Desmodium uncinatum - Carrapicho

Nomes populares

Carrapicho, amores, amoroso, carrapicho-beiço-de-boi, pega-pega

Nome científico

Desmodium uncinatum (Jacq.) DC.

Voucher

220 Schwirkowski (MBM392032)

Sinônimos

Hedysarum unicanthum Jacq.

Meibomia uncinata (Jacq). Kuntze

Família

Fabaceae

Tipo

Nativa, não endêmica do Brasil.

Descrição

Subarbusto, ramo estriado, com tricoma uncinado. Estípula 3 mm compr., lanceolada, caduca; estipela 5−7 mm compr., linear, persistente; pecíolo 3−5 cm compr., hirsuto; raque 0,8x1,5 cm compr., estriada, hirsuta. Folha 3-foliolada, imparipinada; folíolos laterais simétricos; folíolo terminal 4,2−6 × 1,8−2,8 cm, ovado-lanceolado, base obtusa, ápice agudo ou apiculado, margem inteira, face adaxial pubescente-setosa, face abaxial velutina, venação camptódroma, geralmente com uma mácula acompanhando a nervura central, concolor. Inflorescência paniculada, terminal, 7−12-flora por racemo; pedúnculo 3,5 cm compr., uncinado ou hirsuto; raque 1,5 cm compr., uncinada ou hirsuta. Flor zigomorfa, pedicelada, pedicelo 1,1−1,2 cm compr.; cálice 4 mm compr., campanulado, 5-laciniado, lacínios 0,2−3 mm compr., hirsuto externamente; corola esverdeada, lilás ou azul, estandarte 11 mm compr., glabro externamente, alas 8 mm compr., pétalas da carena 8 mm compr.; androceu heterodínamo, estames 10, diadelfos (9+1), 7−8 mm compr., anteras uniformes; ovário 5 mm compr., seríceo, estípite 0,5 mm compr.; estilete 3 mm compr., curvado, glabro; estigma terminal, puberulento. Lomento 3-8 articulado, 2,5−4 × 0,3−0,4 cm, artículo trigonal ou rômbico, ápice agudo, uncinado-hirsuto; sementes 3−8, 2, 4 × 2 mm, arredondadas, castanha-esverdeadas. (LIMA, 2007, p. 20).

Característica

É uma espécie próxima de D. subsericeum Malme, da qual se diferencia pelo ramo estriado, face abaxial do folíolo velutina e lomento uncinado-hirsuto. (LIMA, 2007, p. 20).

Também é semelhante a D. affine, da qual se diferencia pelos artículos subtriangulares. (RODRIGUES, 2008, p. 13).

Floração / frutificação

Encontrada com flores e frutos em fevereiro.

Dispersão

Habitat

Caatinga, Cerrado, Pampa e Mata Atlântica, na Floresta Ombrófila Mista e Floresta Estacional Semidecidual.

Distribuição geográfica

Nordeste (Bahia), Centro-Oeste (Mato Grosso do Sul), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul)(LIMA, 2010).

Etimologia

Uncinatum refere-se a uncus, que em latim significa unha ou garra, propriedades característica dos lomentos, ou frutos de espécies deste gênero, que agarram-se á roupa ou ao pelo dos animais.

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Planta daninha infestante de pastagens, beira de estradas e terrenos baldios.

Comentários

Bibliografia

AZEVEDO, A. M. G. O Gênero Desmodium Desv. no Brasil: Considerações Taxonômicas. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual de Campinas. Campinas, SP. 1981. 320p. il. Disponível em: <http://lakh.unm.edu/handle/10229/56656>.

Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. -

Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_fungos_vol2.pdf>.

EDWALL, G. Ensaio Para uma Synonímia dos Nomes Populares das Plantas Indígenas do Estado de S.Paulo. 2ª Parte. Boletim Nº 16. Typographia e Papelaria de Vanorden & Cia. São Paulo, 1906. 84 p. Disponível em: <http://www.archive.org/download/ensaioparaumasyn00edwa/ensaioparaumasyn00edwa.pdf>.

FERNANDES, J. M.; GARCIA, F. C. P. Leguminosae em Dois Fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual em Araponga, Minas Gerais, Brasil: Arbustos, Subarbustos e Trepadeiras. Rodriguésia 59(3): 525-546. 2008. Disponível em: <http://rodriguesia.jbrj.gov.br/rodrig59_3/009.pdf>.

GONÇALVES, E. G.; LORENZI. H. Morfologia Vegetal – Organografia e Dicionário Ilustrado de Morfologia das Plantas Vasculares. Instituto Plantarum de Estudos da Flora. São Paulo, 2007. 447p. il.

LIMA, L. C. P. Leguminosae nas Florestas Estacionais do Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil: Ervas, Arbustos, Subarbustos, Lianas e Trepadeiras. Rodriguésia 58(2): 331-358. 2007. 28p. il. Disponível em: <http://rodriguesia.jbrj.gov.br/rodrig58_2/32-06.pdf>.

LIMA, L.C.P. , Oliveira, M.L.A.A., Tozzi, A.M.G.A. 2010. Desmodium in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB083066).

LORENZI, H. Plantas Daninhas do Brasil: Terrestres, Aquáticas, Parasitas e Tóxicas. Instituto Plantarum. Nova Odessa, SP, 4ª ed. 2008. 672p. il.

NOBRE, A. V. M.; SARTORI, A. L. B.; RESENDE, U. M. As Espécies de Desmodium Desv. (Leguminosae-Papilionoideae-Desmodieae) Ocorrentes no Mato Grosso do Sul. IHERINGIA, Sér. Bot., Porto Alegre, v. 63, n. 1, p. 37-67, jan./jun. 2008. Disponível em: <http://www.fzb.rs.gov.br/publicacoes/iheringia-botanica/Ih63-1-p001-004.pdf>.

PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.

RODRIGUES, I. M. C.; GARCIA, F. C. P. Papilionoideae ( Leguminosae) na Mata do Paraíso, Viçosa, Minas Gerais, Brasil: Ervas, Subarbustos e Trepadeiras. Hoehnea 35(5): 519-536, 4 fig., 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pd/v25n4/a09v25n4.pdf>.

Desmodium uncinatum http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Desmodium uncinatum http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina
Desmodium uncinatum http://sites.google.com/site/florasbs/home  São Bento do Sul - Santa Catarina