Saxofonista, Cantor e Produtor Musical

Tocando a Sua Emoção

P
aulistano da Vila Nova Conceição, nascido em 1967, aos seis anos cantava no Coral do Colégio Jardim São Paulo, se apresentando em Clubes esportivos e programas de TVs. Aos dez, teve suas primeiras aulas de flauta doce no Colégio Makenzie, com doze tocava flauta transversal.
Mudou-se para Belo Horizonte em 1983, com dezesseis anos comprou seu primeiro saxofone, dando início a sua carreira como músico profissional com a Banda Pressão Alta, depois chamada de “Os Imbecíveis”, que em 1984, no Festival "Hoje é Dia de Rock", patrocinado pela Coca-Cola, destacou-se em terceiro lugar ao lado de bandas de sucesso, como Sepultura e Tribo de Solos. Com sua composição - "Não Dá" - fez sucesso na Rádio Antena 1 FM, sua música ficou em  primeiro lugar durante uma semana nas “Mais Votadas”.

Venceu mais três Festivais de Música Popular, destacando-se como saxofonista, cantor e compositor participando de programas do SBT de Belo Horizonte.

Voltou para São Paulo em 1986, formou a Banda Spray atuando como vocalista e saxofonista, no circuito paulista e na grande São Paulo, tocou como instrumentista em shoppings, restaurantes, bares, casas de shows, centros culturais, parques, e em eventos públicos e privados.

Trabalhou e fez grandes amizades com músicos consagrados, como Tomati (Sexteto do Jô), Marcinho Eiras (Banda do Faustão), Darcy Rossi (Compositor da música Fio de Cabelo), Sérgio Braga (Cantor), Luciano Nassy e Julinho Bill (Trem da Alegria), Bandas Língua de Trapo, Overdose e DSK-2.

Tocando com Amigos

Com seu amigo de fé, Sérgio Sá (Compositor, produtor e arranjador de artistas como Fábio Jr e Gilberto Gil), criou a Banda Blues Forever, sucesso nas principais casas de São Paulo e Ilha Bela.

Em 2001 mudou-se para Paraty-RJ, montou em parceria com o cantor e compositor Ronaldo Hansen (músico consagrado da cidade), o Estúdio 88; de Áudio Visual, produzindo documentários, spots de rádio e vários artistas da cidade como Dedeca Zen, Jacob Carvalho, Carlinhos Max, Walter Harpa, Gener Pelegrini, em destaque aos Cirandeiros Sete Unidos. Com violonista e cantor Wilson, formou o Duo Paraty que eventualmente se tornava um trio quando os bateristas Amiltom Moreno ou Gustavo Shereter (fundador da Tropicália e baterista da Cor do Som) somavam ao trabalho.

De volta a São Paulo em 2008 na cidade de Embu das Artes, criou o Estúdio ZóioZorêia produzindo e compondo musicas para o haper e diretor do Teatro Solano Trindade, MC Trindade. Também foi convidado a ser integrante do Duo “Do It” formado por seus amigos Sérgio Sá e pelo cantor e violonista Sérgio Figueiredo. Na feira do Embu trabalhou com o cantor e compositor Nelson Filho, tocando clássico do pop-rock internacional. Neste mesmo ano grava seu primeiro CD - Sax Bossa in Jazz.

Em 2009 vem para a capital, agora apresentando seu trabalho “solo” com seu CD - Sax Bossa in Jazz, é o resultado de um trabalho de mais de 25 anos dedicados a seu sax e à boa musica.

Gui Sax - Toca Wave de Tom Jobim

Produzindo um som suave e com timbre aveludado, o estilo musical de Guilherme Sax é o mais eclético possível, vai do baião a bossa, do samba ao jazz, da mpb ao rock, do sertanejo ao pop, do hap ao blues.

Contato:

Celular
55 024 9976-0976

Mail