Os Cinco Solas da Reforma

 
 
                                  
Os Cinco Solas da Reforma
 
 
Sola Scriptura, Sola Gratia,
 Sola Fide, Solus Christus, Soli Deo Gloria
 
 
Sola Scriptura: A Escritura Sagrada é suficiente para dirigir a fé e a conduta do cristão genuíno. Nada mais tem autoridade igual ou superior à da Bíblia. Rejeitamos, portanto, as tradições e as novas revelações que acrescentam coisas à Escritura. As tradições, embora tenham o seu valor, podem ser contaminadas (e muitas vezes o foram) pela corrupção humana, passando a ser anti-bíblicas. As novas revelações que adicionam doutrinas ou normas de vida ao que está escrito comprometem a suficiência da Palavra de Deus.
 
 Sola Gratia: Nossa salvação se dá somente pela graça (favor imerecido) de Deus; não existe nem mesmo uma centelha de bondade no homem que tenha movido o criador a salvá-lo.
 
Sola Fide:O único meio pelo qual o homem pode se achegar a Deus é mediante a fé no sacrifício perfeito e substitutivo de Jesus Cristo. Obra alguma pode tomar o lugar da fé, que é um dom de Deus.
 
Solus Christus: O único objeto da fé é Jesus Cristo. Ele é o salvador dos homens, o único caminho que nos leva a Deus. Qualquer outro tipo de mediação entre Deus e os homens que não seja por Jesus é invenção de mentes contaminadas pelo erro.
 
Soli Deo Gloria: A Deus toda a glória. Nada deve ser atribuído a nós ou a qualquer outro ser celestial, humano, vivo ou morto ou ordenança de igreja alguma a não ser a própria pessoa de Cristo; não podemos nos gloriar em nada, nem a nós ou a qualquer outro ser celestial, humano, morto ou vivo, ou ordenança de igreja alguma. Tudo vem de Deus por Cristo.
 
Rm. 11:6 "E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça".
 
Ef. 2:8 "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus".
Comments