Bem Vindo(a)

Educação e Cultura em Debate
Avenida Fernão Magalhães, 3548 - R/c loja 21                                                                            última actualização: 31.08.2012
4350-163 PORTO

ESSENTIA – grupo de reflexão

“A vida que não é reflectida não merece ser vivida” - Sócrates

Na sequência de uma narrativa sustentada por práticas que um conjunto de homens e mulheres têm, ao logo da história, vindo a desenvolver como uma das formas mais marcantes dos legados culturais que hoje podemos identificar nas diferentes áreas do conhecimento (como sejam os exemplos do “Groupe Rapsodie”, com Philippe Perrenoud; do grupo de reflexão constituído por Lev Vigotsky, Leontiev, Luria, entre outros; do grupo constituído por Sartre, Paul Ricoeur, etc; bem como na área da pedagogia da escola Moderna Francesa de Celestin Freinet e, mais próximo de nós, dos educadores da Escola Moderna Portuguesa), pareceu-nos fundamental pormos em acção um desígnio que, ao longo dos anos, um grupo de formadores da Orientaris tem vindo a amadurecer.

Assim, resolvemos constituir um espaço de reflexão sistemático de abordagens diferenciadas cuja natureza poliédrica coincida com as necessidades, ou seja, as “curiosidades” que, de momento, se mobilizem em respostas que abranjam um leque, por vezes difuso, dos aspectos mais fundamentais dos processos educativo e formativo.

Desta forma, nasce o ESSENTIA – grupo de reflexão que tem como missão, além de cumprir o acima exposto, fomentar um conjunto de actividades (algumas em parcerias, das quais se podem destacar a Junta de Freguesia de Campanhã, Instituto Paulo Freire de Portugal, Centros de Novas Oportunidades e da Associação GRAAL “Fundação Cuidar o Futuro”) como sejam, conferências, seminários, publicações, etc.

Este grupo, cujo esqueleto se encontra no interior da Orientaris tem, contudo, uma dimensão intelectual autónoma e que procura um olhar externo que, em alternância e simultaneamente transporte para o seu interior posições mais próximas das realidades e da emergência dos novos conhecimentos.
Por fim, esperamos deste espaço um meio para o desenvolvimento e, mais do que isso, para a humanização do desenvolvimento.

  
Apoio
Projectos e Iniciativas de Orientaris  
 
 
No passado dia 18 de Setembro o "Grupo Essentia" juntou-se à volta do debate sobre a obsessão técnica que invade o ensino