Acalypha gracilis

Nomes popularesTapa-buracoNome científicoAcalypha gracilis Spreng.SinônimosAcalypha divaricata Baill.Acalypha diversifolia var. leptostachya Glaz.Acalypha gracilis var. divaricata (Baill.) Pax & K.Hoffm.Acalypha gracilis var. fruticulosa Müll.Arg.Acalypha gracilis var. genuina Müll.Arg.Acalypha gracilis var. pubescens Müll.Arg.Acalypha striolata Lingelsh.Ricinocarpus gracilis (Spreng.) KuntzeFamíliaEuphorbiaceaeTipoNativa, endêmica do Brasil.DescriçãoCaracterísticaFloração / frutificaçãoDispersãoHabitatDistribuição geográficaOcorrências confirmadas:Nordeste (Bahia, Ceará)Centro-Oeste (Goiás)Sudeste (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo)Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina)Domínios Fitogeográficos Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, PampaTipo de Vegetação Floresta Ciliar ou Galeria, Floresta Estacional Semidecidual, Floresta Ombrófila (= Floresta Pluvial) (ACALYPHA, 2019).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografiaACALYPHA in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB25456>. Acesso em: 16 Dez. 2019.