Leandra riograndensis

Nomes populares

Nome científico

Leandra riograndensis (Brade) Wurdack

Voucher

538 Schwirkowski (MBM)

Sinônimos

Leandra niederleinii var. brevifolia Cogn.

Ossaea riograndensis Brade

Família

Melastomataceae

Tipo

Nativa, endêmica do Brasil.

Descrição

Subarbustos 0,3–0,7 m alt. Ramos jovens cilíndricos, densamente estrigosos, tricomas simples 1–2,3 mm compr., com base levemente alargada, adpressos. Folhas com pecíolos 0,2–1,4 cm compr.; lâmina 2,3–6,5 × 1–3,5 cm, membranácea, oval, ápice agudo, margem lisa, base obtusa a cordada, 5 nervuras basais, nervuras secundárias oblíquas em relação às principais; face adaxial densamente estrigosa, tricomas simples 0,4–1,5 mm compr., base levemente alargada, levemente adpressos a eretos, face abaxial densamente estrigosa, tricomas simples 0,5–1,5 mm compr., base levemente alargada, levemente adpressos a eretos, e tricomas simples adpressos ao longo das nervuras principais e secundárias. Panículas 1–2,8 cm compr.; brácteas 1–1,7 mm compr.; bractéolas 1 mm compr. Flores 5-meras; hipanto 2,7–4 mm compr.; cálice com tubo 0,2–0,3 mm compr., lacínias internas 0,3–0,5 mm compr., curtamente triangular, lacínias externas 1,2–1,6 mm compr., estreitamente oblongas; pétalas 1,8–2 mm compr.; estames 10, conectivo inapendiculado, antera 1–1,2 mm compr.; ovário 1,6–1,8 mm compr., 4-locular, com tricomas no ápice. Frutos 2,5–3,6 × 2–2,5 mm, 120–150 sementes, 0,7–0,8 × 0,3–0,5 mm. (CAMARGO, 2009).

Característica

Esta espécie pode ser reconhecida pelas folhas ovais, com base obtusa a cordada e 5 nervuras basais. A face abaxial possui nervuras laterais oblíquas às principais, estas revestidas por tricomas simples adpressos. (CAMARGO, 2009).

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica.

Distribuição geográfica

Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina) (BAUMGRATZ, 2015).

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Bibliografia

Baumgratz, J.F.A.; Souza, M.L.D.R. Leandra in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB9609>. Acesso em: 11 Out. 2015

CAMARGO, E. C. et al. O Gênero Leandra, Seções Carassanae, Chaetodon, Niangae, Oxymeris e Secundiflorae (Melastomataceae) no Estado do Paraná.Rodriguésia 60 (3): 595-631. 2009. Disponível em: <http://rodriguesia.jbrj.gov.br/rodrig60_3/037-08.pdf>.

Leandra riograndensis http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Leandra riograndensis http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Leandra riograndensis http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina