Agente Etiológico

            A doença é causada por uma bactéria, denominada cientificamente de Mycobacterium leprae, que foi descoberta em 1873. Esta bactéria é mais conhecida pelo nome de Bacilo de Hansen.
            O Mycobacterium leprae é um parasita intracelular obrigatório, que possui afinidade com as células cutâneas (pele) e por células dos nervos periféricos, 
mas pode afetar outros órgãos como o fígado, os testículos e os olhos. Entretanto, não é hereditária.
Este bacilo tem a capacidade de infectar grande número de indivíduos (alta infectividade), no entanto poucos adoecem (baixa patogenicidade), propriedades estas que não são função apenas de suas características intrínsecas, mas que dependem, sobretudo, de sua relação com o hospedeiro e grau de endemicidade do meio, entre outros fatores. O tempo de multiplicação do bacilo é relativamente lento, podendo durar, em média, de 11 a 16 dias. Dessa forma, a doença demorra para se manifestar no indivíduo, apresentando um periodo de incubação  em média, de dois a sete anos. Há referência a períodos mais curtos, de sete meses, como também de mais de dez anos.
            O alto potencial incapacitante da hanseníase está diretamente relacionado ao poder imunogênico do Mycobacterium leprae.

       

Comments