* Formativos *‎ > ‎7º ano‎ > ‎lingua portuguesa-7º‎ > ‎

figuras de estilo

Personificação – Metáfora – Ironia – Hipérbole – Comparação – Anáfora – Hipérbato – Eufemismo
Disciplina de Língua Portuguesa
_______________________________________________

Personificação – Atribuição de qualidades ou comportamentos humanos a seres que o não são.

Exemplo:

“Ó mar salgado, quanto do teu sal, São lágrimas de Portugal.” (Fernando Pessoa)

“Havia na minha rua/Uma árvore triste.” (Saúl Dias)

“Também, choram [as ondas] todo o dia, /Também se estão a queixar. /Também, á luz das estrelas, / toda a noite a suspirar!” (Antero de Quental)


____________________________________________
Metáfora – Comparação de dois termos, seguida de uma identificação.

Exemplo: ... arrombado de sono.
termo 1: arrombado - abrir uma porta à força.
termo 2: sono - ter vontade de dormir.
significado : ter muito sono

Exemplo: Esse moço é um gato.
termo 2: moço - jovem que fala
termo 1: gato - felino, mia
significado: sensual, bonito

Exemplo: "um cheiro errante de violetas adoçava o ar luminoso"
Uma metáfora? Porque...

____________________________________________
Ironia – Figura que sugere o contrário do que se quer dizer.

Exemplo: “Moça linda, bem tratada, três séculos de família, burra como uma porta: um amor!” (Mário de Andrade)

Exemplo: “Senhora de raro aviso e muito apontada em amanho da casa e ignorante mais que o necessário para ter juízo.” (Camilo Castelo Branco)

______________________________________________

Hipérbole – Ênfase resultante do exagero.

Exemplo: "Já te avisei mais de mil vezes, para estudares.

Exemplo: “Se aquele mar foi criado num só dia, eu era capaz de o escoar numa só hora.” (Agustina Bessa - Luís)

_____________________________________________________________

Comparação – Consiste na relação de semelhança entre duas ideias ou coisas, através de uma palavra ou expressão comparativa ou de verbos a ela equivalentes (parecer, lembrar, assemelhar-se, sugerir).

Exemplo: “O génio é humilde como a natureza.” (M. Torga)

“A rua […] parece um formigueiro agitado.” (Érico Veríssimo)

“Eu toco a solidão como uma pedra.” (Sophia de Mello Breyner Andresen)

__________________________________________________________

Anáfora – Repetição de uma ou mais palavras no início de verso ou de período.

Exemplo:

“Toda a manhã/fui a flor/impaciente/por abrir. /Toda a manhã/fui ardor/do sol/no teu telhado. “ (Eugénio de Andrade)

“É brando o dia, brando o vento.

É brando o Sol e brando o céu.” (Fernando Pessoa)
______________________________________________________

Hipérbato – Inversão violenta da ordem dos elementos na frase.

Exemplo:

“Casos/Duros que Adamastor contou futuros.” (Camões)

“Estas sentenças tais o velho honrado Vociferando estava.” (Camões)

_____________________________________________________
Eufemismo – Dizer de uma forma suave uma ideia ou realidade desagradável.

Exemplo:

“…Só porque lá os velhos apanham de quando em quando uma folha de couve pelas hortas, fazem de nós uns Zés do Telhado!” (Aquilino Ribeiro)

Tirar Inês ao mundo determina.” (Camões)


_______________________________________________________

Outros links

Ciberdúvidas
Comments