Solanum cassioides - Canema-mirim

Nomes populares

Canema-mirim

Nome científico

Solanum cassioides L.B.Sm. & Downs

Voucher

77 Schwirkowski (MBM391887)

Sinônimos

Solanum canoasense L.B. Sm. & Downs

Solanum cataractae L.B. Sm. & Downs

Família

Solanaceae

Tipo

Nativa, endêmica do Brasil

Descrição

Arbusto de até 3 m de altura, com ramos estriados, escuros ao secar, os jovens pouco lenhosos, glabros ou esparsamente cobertos de tricomas dendrítico-equinados. Folhas solitárias ou geminadas, em geral mais concentradas nas terminações dos ramos. Pecíolo de 0,3 a 1,1 cm de comprimento. Lâminas inteiras, delgado-coriáceas, concolores, obovalado-lanceoladas a lanceoladas, agudas no ápice e atenuadas na base, levemente decurrentes, bordos revolutos, com 1,7-12 cm de comprimento e 0,5-4(5) cm de largura. Faces adaxial e abaxial glabras a esparsamente cobertas por tricomas dendrítico-equinados. Inflorescência cimosa, fasciculado-corimbiforme, extra-axilar, a falsamente terminal, então quase oposta às folhas, pêndulas, com 2-11 flores, pedúnculo de 0,5-1,1 cm (até 5 cm) de comprimento, pedicelos de 0,9-1,3 cm (até 2,8 cm) de comprimento, cobertos de ticomas, dendrítico-equinados. Cálice glabro ou com tricomas dendrítico-equinados, lacínias profundamente partidas, largo-ovaladas, com bordos laterais escariosos e glabros, ápice estreito-acuminado, às vezes com um tufo de tricomas. Corola rotada, branca, com 1,7-2,5 cm de diâmetro, lacínias partidas até quase a base, ovalado-lanceoladas, com os bordos involutos, cobertas abaxialmente de papilas. Estames iguais, anteras oblongas, amarelas, com 0,4-0,5 cm de comprimento, estreitadas na base, dorso das anteras com papilas pouco visíveis. Ovário globoso, glabro, estilete glabro ou com tricomas dendrítico-equinados, estigma bilobado, com uma marca em cunha, esbranquiçada. Fruto globoso, com 1 cm de diâmetro, levemente apiculado. Frutos pêndulos.( MENTZ, 2004).

Característica

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica

Distribuição geográfica

Sudeste (Minas Gerais), Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina)

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Bibliografia

MENTZ, L. A.; OLIVEIRA, P. L. Solanum (Solanaceae) na Região Sul do Brasil. Pesquisas, Botânica, n. 54. Instituto Anchietano de Pesquisas. 2004. 327p. Il.

Stehmann, J.R.; Mentz, L.A.; Agra, M.F.; Vignoli-Silva, M.; Giacomin, L.; Rodrigues, I.M.C. Solanaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB14744>. Acesso em: 24 Set. 2014

Solanum sp.6 http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Solanum sp.6 http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina