Página inicial

Informação

  • Harz Roller e Gloster Fancy Informo os interessados que tenho canários para ceder,para mais informações utilize os meus contactos.
    Publicado a 28/10/2013, 04:26 por Luis Americo
  • Informação Informo todos os interessados que detenho Harzs e Glosters para despensar.
    Publicado a 22/09/2012, 15:08 por Luis Americo
  • 2º Internacional Hispano-luso - Madrid Campeão ibérico HARZ de poupa.
    Publicado a 15/12/2011, 13:12 por Luis Americo
A mostrar mensagens 1 - 3 de 4. Ver mais »
O CANÁRIO HARZ ROLLER






Em meados do último século desenvolveu se o tradicional Canário Harz (também conhecido por Roller ou flauta alemão). O Harz tornou-se num pássaro com um canto melodioso notável.

A principal característica do Canário Harz é a sua habilidade vocal. As pessoas mantiveram o canário ao longo de 500 anos, devido ao seu canto suave e agradável. A criação de canários permitiu ao homem não só produzir variedades diferentes em cor e aspecto mas também em variações no seu canto. A qualidade de canto do pássaro cada vez mais determinou o valor e preço deste animal de estimação.

Em meados do sec. XIX compradores e criadores chegavam ás Montanhas Harz e de um modo subjectivo definiam o valor do canto e por conseguinte do canário. Mais tarde as pessoas, juntaram-se nos clubes e associações onde os canários eram apresentados e faziam concursos de canto. Os membros dos clubes tentaram estabelecer critérios únicos de avaliação. O canto do canário foi subdividido em frases às quais eram dados nomes. A base desta avaliação era dar ás partes mais graves e suaves do canto uma avaliação maior do que ás partes estridentes e barulhentas. O tranquilo, baixo, calmo canto era mais agradável ao ouvido humano. Este aspecto é muito importante para a compreensão da situação do Harz actual. Para muitos amadores de aves o cantar bem é cantar alto e fazer muito barulho, dobrar o canto, oiço eu por aí falar. Não podiam estar mais enganados.

As partes mais importantes do canto do canário Harz eram denominadas "Holhrollen" ou rolada oca, "Knorren" ou baixo da canção, "Holhklingen" ou campainhas ocas e "Pfeifen" ou flauta.

Diferentes níveis de avaliação foram desenvolvidos e juntos aos "Níveis Gerais de Avaliação" na cidade de Kassel / Alemanha em 1922. Esta escala com ligeiras alterações é ainda o modo como os canários são pontuados na Alemanha e no resto do mundo.





                                  O CANÁRIO GLOSTER FANCY



Os primeiros passos na criação do Gloster Fancy remonta aos anos após o fim da primeira guerra mundial em 1919 e 1920. Mrs. Rogerson de Gloucestershire,foi a senhora que descobriu o magnifico canário Gloster Fancy.
Em 1920 ela tornou-se muito interessada em canários e, em particular, o Crest e o Crest Bred , mas ela ficou desiludida com o excesso de pena que este tipo de canários tinha. Mrs. Rogerson sentiu que se podia criar um canário com apenas metade do tamanho actual do Crest,um canário tal seria muito mais atraente ao olhar.
Após muita reflexão sobre o tema, trabalhou um programa de melhoramento para iniciar o seu objectivo. Sra. Rogerson adqueriu alguns canários Crested Roller e estes foram cruzados com Borders muitos pequenos oriundos do criador JH Madagan.
Enquanto Mrs. Rogerson fazia a sua primeira tentativa para criar uma miniatura do canario Crest, na Escócia, John McLay que era um conhecido criador e juiz de canários Crest, começou também a criar uma miniatura do então muito popular canário Crest.A ideia de John McLay foi a de utilizar o seu mais pequeno Crest,cruzando com o seu mais pequeno Border.
Enquanto estes dois criadores se dedicavam ao desenvolvimento deste novo tipo de canário,surgem relatos do que eles estavam fazendo, AW Smith, incentiva Sra. Rogerson e John McLay a trocarem reprodutores.
Tal foi o progresso feito pela Sra. Rogerson no seu sucesso reprodutivo que, através da persistência de AW Smith ela concordou em participar com dois dos seus Crests miniaturas na London National Show, realizada em 1925. Como estes dois canários, completamente diferentes na aparência do normal Crest, foram colocados numa classe separada,no qual vieram a obter o primeiro e segundo prémio. Esta foi a primeira vez que estes canários foram exibidos em público.
Atendendo ao facto de que a Sra. Rogerson foi a primeira forista a criar este novo tipo de canário, e como vivia em Cheltenham, Gloucester, AW Smith disse que esta nova variedade de canários seria conhecida como o canário GLOSTER,o que tinha poupa deveria ser chamado CORONA e o seu parceiro de cabeça normal deveria ser chamado CONSORT.






































Subpáginas (1) Noticias