Portal Financeiro

Seja Bem-Vindo a este espaço que está planejado e dedicado para facilitar nossa comunicação interna.

    Temos certeza que a soma de nossos esforços, da área financeira para se comunicar melhor, e você nosso cliente interno em colaborar no acompanhamento e entendimento do conteúdo do nosso Portal, será a garantia de atingirmos juntos o objetivo deste projeto.


Conflito de gerações no trabalho

POR O GLOBO
Quatro gerações muito diferentes convivem, atualmente, no mundo corporativo, o que pode ser um prato cheio para os problemas. Veteranos (nascidos antes de 1946), baby boomers (1946-1964), Geração X (1965-1979) e Geração Y oumillennials (1980-2000) cresceram em épocas diferentes, têm conjuntos de valores abrangentes e estilos de comunicação muitas vezes conflitantes. Será que por isso não conseguem trabalhar juntos? A americana Dana Brownlee, coach corporativa e presidente da empresa de desenvolvimento profissional Professionalism Matters, em entrevista à Forbes, apresentou dez dicas que podem facilitar a comunicação entre as diferentes gerações no trabalho. Confira:
  • Combinar formalidade e informalidade com a cultura da empresa
     — Anos atrás, os locais de trabalho eram muito mais formais do que hoje em dia, diz Dana Brownlee.
     No entanto, a formalidade da velha escola e a informalidade da nova geração podem causar choques culturais. As gerações mais velhas muitas vezes acham que os jovens ultrapassam o limite, escrevendo e-mails para clientes e colegas de trabalho como se estivessem trocando mensagens de textos de seus celulares ou nas redes sociais, sem se preocupar em verificar a gramática e a ortografia. Segundo a coach , todos os funcionários deveriam reproduzir o grau de formalidade da cultura da empresa em suas comunicações. E, mais importante, ela recomenda que os gestores deixem bem claro quais são as regras a serem seguidas neste sentido.
  • Utilize vários meios de comunicação — Enquanto profissionais veteranos e osbaby boomers tendem a preferir falar cara a cara ou por telefone, os representantes das gerações X e Y são mais ligados aos meios de comunicação mais tecnológicos, como e-mails, mensagens instantâneas ou de texto, diz Dana. Se restringir a apenas um meio pode afastar alguém que tenha uma abordagem diferente. Por isso, diz ela, adapte-se a cada meio de comunicação e procure saber como o outro prefere se comunicar. Isso proporciona um equilíbrio melhor.
  • Individualize sua abordagem — “A melhor maneira de se comunicar através das gerações é individualizar a sua abordagem e descobrir o que funciona com cada pessoa”, diz a coach . Ao invés de assumir que o seu jeito é o certo ou seguir estereótipos por idade, procure ter uma ideia de como as outras pessoas preferem se comunicar. Alguém para com frequência na sua mesa para conversar pessoalmente?Ou manda e-mails ao invés de retornar seu telefonema? Entenda o modo de comunicação preferido de cada um e procure se adaptar. Se não tiver certeza, pergunte.
  • Entenda as diferenças de valores — Valores fundamentais podem variar muito ao longo de gerações. Veteranos e baby boomers vivem em função do trabalho e sentem que precisam fazer o que for necessário para cumprir suas tarefas. Por outro lado, as gerações X e Y são mais propensas a buscar o equilíbrio entre o trabalho e os seus valores pessoais e estilo de vida. Assim, as gerações mais velhas geralmente veem os mais jovens como desleais, desinteressados e que não têm uma forte ética de trabalho. Já os jovens sentem que precisam cuidar de seus próprios interesses e estão menos dispostos a sacrificar suas vidas em prol da empresa. Compreender os diferentes conjuntos de valores pode ajudar que cada geração entenda melhor a outra, diz Brownlee.
  • Saiba como motivar cada geração — Enquanto as gerações mais velhas tendem a ser motivadas pelo trabalho em si, os jovens muitas vezes procuram mais orientação, feedback e reconhecimento, diz Dana. Isso pode causar um mal-entendido crucial. Os trabalhadores mais velhos prensam que o grupo mais jovem é “carente” ou “dependente”', enquanto os trabalhadores mais jovens podem sentir-se “no escuro” ou desvalorizados. “A solução está em ambos os lados”, diz ela, acrescentando que os líderes precisam perceber o quão importante é esse reconhecimento, enquanto que as gerações mais jovens devem perceber que não vão ficar recebendo elogios a todo instante.
  • Esteja disposto a aprender — Segundo a coach , as gerações mais velhas estão mais propensas a conectar-se e adaptar-se por estarem mais dispostas a aprender. “A maioria das pessoas tende a fugir do desconhecido. Em vez disso, abrace-o”, afirma.Ela aconselha que esses profissionais se conectem a uma rede social ou façam aulas de programação para ganhar mais contexto, ampliar sua visão e obter mais confiança em ferramentas nas quais não está familiarizado.
  • Esteja disposto a ensinar — Cada geração pode aprender com o outra. Estenda a mão e ofereça ajuda. Os trabalhadores mais velhos podem compartilhar seu conhecimento e experiência no negócio. Os mais jovens, por sua vez, podem ensinar sobre cultura pop ou as novas tendências tecnológicas, por exemplo. É uma forma de aumentar o convívio e o respeito entre gerações.
  • Reconheça as diferenças — “A tendência natural quando você se reúne com pessoas de diferentes gerações ao mesmo tempo é não falar sobre as diferenças”, diz Dana Brownlee. No entanto, evitar o assunto só fortalece a barreira entre gerações. Acoach incentiva os trabalhadores a falar sobre as diferenças e discuti-las abertamente.
  • Não leve para o lado pessoal — Ao invés de ficar excessivamente frustrado ou tomar as falhas de comunicação como um sinal de desrespeito, Brownlee aconselha que o profissional tenha em perspectiva os desafios de comunicação. Insista e tente se fazer ouvir.
  • Seja nítido, claro e conciso — Faça uma 'edição' daquilo que vai falar. Inclua detalhes do que quer, mas procure manter o discurso curto. Foque no ponto mais importante logo no início da conversa.


7 dicas para manter a concentração no trabalho

A falta de concentração é um dos maiores problemas do mundo corporativo. Em algumas vezes, o profissional não consegue manter o foco porque está com algum problema em casa. Em outras, a causa é o excesso de distrações do ambiente de trabalho: pessoas falam, o telefone toca, chega um e-mail, aparece uma notificação no Facebook, o WhatsApp apita... fica até difícil enumerar a quantidade de "ladrões de concentração" existentes.

De acordo com Renato Alves, consultor e autor do livro "Faça seu cérebro trabalhar para você", a concentração nada mais é que uma escolha. "Hoje, podemos prestar atenção em uma infinidade de coisas. Para facilitar a escolha pelo trabalho, o ideal é eliminar algumas 'névoas' de distração", afirma o especialista.

1) Seja organizado 

A organização, segundo Alves, é importante para que o empreendedor não se perca em meio ao caos em que uma mesa pode se transformar. "Quanto mais bagunçado é o espaço de trabalho do profissional, maiores serão os problemas."


2) Descanse 
A falta de sono traz vários problemas de saúde. O primeiro a aparecer, de acordo com o especialista, é a perda da concentração. "Depois de horas extras, estresse e desgastes muito grandes, a cabeça fica cansada. E com a mente desse jeito, não tem como manter o foco", diz. A solução para esse problema é simples: dormir o suficiente.

3) Pense positivo 
Profissionais pessimistas ficam desmotivados mais facilmente. E sem muita vontade de trabalhar, a alternativa é fazer qualquer coisa para se distrair. Se a causa na moral for causada por problemas pessoais ou profissionais, Alves ressalta que é importante parar de pensar no que está ruim e focar na tarefa. "O ideal é desassociar as tarefas das aflições. A causa do problema não é a tarefa a ser realizada. Pratique o metapensamento: pense no que você está pensando e tente ser otimistas."

4) Uma coisa de cada vez 
Se o empreendedor tem várias coisas para fazer durante o dia, mas não sabe por onde começar – ou interrompe um trabalho no meio para dar atenção a outro projeto – o ideal é parar um pouco e fazer uma tarefa por vez e só se dedicar a outro assunto quando terminar o primeiro.

