Nicotiana bonariensis - Fumo-bravo

Nomes populares

Fumo-bravo

Nome científico

Nicotiana bonariensis Lehm.

Voucher

585 Schwirkowski (MBM)

Sinônimos

Família

Solanaceae

Tipo

Nativa, não endêmica do Brasil.

Descrição

Planta herbácea, víscida, anual ou bianual, 0,3-0,8 m alt. Caule principal ereto com ramos numerosos; entrenós não alados ou parcialmente alados. Folhas e ramos glanduloso-pubescentes. Folhas da porção basal rosuladas e as demais folhas com filotaxia helicoidal, todas delgadas, vírides e não cerosas. Folhas da porção basal persistentes, numerosas, 2-25 cm compr. e 1-11,5 cm larg., ovalado-lanceoladas, oblanceoladas, obovalado-elípticas, obovalado- espatuladas ou lanceoladas, com pecíolo curto e alado. Demais folhas sésseis ou subsésseis, raramente decurrentes, auriculadas, elípticas lanceoladas ou linear-lanceoladas, 3-15 cm compr. e 0,5-4,5 cm larg. Inflorescência paniculada de cimas monocasiais. Flores de uma mesma cor no mesmo indivíduo, fechando nas horas de maior insolação ao longo do dia. Pedicelos 4-15 mm compr. Cálice 6-10 mm compr., 4-6 mm larg., campanulado ou poculiforme; lobos subulado-aciculados ou obcuneado-acuminados, mais curtos do que o tubo do cálice, desiguais, todos com nervura central suavemente marcada. Corola hipocrateriforme, glanduloso-pubescente na face externa, 0,9-3 cm compr.; tubo 10-20 mm compr., 3-6 mm larg., com região apical ventricosa, 4-7 mm larg., branco, verde-pálido, branco-rosado, rosa ou magenta; limbo 4-9 mm compr., 7-15 mm diâm., assimétrico e profundamente lobado, face adaxial de cor branca ou branco-rosada, face abaxial branca, branco-rosada, rosa ou magenta. Estames inseridos na metade inferior do tubo da corola, glanduloso-pubescentes na base e de comprimentos diferentes, um par mais alto, outro par um pouco mais baixo, geniculados na base e o quinto bem mais baixo e encurvado ou então, quatro mais altos, geniculados e o quinto mais baixo e encurvado; anteras púrpuras; pólen creme. Cápsula ovalada, 5-10 mm compr. Sementes reniformes, 0,6-0,7 mm compr., marrons, com superfície de aspecto reticuladoe com as paredes anticlinais das células da testa onduladas. (VIGNOLLI-SILVA, 2005).

Característica

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica, Pampa.

Distribuição geográfica

Nordeste (Bahia), Sudeste (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo), Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). (STEHMANN, 2014).

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Bibliografia

Stehmann, J.R.; Mentz, L.A.; Agra, M.F.; Vignoli-Silva, M.; Giacomin, L.; Rodrigues, I.M.C. Solanaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB14678>. Acesso em: 14 Nov. 2014

VIGNOLI-SILVA, M.; MENTZ, L. A. O Gênero Nicotiana L. (Solanaceae) no Rio Grande do Sul, Brasil. IHERINGIA, Sér. Bot., Porto Alegre, v. 60, n. 2, p. 151-173, jul./dez. 2005. Disponível em: <http://www.fzb.rs.gov.br/publicacoes/iheringia-botanica/Ih60-2p151-173.pdf>.

Nicotiana bonariensis  http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Nicotiana bonariensis  http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina