Vantagens


Vantagens ao aderir ao consumo de energias renováveis...

Vantagens morais

·        Contribuir de uma forma efectiva para uma política energética consentânea com a ideia de desenvolvimento sustentável.

·        Contribuir para a qualidade de vida das gerações futuras.

·        Contribuir para uma melhor qualidade do ambiente (presente e futuro).

·        Contribuir para uma politica de contenção e de preservação dos recursos, nomeadamente dos recursos naturais não renováveis.

·        Promover uma forma de acção moralmente adequada e civicamente correcta.

·        Promover uma consciência ambiental adequada às necessidades naturais humanas.

·        Promover a divulgação de temas ambientais, consciencializando a população dos perigos que a nossa geração e futuras gerações podem a vir a ter na manutenção da vida humana.

·        Promover o respeito pela natureza.

·        O consumo de energias não renováveis poder pôr em perigo determinados recursos naturais, animais ou plantas.

·        Dever-se-ia promover a instalação de equipamentos que visem a redução de consumo de recursos naturais.

·        As energias renováveis são uma forma de responder ao projecto de um desenvolvimento sustentável, um desafio para o presente e uma aposta para o futuro.

·        A utilização de energias renováveis tem como consequência a redução das emissões de gases carbónicos para atmosfera, diminuindo assim o aquecimento do planeta e o efeito de estufa.

 

 

Vantagens Fiscais/Legais

·        Possibilidade de deduzir os investimentos efectuados em sede de IRC e IRS.

·        Aquisição de equipamentos com taxa I.V.A. reduzida (12%).

·        Obrigação de instalação em áreas superiores a 1000m2.

·        Facilidade de contrair empréstimos para investimento com taxas de juros mais baixas.

·        Contratos de manutenção obrigatórios de 6 anos.

 

 

Vantagens Técnicas

·        Desenvolvimento de tecnologias ditas “amigas do ambiente” capazes de impulsionar o progresso científico ou tecnológico.

·        Contribuir para o progresso científico e tecnológico criando mais empresas e contribuindo para a criação de novos postos de trabalho.

·        Desenvolvimento de novas tecnologias a pensar na utilização mais eficaz dos recursos naturais.

·        Obrigação de instalação em áreas superiores a 1000 m2.

·        Instalação por empresas credenciadas.

·        Equipamentos que exigem manutenção reduzida.

·        Existem condições excelentes em Portugal para montagens de centrais fotovoltaicas.

·        Contribuir de uma forma efectiva para uma política energética consentânea com a ideia de desenvolvimento sustentável.