Myrcia hartwegiana

Nomes populares

Nome científico

Myrcia hartwegiana (O.Berg) Kiaersk.

Voucher

967 Schwirkowski (MBM)

Sinônimos

Gomidesia hartwegiana O.Berg

Gomidesia sellowiana O.Berg

Gomidesia sprengeliana O.Berg

Família

Myrtaceae

Tipo

Nativa, endêmica do Brasil.

Descrição

Arbusto, subarbusto, arvoreta ou árvore, 0,5-7 m alt.; râmulos achatados a achatado-sulcados, ligeiramente estriados a lisos; indumento glabro a esparso tomentuloso, raramente lanuloso, glabrescente, ferrugíneo-amarelado. Folhas geralmente elípticas, largo-elípticas, oblongas a ovais, raramente obovais, coriácea, raramente cartácea; margem ligeiramente curvada a revoluta; não buladas; concolores, raramente materiais discolores, face adaxial marrom ou verde escuro e abaxial marrom ou verde claro; lâminas 1,8-10,2x(0,7-)1-4,3(-5,5)cm, glabras a subglabras na face adaxial, subglabras-pubescente a glabras na face adaxial, salientes, escurecidas a amareladas na face abaxial, raramente indistinta; ápice arredondado, raramente subagudo e geralmente arredondado bem na ponta; base cuneada, menos frequentemente atenuada ou arredondada; nervura sulcada na face adaxial, saliente na face abaxial; nervuras laterais 9-15 pares, salientes em ambas as faces; nervação broquidódroma com areolação fechada muito marcada; nervuras marginais 2, a interna até 4 mm da margem; pecíolo 2-8 mm compr., canaliculado; cicatriz interpeciolar indistinta. Inflorescência em panículas terminais e axilares, eretas, 3-8 cm compr., glabras, raramente indumento lanulo a tomentuloso, glabrescente; lisas a ligeiramente estriadas. Botões 3-4 mm compr., tomentulosos a tomentosos, não estriados; lobos do cálice ovados, raramente deltados ou largamente ovados, 1-2 mm compr., agudos ou obtusos, raramente arredondados, raramente materiais com contraste entre hipanto mais claro e sépalas mais glabras e escuras. Frutos globosos, 6-7,9 mm compr., glabrescentes, ocasionalmente apresentando estrias avermelhadas, vináceos a negros, coroados pelos lobos do cálice inteiro. (CALIARI, 2013).

Característica

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica

Distribuição geográfica

Sudeste (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo), Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). (SOBRAL, 2015).

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Bibliografia

CALIARI, C. P. Estudos em Myrtaceae do Estado de São Paulo: Myrcia seção Gomidesia. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. Piracicaba, SP. 2013.

Sobral, M.; Proença, C.; Souza, M.; Mazine, F.; Lucas, E. Myrtaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB10700>. Acesso em: 22 Mar. 2015.

Myrcia hartwegiana http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Myrcia hartwegiana http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Myrcia hartwegiana http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Blepharocalyx salicifolius http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Myrcia hartwegiana http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina