Gênero: Anthurium

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesNome científico: Anthurium coriaceum (Graham) G.DonVoucherSinônimosFamília: AraceaeTipoDescriçãoCaracterísticaFloração / frutificaçãoDispersãoHabitatDistribuição geográficaEtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografia
Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesNome científico: Anthurium scandens (Aubl.) Engl.Sinônimos: Dracontium scandens Aubl.Família: AraceaeTipo: Nativa, não endêmica do Brasil.Descrição: Epífita, ocasionalmente terrestre; caule escandente, entrenós 0,4-1,9 cm compr. Catafilos e profilos jovens verdes a creme; senescentes palha ou castanhos, desmanchando em fibras, geralmente persistentes, raro decíduos para a base do caule, 2,4-8,5 cm compr. Folhas simples; pecíolo 0,6-8,5 cm compr., verde, achatado, 1-2-sulcado, margem aguda ou carenada adaxialmente; obtuso, carenas ausentes, sulcos ausentes abaxialmente; pontuações glandulares presentes; geniculo 0,2-0,8 cm compr., mais espesso que o pecíolo, verde-amarelado em material fresco e nigrescente em material seco, pontuações glandulares presentes. Lâmina elíptica a lanceolada, 3,2-15,3×1,1-5,2 cm, geralmente ereta a patente em relação ao caule, ápice agudo ou acuminado, base aguda, estreito-cuneada ou longo-cuneada, levemente cartácea, lustrosa ou fosca, discolor, verde abaxialmente, margem inteira, pontuações glandulares presentes, verdes ou negras. Nervura mediana aguda, carena ausente, pouco proeminente adaxialmente; obtusa, carena ausente, proeminente da base para o ápice abaxialmente. Nervuras secundárias evidentes, 8–13 pares, nervura coletora inserida na base foliar, 0,2-0,7 cm afastada da margem. Pedúnculo 1,6-5,5 cm compr., menor ou maior que o pecíolo, cilíndrico, carena ausente, verde, verde na frutificação. Espata 0,6-1,8×0,15-0,3 cm, oblonga ou lanceolada, não revoluta, ápice rostrado, membranácea, persistente, deflexa, patente ou ereta; margens se encontrando no pedúnculo em um ângulo geralmente agudo a obtuso; creme, verde-claro ou verde com margem rosa; decorrência no pecíolo ausente, raro presente com 0,1-0,2 cm compr. Espádice 0,7-2,4×0,1-0,2 cm, cilíndrico, creme-esverdeado em pré e pós-antese, creme-esverdeado ou verde-claro em antese; séssil a raro estipitado, estípite 0,2 cm compr., verde; 2-3 flores na espiral principal, 3-6 flores na espiral secundária, maturação acrópeta. Flores filetes 0,8-1×0,6-1,3 mm, anteras 0,2-0,4×0,6-0,9 mm; ovário 0,8-1×0,9-1,1 mm, placentação axial-apical, 2 óvulos por lóculo, eixo axilar do ovário com tricomas; estigma globoso a elíptico. Espádice em frutificação 1-5,1×1-1,8 cm, ereto, alvo-vináceo, maturação das bagas acrópeta, homogênea ou dispersa. Bagas 4-7×4-7 mm, globosas, alvas ou alvo-translúcidas na base e arroxeadas no ápice. Sementes elípticas, achatadas lateralmente, convexas em ambas as faces, alvas com o ápice verde. (ROCHA, 2014).Característica: Diferencia-se das demais espécies por ser geralmente epífita, ter catafilos desmanchando em fibras e persistentes recobrindo o caule, pontuações glandulares na lâmina foliar, inflorescências verdes a creme e bagas alvascentes. Floresce e frutifica o ano inteiro. (ROCHA, 2014).Floração / frutificaçãoDispersãoHabitat: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata AtlânticaDistribuição geográfica: Norte (Acre, Amazonas), Nordeste (Bahia, Ceará, Pernambuco), Centro-oeste (Distrito Federal), Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo), Sul (Paraná, Santa Catarina)EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografiaCoelho, M.A.N.; Temponi, L.G.; Pontes, T.A. Anthurium in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB4971>. Acesso em: 23 Set. 2014ROCHA, L. C. F. O gênero Anthurium Schott (Araceae) no Estado do Paraná - Brasil. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2014.