Ludwigia sericea - Cruz-de-malta

Nomes populares

Cruz-de-malta

Nome científico

Ludwigia sericea (Cambess.) H. Hara

Basionônio

Jussiaea sericea Cambess.

Sinônimos

Família

Onagraceae

Tipo

Nativa, não endêmica do Brasil.

Descrição

Planta perene, subarbustiva, ereta, ramificada, aquática, com os pequenos ramos e folhas da extremidade da planta seríceo-vilosos, com flores amarelas que só abrem nas horas mais ensolaradas do dia, pode chegar a 2 m de altura.

Característica

Floração / frutificação

Dispersão

Hábitat

Cerrado, Pantanal e Mata Atlântica.

Distribuição geográfica

Centro-Oeste (Mato Grosso do Sul), Sudeste (Minas Gerais, São Paulo), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul) (VIEIRA, 2010).

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Planta daninha mais freqüente em locais úmidos e pantanosos, principalmente nas regiões de altitude do sul do Brasil. É encontrada infestando beira de lagoas, canais de drenagem e várzeas úmidas.

Comentários

As sementes só são liberadas após a decomposição dos frutos.

Bibliografia

Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. -

Rio de Janeiro : Andrea Jakobsson Estúdio : Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_fungos_vol2.pdf>.

LORENZI, H. Plantas Daninhas do Brasil: Terrestres, Aquáticas, Parasitas e Tóxicas. Instituto Plantarum. Nova Odessa, SP, 4ª ed. 2008. 672p. il.

PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.

VIEIRA, A.O.S. 2010. Onagraceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB004072).