Gênero: Brunfelsia

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesManacá-de-jardim, manacá, manacá-gradoNome científicoBrunfelsia pauciflora (Cham. & Schltdl.) Benth.Voucher553 Schwirkowski (MBM)SinônimosFamíliaSolanaceaeTipoNativa, endêmica do Brasil.DescriçãoArbusto de 1-2 m de altura; folhas curto-pecioladas, membranáceas, obovada-oblonga até elípticas; inflorescência terminal, 3-5 flores, brácteas lanceoladas, decíduas, corola roxa, anil ou branca, com cálice glanduloso-pubescente.CaracterísticaFloração / frutificaçãoFloresce de agosto a setembro.DispersãoHabitatMata Atlântica, na Floresta Ombrófila Densa e Floresta Estacional Semidecidual.Distribuição geográficaSudeste (Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina) (STEHMANN, 2010).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaA flor desta espécie é a flor-símbolo da cidade de Curitiba, Estado do Paraná. É utilizada principalmente como ornamental.InjúriaComentáriosA espécie normalmente encontrada sob cultivo como ornamental é considerada uma variedade, uma vez que em estado silvestre a espécie apresenta apenas flores brancas.BibliografiaCERVI, A. C. et al. Espécies Vegetais de Um Remanescente de Floresta de Araucária (Curitiba, Brasil): Estudo preliminar I. Acta Biol. Par., Curitiba, 18(1, 2, 3, 4): 73-114. 1989. Disponível em: <http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/acta/article/view/789/631>.PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.SOARES, E. L. C.; MENTZ, L. A. O Gênero Brunfelsia L. (Solanaceae) no Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas, Botânica nº 58: 245-262. São Leopoldo: Instituto Anchietano de Pesquisas. 18p. il. Disponível em: <http://www.anchietano.unisinos.br/publicacoes/botanica/botanica58/artigo09.pdf>.STEHMANN, J.R., Mentz, L.A., Agra, M.F., Vignoli-Silva, M., Giacomin, L. 2010. Solanaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB014603).
Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesManacáNome científicoBrunfelsia pilosa PlowmanVoucher113 Schwirkowski (MBM391924)SinônimosFamíliaSolanaceaeTipoNativa, não endêmica do Brasil.DescriçãoArbusto de até 3,0 m de altura. Folhas de consistência variável; lâmina foliar com 1,2-8,5 cm de comprimento e 0,6-3,0 cm de largura, elíptica, oblanceolada ou obovalada, de ápice acuminado e base cuneada; superfícies adaxial e abaxial glabras ou com tricomas simples, esparsamente distribuídos sobre a nervura principal; pecíolo de 0,1-0,3 cm de comprimento, glabro nas folhas adultas ou com um ralo indumento de tricomas simples nas folhas jovens. Inflorescências terminais, sésseis, unifloras e pediceladas; pedicelos de 0,2-0,3 cm de comprimento, glabros ou com tricomas simples, esparsos. Cálice tubuloso-ventricoso, inflado, parecendo campanulado na exsicata, sem dobras entre as sépalas no material herborizado, com 1,3-1,9 cm de comprimento e 0,55-1,20 cm de largura, com denso ou esparso indumento de tricomas simples e longos; lacínias de 0,3- 0,8 cm de comprimento e 0,2-0,5 cm de largura. Tubo corolino com 2,2-3,5 cm de comprimento e 0,15-0,30 cm de diâmetro na porção basal e 0,3-0,5 cm de diâmetro na região apical; cada lobo com 1,0-1,9 cm de comprimento e 1,0-2,5 cm de largura; limbo corolino com 3,1–5,5 cm de diâmetro. Par superior de estames com 0,4-0,5 cm de comprimento, par inferior com cerca de 0,3 cm de comprimento. Ovário com 0,2 cm de altura e 0,1-0,2 cm de diâmetro; estilete com 2,2-2,9 cm de comprimento, estigma com cerca de 0,1 cm. cápsula com 1,0-1,5 cm de altura e 1,2 cm de diâmetro, envolvida totalmente pelo cálice frutífero. Cálice frutífero coberto de tricomas simples e longos. Sementes elipsóides, com 0,5 cm de omprimento e 0,25 cm de diâmetro. (SOARES, 2007).CaracterísticaEsta espécie forma comunidades com Brunfelsia cuneifolia e B. australis. Nos dois casos, ela se distingue das outras pelo porte, tamanho e coloração das flores. Brunfelsia pilosa é em regra um arbusto apoiante de baixa estatura e com ramos frágeis. Desenvolve flores com limbo corolino de diâmetro maior e de coloração violácea mais intensa que as demais. (SOARES, 2007).Floração / frutificaçãoDispersãoHabitatMata AtlânticaDistribuição geográficaSudeste (São Paulo), Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). (STEHMANN, 2014).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografiaSOARES, E. L. C.; MENTZ, L. A. O Gênero Brunfelsia L. (Solanaceae) no Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas, Botânica nº 58: 245-262. São Leopoldo: Instituto Anchietano de Pesquisas. 2007. 18p. il. Disponível em: <http://www.anchietano.unisinos.br/publicacoes/botanica/botanica58/artigo09.pdf>.Stehmann, J.R.; Mentz, L.A.; Agra, M.F.; Vignoli-Silva, M.; Giacomin, L.; Rodrigues, I.M.C. Solanaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB14604>. Acesso em: 23 Set. 2014