SEEDNET - Videolog


voltar

 

Série de TV voltada para o público jovem é sucesso também na internet


Assessoria de Imprensa da SEED

Utilizar a internet como forma de democratizar o acesso à informação, expandindo uma experiência de sucesso, antes restrita à Santa Catarina e ao norte do Rio Grande do Sul, para toda a extensão da rede mundial de computadores. Essa foi a idéia da professora Gládis Leal, de Joinville, ao disponibilizar em um videolog (página pessoal na internet que permite interação através de vídeos, textos, imagens e comentários) os programas da série de TV Conexão XXI. Com tal iniciativa, docentes de todo o país ganharam uma ferramenta para abordar em sala de aula os assuntos referentes ao dia-a-dia dos jovens.

A série, realizada pela produtora Setcom mostra de maneira viva e criativa os costumes e a vida dos jovens. "Ao longo dos anos, eles tornaram-se alvo de inúmeras campanhas publicitárias ou mesmo serviram como platéia de programas, mas raramente ocuparam o papel de eixo central, de protagonistas de uma série de TV", explica Gládis Leal que, além de coordenadora do Laboratório de Informática Educativa do Caic Mariano Costa, em Joinville, foi convidada para ser coordenadora de produção e consultora pedagógica do Conexão XXI.

Os episódios ajudam a sociedade a enxergar o jovem além das aparências, revelando o que está por trás dos costumes e comportamentos nem sempre bem entendidos, tanto pelos pais como por outros segmentos da sociedade. A cada sábado, um desses aspectos é apresentado. Dentre os temas já discutidos estão: iniciação sexual, ingresso na universidade, gravidez precoce, intercâmbio com outros países , preconceito, drogas, sonhos de vida.  Os temas estão de acordo com a proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) que recomenda a sistematização do ensino de questões como ética, orientação sexual, meio ambiente, saúde, pluralidade étnica, integradas às matérias por meio da transversalidade.

Um exemplo é Intercâmbio Cultural, em que foram ouvidos  jovens brasileiros que foram estudar no exterior e também jovens estrangeiros que estão no Brasil. Através dos depoimentos percebe-se a diversidade cultural das várias regiões despertando no aluno a curiosidade para a pesquisa e o respeito às diferenças. Material rico para ser explorado pelos professores de Português, Geografia, Arte Educação e Ensino Religioso, por exemplo .

Ferramenta - No entanto, a série, que estreou dia 20 de agosto, só seria sintonizada em SC  e em algumas cidades do norte do Rio Grande do Sul. "Quando vi o piloto do programa, seu formato e sua proposta, percebi que era uma ferramenta que os professores precisavam para explorar melhor esses assuntos relacionados aos jovens", comenta Gládis. Depois de criar o videolog Conexão XXI, a professora começou a divulgá-lo em comunidades do Orkut, na lista de discussão do ProInfo e em blogs educacionais. "Onde vejo uma brecha vou divulgando o site", admite.

upload_06-01-2006_408.jpgAlém da divulgação, Gládis também orienta a utilização de cada vídeo, passando dicas de como o professor pode explorá-lo em sala de aula. "Ele pode aparecer no meio de um assunto, complementando as explicações, ou servir de incentivo para pesquisas e discussões com os alunos.", esclarece.

Segundo a professora, o sucesso  da série está em sua concepção. "Não é um programa feito para a escola, como um Telecurso. Ele foi criado para a TV, com linguagem, acabamento e produção de TV. Ele parte de  depoimentos reais de jovens mostrando suas experiências o que aumenta a identificação por parte dos alunos", ressalta Gládis. Desde a criação do videolog, a página já recebeu 35900 visitantes, uma média de 2.300 por programa.

No videolog é possível assistir aos últimos programas, participar do bate-papo com a equipe de produção e os outros internautas e discutir o tema do programa logo após a exibição na TV. A disponibilidade do programa na Internet está possibilitando a interatividade, os internautas ajudam a construir os próximos programas sugerindo pautas, questionando posicionamentos dos entrevistados, dando seus depoimentos sobre os temas abordados .

Nova Fase - Em 1º de dezembro, o Conexão XXI iniciou uma nova fase. O programa agora é veiculado pela RedeTV Sul, aos sábados, a partir das 13h para todo o estado de Santa Catarina e 60% do Paraná, inclusive Curitiba.

A partir da sugestão de professores de diversas escolas que não têm acesso à internet, a Setcom formatou um Kit Educacional com 10 programas em formato DVD e VHS mais um CD com orientações pedagógicas sobre o uso dos vídeos em sala de aula. Também faz parte do projeto uma oficia com a professora Gládis Leal para apresentação do Conexão XXI  e sugestões de uso dos programas nas aulas. A Prefeitura de Itajaí SC, por exemplo, já adquiriu 80 kits para distribuição nas escolas do município e no início do ano letivo os professores da rede terão a capacitação.

O próximo passo é a divulgação em outras Secretarias de Educação Estaduais e Municipais para apresentar o projeto e sua implementação nas escolas, ampliando ainda mais o alcance dos programas e permitindo que sua produção possa, assim, romper os limites dos estados do sul e ouvir os jovens de outras regiões do Brasil.

 

 

http://www.seednet.mec.gov.br/casossucesso.php?codmateria=319