Lankesterella caespitosa

Nomes populares

Nome científico

Lankesterella caespitosa (Lindl.) Hoehne

Voucher

1057 Schwirkowski (MBM)

Sinônimos

Hetaeria caespitosa Lindl.

Cladobium epiphytum (Barb.Rodr) Schltr.

Lankesterella epiphyta (Barb.Rodr.) Mansf.

Lankesterella salehi Pabst

Spiranthes epiphyta Barb.Rodr.

Stenorrhynchos epiphytum Barb.Rodr.

Família

Orchidaceae

Tipo

Nativa, endêmica do Brasil.

Descrição

Epífita, ca. 4,0cm alt. quando florida. Folhas patentes a ereto-patentes, elípticas a elíptico-obovadas, 0,8-2,0cm compr., 0,2-0,5cm larg., ápice agudo. Inflorescência geralmente secunda; pedúnculo ca. 3,0cm compr.; raque 1,4-2,0cm compr.; brácteas lanceoladas a ovadas, (3,0-)4,0-6,5mm compr., ca. 2,5mm larg., ápice agudo. Flores sub-tubulosas; pedicelo + ovário ca. 2,0mm compr.; sépalas brancas, a dorsal triangular-lanceolada, ca. 5,5mm compr., 1,8mm larg., ápice obtuso, as laterais triangular-oblongas a linear-oblongas, ca. 8,5mm compr., 1,5mm larg., ápice agudo; mento ca. 1,5mm compr.; pétalas brancas, linear-liguladas, ca. 5,5mm compr., 0,8mm larg., ápice obtuso; labelo branco, com duas manchas verdes no disco, âmbito linear-ovado, estreitado e linear na região central, próximo ao ápice ligeiramente alargado uma lâmina aproximadamente orbicular, ca. 9,0mm compr., 2,9mm larg. na base, ca. 1,9mm larg. na lâmina apical, ápice acuminado, base sub-sagitada, com duas saliências digitiformes laterais; ginostêmio espesso, ca. 3,0mm compr.; ovário fusiforme, pubescente. (ROMANINI, 2006).

Característica

Difere-se de C. ceracifolia por possuir labelo linear-ovado, estreitado e linear na região central, próximo ao ápice ligeiramente alargado numa lâmina aproximadamente orbicular. (ROMANINI, 2006).

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica.

Distribuição geográfica

Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo); Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). (BARROS, 2015).

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Meus agradecimentos à Jader Caetano, pela determinação da espécie.

Bibliografia

Barros, F. de; Vinhos, F.; Rodrigues, V.T.; Barberena, F.F.V.A.; Fraga, C.N.; Pessoa, E.M.; Forster, W.; Menini Neto, L.; Furtado, S.G.; Nardy, C.; Azevedo, C.O.; Guimarães, L.R.S. Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB11776>. Acesso em: 25 Out. 2015

ROMANINI, R. P. A Família Orchidaceae no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Cananéia, SP. Dissertação de Mestrado. Instituto de Botânica da Secretaria do Meio Ambiente. São Paulo, 2006.

Lankesterella sp. http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Lankesterella sp. http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Lankesterella sp. http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Lankesterella sp. http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina