Gênero: Campylocentrum

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesNome científicoCampylocentrum densiflorum Cogn.Voucher757 Schwirkowski (MBM)SinônimosCampylocentrum dutraei Schltr.FamíliaOrchidaceaeTipoNativa, não endêmica do Brasil.DescriçãoCaracterísticaFloração / frutificaçãoDispersãoHabitatMata AtlânticaDistribuição geográficaSudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo), Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina)EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografiaBarros, F. de; Vinhos, F.; Rodrigues, V.T.; Barberena, F.F.V.A.; Fraga, C.N.; Pessoa, E.M.; Forster, W.; Menini Neto, L.; Furtado, S.G.; Nardy, C.; Azevedo, C.O.; Guimarães, L.R.S. Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB11272>. Acesso em: 22 Mar. 2015
Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesMini-orquídeaNome científicoCampylocentrum grisebachii Cogn.BasionônioSinônimosAeranthes filiformis Griseb.Campylocentrum burchellii Cogn.Campylocentrum chlororhizum PorschDendrophylax filiformis (Griseb.) Benth. ex Fawc.FamíliaOrchidaceaeTipoNativa, não endêmica do Brasil.DescriçãoCaracterísticaFloração / frutificaçãoEncontrada florescendo em setembro.DispersãoAnemocóricaHábitatAmazônia e Mata Atlântica, na Floresta Ombrófila Mista.Distribuição geográficaNorte (Pará, Amazonas), Sudeste (Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul)(BARROS, 2010).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosMeus agradecimentos à Jéssica T. Witt, pela determinação desta espécie.BibliografiaBARROS, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N. 2010. Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB011274).Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. - Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_fungos_vol2.pdf>.PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.