito interessante, só que um de 09 seria mais ainda, não é mesmo? Foi então aos 11 anos que Michael Jackson entendeu que seria um criador de lendas, um vendedor de fantasias, um contador de estórias.

De lá para cá, ele se vestiu de lobisomen, inventou passos antigravitacionais, cantou em falsete, morou na Terra do Nunca, dizem que refez o rosto, dizem tambem que ele mudou de cor, espalhou estátuas gigantes pelo mundo, fez compras de pijamas, etc, etc, etc... até o dia em que deixou o palco em pleno Plantão da Rede Globo para derrubar o Google e parar o mundo.

Um homem nunca tinha feito nada disso antes. Na verdade, um homem nunca fez isso e nunca o fará. Michael Jackson nunca foi um homem, foi um sonho sonhado por um garotinho de Gary e vivido por milhões espalhados pelo mundo. Se queriam um monstro, faziam dele um monstro. Se queriam um guerreiro, ele seria o guerreio. Vai aí um garotinho inocente ou um mega-empresário? Peter Pan ou Don Juan, afinal? Depende de qual for sua fantasia mais secreta, Baby.

Cada um fez seu próprio Michael Jackson, projetando nele o que havia no fundo do seu próprio ser... de bom ou de ruim. Um homem apenas jamais poderia ter sido Michael Jackson. O mundo foi Michael Jackson. Quando o epicentro desse mundo saiu de cena no dia 25 de junho, era como se uma doce ilusão tivesse se esvaecido no ar. Um tsunami na terra da fantasia. Como se a realidade cinza e opaca nos oprimisse de repente com toda sua brutalidade. Até quem o odiava chorou. A quem odiar agora? Quem seria o monstro? Quem o amava morreu um pouco por dentro. A quem amar agora? Quem seria o herói? Nem os médicos queriam acreditar. Ao contrário do que manda a prática, trabalharam nele por horas tentando reanimá-lo. Quem ousaria declarar o óbito de um sonho?

Porém, depois da tragédia, por mais que doa a saudade do nosso mágico de Oz, já entendemos que a magia não morre. Como cada um de nós sempre construiu um Michael Jackson para chamar de seu, assim, ele será conservado em cada coração. É isso a imortalidade, afinal. É deixar de ser homem em um ponto físico do espaço para ser um refúgio encantado na mente de tantos. Michael Jackson está vivo e completa hoje 51 anos. Parabéns para todos nós!

O espaço nunca pôde nos separar do nosso Michael, assim como o tempo também não poderá. Autor desconhecido.
Comments