5) Fuja dos "ladrões" 
Para Alves, o ambiente de trabalho está repleto de "ladrões da produtividade". O maior deles não é nenhuma surpresa: as redes sociais. No entanto, os e-mails e até o telefone podem ser prejudiciais para o empreendedor. "Sempre que recebemos um novo e-mail, aparece uma janela na tela do computador. Aí paramos o que estamos fazendo e checamos uma mensagem que pode nem ser tão essencial", afirma. O especialista recomenda que o profissional cheque a conta de e-mail de duas a três vezes por dia.

Quanto ao telefone, vale desligar a linha em casos em que a concentração é realmente necessária e retornar ligações importantes depois.


6) Qual é a música? 
Muita gente diz que consegue se concentrar mais quando está ouvindo música. Ao mesmo tempo, bastante gente perde totalmente o foco com qualquer ruído. De acordo com Alves, é impossível generalizar e dizer se música faz bem ou mal para a concentração. Ele só recomenda que, caso haja música, os vocais sejam esquecidos. "Quando a música é instrumental, ninguém cantarola, perde o foco e faz as pessoas ao redor dispersarem também", afirma.

7) Respire 
A mais simples das dicas, mas não menos importante, é respirar fundo. O ato de inspirar e expelir o ar dos pulmões ajuda a acalmar e a direcionar o foco para o que deve ser feito. "A respiração contribui para a abertura da estrada da concentração", diz o especialista.



Como controlar suas  finanças pessoais?

Você sabe quanto gasta por mês com transporte, alimentação, moradia?E por ano? Você sabe quanto sobra do seu salário por mês para investir em estudo, lazer?

Nós temos uma planilha que pode ajudar a organizar suas finanças pessoais de uma forma bem simples.

Acesse  nossas Dicas Financeiras e baixe agora mesmo a planilha!


Esperamos que possa ajudá-los!





   Movimento Caixa e Bancos 


IMPORTANTE !!!!

Envio do Movimento Financeiro:


O prazo definido é o segundo dia útil após o encerramento da dezena ao qual se refere. 

Definido no Manual de Execução  MA-ORG-005.

Destacamos que o relatório deve estar devidamente rubricado pelo responsável pelos lançamentos e pelo líder da unidade, dando ciência e acompanhamento das rotinas financeiras daquele período. 




   A importância do Numerário


 A regra interna da Pibernat é que para todo pagamento de despesa de processo, haja um Numerário creditado e liberado em conta corrente. Para melhor gestão, efetuamos os lançamentos dos créditos do dia anterior.

Sabemos que existem exceções de alguns clientes, e que estes devem estar registrados em requisito de cliente.

Salientamos que a Pibernat tem uma responsabilidade muito grande em administrar valores dos seus clientes, e portanto, não antecipa valores para nenhum cliente, pois entendemos que o envio do numerário também é sua responsabilidade.


Necessidades de compras/serviços - Filial
Resultado de imagem para compras e serviços empresa

Material de Escritório e Limpeza/Copa/Consumo: A compra de material de escritório é feita 1 vez por mês, a filial deve se programar para que o seu estoque dure 1 mês, isto é, do dia 10 do mês até dia 10 do próximo mês.

Material de Informática: o solicitante deve entrar em contato diretamente com a TIC informando a necessidade, para que o TIC faça uma avaliação da real necessidade do material para validar a aquisição do item, além de verificar as especificações técnicas do material solicitado, bem como indicação de fornecedores.
Serviços: a contratação deve ser feita em conjunto com o setor que tiver condições de fazer essa avaliação junto com o solicitante. Todos os contratos devem ser vistados pelo Jurídico e assinados pela diretoria. A filial deve ficar com uma cópia digitalizada para consulta. A matriz ficará com uma via assinada e outra ficará com o fornecedor.

Conforme definidos no manual MA-ORG-002.
                                                                                                                    
Horário de Envio de Solicitações de Pagamento

As planilhas de pagamento deve ser enviadas em dois horários:

Pagamentos da Manhã: 10:00 às 11:00hrs / Pagamento da tarde: 13:30 às 15:30 hrs

Esta regra não exime pagamentos fora destes horários, desde que sua urgência seja devidamente justificada.

