Passiflora amethystina - Maracujá-verde

Nomes populares

Maracujá-verde, maracujá, maracujá-azul, maracujá-de-cobra, maracujá-do-campo, maracujazinho-do-mato, passionária

Nome científico

Passiflora amethystina J. C. Mikan

Voucher

1024 Schwirkowski (MBM)

Sinônimos

Família

Passifloraceae

Tipo

Nativa, não endêmica do Brasil.

Descrição

Trepadeiras herbáceas, glabras ou pubescentes, tricomas simples; caules cilíndricos, estriados, verdes. Folhas 3-lobadas, membranáceas a subcoriáceas, lâminas 4-11x5-16cm, lóbulos oval-elípticos, mucronados, múcron 0,1-0,2cm, base cordada a subpeltada, margem inteira a glandular-serreada nos sinus e próximo à base, face abaxial glauca, às vezes pubescente, face adaxial lustrosa, nervação reticulada, 5-7 nervuras partindo da base; estípulas ovaladas a oval-lanceoladas, com 2-4x0,8-2cm, assimétricas, inseridas lateralmente no caule, ápice agudo mucronado, múcron 0,1-0,3cm, base arredondada a subcordada, margem inteira a espaçadamente glandular-serreada, face abaxial glauca, às vezes pubescente, face adaxial glabra e lustrosa; pecíolo cilíndrico, 2-8cm sulcado na face adaxial, 4-6(8) glândulas longo-estipitadas, 0,1-0,2cm, dispersas; gavinhas axilares bem desenvolvidas. Flores solitárias, 3,5-7cm diâm; pedúnculos 2,4-7cm; pedicelos 0,7- 1cm; brácteas verticiladas, membranáceas 0,8-1,7x0,5-1,1cm, oval-lanceoladas a elípticas, ápice agudo mucronado, múcron 1-1,5mm, base cordada a subcordada, margem inteira ou glandular-serreada, glabras, às vezes glaucecente em ambas as faces, nervação reticulada, cedo decíduas; tubo do cálice curto-campanulado, 0,4- 0,6x0,7-1,3cm, glabro, verde claro geralmente glauco; sépalas carnosas, 2-3,5x0,7- 1,2cm,oblongas, ápice obtuso, aristado dorsalmente, aristas geralmente foliáceas de 0,4-1cm, face abaxial verde com uma nervura central mais escura, face adaxial roxa; pétalas membranáceas, 1,8-3x0,5-1cm, oblongas a oblongo-lanceoladas, ápice obtuso raramente agudo, margem inteira, roxa em ambas as faces; corona de filamentos em 4-5(6) séries; as duas séries externas filamentos filiformes 1-2,5cm, radiados, purpúreos na base, porção mediana roxo e lilás pálido no ápice; 2-3(4) 51 últimas séries filamentos filiformes, 0,4-0,7mm, ápice capitado, purpúreos, geralmente eretos; opérculo 2-3mm membranáceo 6-8mm filamentoso,filamentos eretos com ápice às vezes bífido, purpúreos, processos dentiformes na base dos filamentos voltados para o interior do tubo do cálice; anel nectarífero membranáceo 0,1-0,2cm, curvado no ápice; límen cupuliforme, 0,2-0,4cm, rodeando frouxamente a base do androginóforo; androginóforo 1,5-2cm, verde claro ou arroxeado pintalgado de púrpura; ovário elipsoide ou ovalado, densamente piloso, branco esverdeado; filetes 0,7-1cm, verde claro; estiletes 0,8-1cm, verde claro pintalgados de roxo, glabros; botões florais oblongos, aristados no ápice. Bagas, elípticas 5-8x2-3cm, verde e glauca quando jovens, verde claro com nuances roxas quando maduros; sementes ovaladas, 0,4-0,5x0,2-0,3cm, testa foveolada, marrom, arilo mucilaginoso, transparente. (IMIG, 2013).

Característica

Passiflora amethystina é fortemente relacionada com P. loefgrenii Vitta e é frequentemente confundida nos herbários. Vegetativamente as espécies são muito semelhantes, mas quando florida P. loefgrenii possui os filamentos externos e internos da corona congestos ao redor do androginóforo de tamanhos semelhantes entre si, os filamentos externos não ultrapassam a metade das pétalas, o perianto é roxo ou violeta com filamentos violeta, ovário glabro e glauco, enquanto que em P. amethystina a série de filamentos externa tem tamanho semelhante às pétalas, radiadas, e as séries internas são menores e capitados, o perianto púrpura com filamentos violeta. Além disso, essa espécie apresenta processos dentiformes no interior do opérculo, ovário piloso. Pasiflora loefgrenii foi encontrada apenas na Floresta Atlântica. (Bernacci et al.,2013) in (IMIG, 2013).

Floração / frutificação

Dispersão

Zoocórica

Habitat

Amazônia, Caatinga, Cerrado, Pantanal e Mata Atlântica, na Floresta Ombrófila Densa e Mista e na Floresta Estacional Semidecidual.

Distribuição geográfica

Nordeste (Bahia), Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul)

Etimologia

O epíteto específico provém do Latim: amethystinus= cor da rocha ametista, referindo-se à coloração da corona de filamentos. (IMIG, 2013).

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Os frutos são comestíveis in natura ou na forma de sucos, possui polpa esbranquiçada e saborosa.

Injúria

Comentários

Bibliografia

Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. -

Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_fungos_vol2.pdf>.

CERVI, A.C., Milward-de-Azevedo, M.A., Bernacci, L.C. 2010. Passifloraceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB012509).

CITADINI-ZANETTE, V.; BOFF, V. P. Levantamento Florístico em Áreas Mineradas a Céu Aberto na Região Carbonífera de Santa Catarina, Brasil. Florianópolis. Secretaria de Estado da Tecnologia, Energia e Meio Ambiente. 1992. 160p.

KINUPP, V. F. Plantas Alimentícias Não-Convencionais da Região Metropolitana de Porto Alegre. Tese de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2007. 590p. il. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/12870>.

IMIG, D. C. Estudo taxonômico da família Passifloraceae Juss. no Distrito Federal, Brasil. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2013.

PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.

Passiflora amethystina http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina