Linux‎ > ‎

introducao

Nesta página pode consultar alguns exemplos como uma introdução à CLI.(a distribuição escolhida foi o Ubuntu 9.04)

Convenção:  a itálico->comandos a executar no terminal
                   a negrito->divisão dos passos a efectuar
                   a azul->conteúdo do ficheiro de configuração
                   entre <> -> instrução genérica a substituir por dados do utilizador/sistema

#Criar directórios
   
mkdir <nomedapasta>

#Criar um directório com sub-directórios
   
mkdir -p <nomedapasta/pastainterior/pastamaisinterior>

#Criar ficheiro
   
touch <nomedoficheiro>

#Copiar ficheiro
   
cp <ficheiroacopiar> <localdedestino>

#Copiar vários ficheiros
    
cp -R <pastacomficheirosacopiar> <localdedestino>

#Copiar todos os ficheiros de uma pasta
    
cp * <localdedestino>

#Copiar todos os ficheiros cujo nome começa com li..
    
cp li* <localdedestino>

#Consultar informação do sistema
    uname -a
   
#Consultar a data do sistema
   
date

#Alterar a data do sistema
#   
date -u <MMDDhhmmYY>
      
date -u 1225120009

#Reiniciar o sistema
    shutdown - r now

#Informação sobre o SO
    lsb_release -a


#Informação sobre dispositivos usb
   
lsusb

#Informação sobre barramento pci
    
lspci

#Informação sobre processos
   
top

#Este comando exibe em tempo real informações sobre o sistema Linux, processos em andamento e recursos do sistema, incluídos CPU, memória RAM e uso do swap, além do número total de tarefas em execução.

O ”top” também permite a manipulação de processos por meio de comandos interativos.

  • ”k” - Finaliza, ou seja, “mata” um processo.
  • ”m” - Activa/Desactiva a exibição de informações da memória.
  • ”M” - Ordena os processos pelo uso da memória residente.
  • ”N” - Ordena os processos pelos seus PIDs.
  • ”P” - Ordena os processos pelo uso do CPU (este é o padrão).
  • ”ESPAÇO” - Actualiza imediatamente a visualização do quadro de processos.
  • ”h” - Exibe a ajuda dos comandos interativos do ”top”.
  • ”q” - Abandona o comando ”top”.
Comments