Ás unidades Canoas e Campinas, dado os modais de operação, estipula-se os seguintes horários de envio de pagamento, independente da forma (depósito, débito ou guia):

Pagamentos da Manhã: 09:30 e 11:00hrs / Pagamento da tarde: 14:00 e 16:00hrs

Salientamos que estes horários foram adotados em virtude das taxas das agências e horários de liberação (informação cedida pelas próprias unidades) e que o crescente desenvolvimento de nossa empresa passa a nos exigir cada vez mais um padrão organizado de trabalho, sendo assim, planilhas enviadas fora desses horários estarão sujeitas a atrasos no envio dos comprovantes.

Afim de otimizar as atividades do Departamento Financeiro, salientamos que estaremos pondo em operação a regra já existente referente às solicitações de pagamentos e liberações de débito:

Somente serão aceitos pedidos de movimentação financeira programados até as 17:00 para execução no mesmo dia, conforme previsto no MA-OPE-013

Ou seja, não realizar pagamentos e débitos, mesmo que autorizados no dia, após este horário. Qualquer caso que fuja a este regra deverá ser previamente justificado junto a gerência.

A retomada desta ação deve-se ao fato de que, a exemplo de grande parte de nossos clientes, estamos adotando um novo procedimento de administração de saldos em conta corrente e precisamos desta programação para evitar transtornos.

Esta regra visa atender parte das ações contempladas no planejamento estratégico da Comissária Pibernat para os próximos anos, sendo assim, contamos com a colaboração de todos.

Qualquer dúvida poderá ser esclarecida pelas lideranças locais.

Atenciosamente,

Equipe Financeiro.



 Patrimônio 

Qual a importância do Controle  Patrimonial?

Dentro do escopo de gestão patrimonial, é de grande relevância a importância do correto controle patrimonial dos bens da empresa.

Este controle sendo tanto de aspecto físico quanto contábil, evita empecilhos de extravios de ativos imobilizados(*), e problemas com balanço patrimonial.

Assim sendo, é importante perante o aspecto de gestão financeira, a correta contabilização dos valores de seu patrimônio, sendo estes sempre atualizados, além de monetariamente controlados.

O controle patrimonial envolve a implantação de normas e procedimentos, revisão de toda a contabilidade relativa ao patrimônio, o inventário e identificação de todos os bens. A administração patrimonial compreende uma seqüência de atividades que tem o seu início na aquisição e termina quando o bem for retirado do patrimônio da empresa. Ao longo dessa trajetória são adotados inúmeros procedimentos físicos e contábeis.Funções como a identificação dos bens através da afixação de plaquetas e o inventário anual são fundamentais para que o controle seja completo e eficaz.  

(*) Ativo Imobilizado: Representa todos os ben de uma empresa adquiridos, que são necessários na sua atividade, na área de produção ou na administração, ou usados na sua atividade, embora não seja necessário.

Exemplo: Compra de uma geladeira embora não seja necessário na atividade da Empresa mas é usada pelos funcionários da mesma.


Você tem uma ideia para melhorar nossos processos?

Quer compartilhar conosco?


Entre no Banco de Ideias  e  conte para nós!


 Consumo de Energia Elétrica 

Saiba como economizar energia elétrica no escritório com pequenas dicas...


Você sabia que:

  O consumo de um micro fica em torno de 0,2 kWh - ou seja, 0,2 kW em cada hora de uso efetivo. Em repouso (todos os componentes ligados, mas sem programas executando operações), esse número baixa para 0,12 kWh, o equivalente a duas lâmpadas comuns de 60 watts. E, no modo de espera, 0,04 kWh - ou seja, uma redução de 66%.

No caso dos monitores, o consumo aumenta conforme o tamanho, mas a diferença não é tão grande assim. A maioria dos monitores de 14" atuais consome em torno de 80 W, os monitores de 17" por sua vez consomem entre 100 e 110 W, dependendo do modelo.


                           Leia as dicas aqui...