Araceae‎ > ‎

Anthurium sellowianum

Nomes populares

Nome científico

Anthurium sellowianum Kunth

Voucher

131 Schwirkowski (MBM391941)

Sinônimos

Anthurium crassipes Engl.

Anthurium longilaminatum Engl.

Anthurium viride K.Koch & C.D.Bouché

Família

Araceae

Tipo

Nativa, endêmica do Brasil.

Descrição

Epífita, ocasionalmente terrestre ou rupícola; entrenós curtos, 0,1–1,5 cm compr.; catafilos e profilos esverdeado-rosados, esverdeado-amarelados, esverdeados, acastanhados, cor-de-palha, inteiros, levemente decompostos a decompostos no ápice, acastanhados, cor-de-palha, inteiros a decompostos, caducos para a base do caule, 1,5–13,2 cm compr.; bainha 0,9–9 cm compr.; pecíolo esverdeado, achatado a raramente sulcado e com margens agudas a ligeiramente carenadas adaxialmente, geralmente obtuso, raramente subcarenado a carenado abaxialmente, raro lateralmente compresso, 2,1–37,3 cm compr.; genículo mais inchado, concolor, levemente mais escuro, levemente mais claro a mais claro que o pecíolo a esverdeado-vináceo, 0,5–3,3 cm compr.; lâmina foliar esverdeada discolor, ereta, cartácea a raramente membranácea em material seco, cartácea em material vivo, não pruinosa abaxialmente, pontos glandulares ausentes, lanceolada, linear-lanceolada, igualmente estreitada para ambas as extremidades, ápice agudo a rostrado, apiculado, base obtusa, subaguda a raramente cuneada, 15,5–89,9 × 2,2–26,6 cm; nervura mediana aguda a obtusa, obtusa a quase achatada em direção a base e aguda em direção ao ápice adaxialmente e obtusa no ápice e aguda a carenada no terço inferior a subcarenada, carenada abaxialmente, nervuras secundárias primárias 10–29 em ambas as faces, geralmente tênues, levemente impressas a raramente impressas adaxialmente, levemente proeminentes a raramente proeminentes abaxialmente a obscuras em ambas as faces; nervuras coletoras nascendo na base da lâmina ou um pouco acima dela, 0,2–1,9 cm afastadas da margem na região mediana; pedúnculo geralmente esverdeado, esverdeado-alvacento, rosado, esverdeado-avermelhado, avermelhado-vináceo, vináceo, acastanhado-vináceo, raramente cilíndrico a geralmente 1–6-carenado, 10,6–67 cm compr.; espata geralmente esverdeada, esverdeada sendo arroxeada nas margens, esverdeado-avermelhada, rosada, vinácea, acastanhado-avermelhada, acastanhada, membranácea, cartácea, lanceolada, linear-lanceolada, apiculada, 3,6–15,6 × 0,5–2,1 cm, decorrência 0,3–4,25 cm formando ângulo agudo com o pedúnculo; espádice séssil a levemente estipitado, esverdeado, vináceo, arroxeado, acastanhado-avermelhado, acastanhado-arroxeado, acastanhado, 4,1–24,8 cm compr., estípite 0,2–0,6 cm compr., tépala acastanhadoavermelhada a acastanhada no espádice em frutificação, pólen amarelado; bagas imaturas com ápice esverdeado, quando maduras totalmente esverdeadas, amareladas a raramente alaranjadas. (Coelho, 2009).

Característica

Pode ser confundida com A. intermedium, sendo diferenciada desta pelos catafilos geralmente esverdeados, pecíolo mais espesso, nervuras secundárias geralmente tênues, pedúnculo mais espesso, geralmente até 5-carenado e com distribuição do sul do estado do Rio de Janeiro até Santa Catarina, enquanto A. intermedium apresenta catafilos geralmente variando de esverdeados até avermelhados, pecíolo mais fino, nervuras secundárias geralmente impressas adaxialmente e proeminentes abaxialmente, pedúnculo mais fino e geralmente cilíndrico até 3-carenado, distribuindo-se do sul do estado do Rio de Janeiro até o extremo Sul da Bahia. (Coelho, 2009).

Floração / frutificação

Dispersão

Habitat

Mata Atlântica

Distribuição geográfica

Sudeste (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo), Sul (Paraná, Santa Catarina)

Etimologia

Propriedades

Fitoquímica

Fitoterapia

Fitoeconomia

Injúria

Comentários

Bibliografia

Coelho, M.A.N.; Pontes, T.A.; Temponi, L.G. Anthurium in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB4972>. Acesso em: 26 Set. 2014

Coelho, M. A. N, Waechter, J. L.& Mayo, S. J. Revisão taxonômica das espécies de Anthurium (araceae) seção Urospadix subseção flavescentiviridia. Rodriguésia 60 (4): 799-864. 2009. Disponível em: http://www.aroid.org/genera/anthurium/Urospadix-Nadruz.pdf


Mais imagens na Fototeca FPS: 
http://splink.cria.org.br/manager/detail?resource=FPS






Comments