Apresentação

   
 
Curso de Licenciatura em Filosofia
Universidade Estadual de Roraima - UERR

 


CONCEPÇÃO, PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS DO CURSO


O Curso de Licenciatura em Filosofia da Universidade Estadual de Roraima tem como princípio propiciar aos acadêmicos uma sólida formação teórica e prática em Filosofia. Para tal, o presente projeto intenta consolidar uma fundamentada articulação entre os diferentes momentos da estrutura curricular, propiciando momentos efetivos de reflexão sobre a prática docente mesmo no interior de disciplinas essencialmente teóricas. Além disso, a prática profissional do acadêmico em Filosofia, embora tenha ênfase na docência, não restringe-se a esta. Ou seja, faz-se extremamente relevante e necessário salientar a postura ativa na pesquisa e na consequente produção do conhecimento que o acadêmico deve incorporar em sua vida profissional. Assim, o Projeto Pedagógico do Curso institui mecanismos capazes de desenvolver no aluno uma cultura investigativa, além de um domínio das respectivas metodologias que lhe permitem, como futuro professor, conceber, construir e administrar situações de aprendizagem.

De modo específico, este Projeto Pedagógico pretende, em espaço e tempo curricular previamente ponderados, estabelecer eixos articuladores entre: a) teoria filosófica e prática docente; b) pesquisa e extensão universitária; c) dimensão pedagógica e de conteúdos básicos; d) atividades complementares e as outras dimensões do Curso. Nesse sentido, o presente projeto constitui-se em um todo orgânico que articula em sua matriz curricular os conteúdos específicos da área de conhecimento com o desenvolvimento de competências e habilidades atinentes à prática docente, através da Prática como Componente Curricular.

O componente curricular formativo do trabalho acadêmico inclui, portanto, o ensino presencial das disciplinas exigidas pelas diretrizes curriculares, articulando-se e enriquecendo-se com o processo formativo do professor através da participação em eventos científicos, assim como a sua organização, elaboração de um trabalho de conclusão de curso orientado de forma individualizada pelos professores, monitorias, projetos de extensão, aprendizado de novas tecnologias de comunicação e ensino.


COMPETÊNCIAS, HABILIDADES E PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO


O perfil profissional do egresso do Curso de Licenciatura em Filosofia da UERR, em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI e o Plano Pedagógico Institucional – PPI, apoiado nos pareceres CNE/CP nº 009/2001 e CNE/CES 492/2001, aponta três competências nucleares: competência teórico-prático, norteada pela incessante busca de conhecimentos necessários à profissão; competência dialógica, pela compreensão do profissional como agente de interlocução entre os diferentes segmentos da sociedade; e, competência ética, pelo respeito à grandeza e à responsabilidade como profissional.

A formação básica do licenciado em Filosofia pela UERR consiste num conhecimento amplo da História da Filosofia, de modo a torná-lo apto a compreender e transmitir os principais temas, problemas e sistemas filosóficos para uma análise e reflexão críticas da realidade social. A formação geral contempla três núcleos fundamentais da organização curricular: a) o núcleo das disciplinas básicas, constituído pela História da Filosofia, Ética, Teoria do Conhecimento, Lógica, Filosofia Geral e Introdução à Filosofia, somado a duas disciplinas científicas (Metodologia do Trabalho Científico e Metodologia da Produção de Textos Filosóficos); o núcleo das disciplinas filosóficas complementares constituído pela Filosofia da Mente, Filosofia da Linguagem, Epistemologia, Filosofia Política e Estética; c) o núcleo flexível constituído pelas disciplinas optativas, o Trabalho de Conclusão de Curso e as Atividades Acadêmicas Complementares. Esse conjunto de estudos deve levar o profissional licenciado em Filosofia a desenvolver as seguintes competências e habilidades:

  • Sólida formação em História da Filosofia, capacitando-o para a compreensão dos principais temas, problemas e sistemas filosóficos;

  • Capacidade de analisar, interpretar e comentar de forma crítica e segura obras filosóficas segundo os procedimentos da técnica hermenêutica;

  • Habilidade na leitura e redação de textos e temas filosóficos;

  • Atuação e compreensão nos processos de significação que envolvem fatos concernentes à existência humana e à produção artístico-científica, entre outros;

  • Prática do exercício constante de inter-relação entre filosofia e realidade, promovendo o desenvolvimento do espírito crítico e a disseminação de valores vinculados à ética, à cidadania e aos direitos humanos;

  • Senso crítico capaz de elaborar de forma clara e precisa a análise das questões filosófico-político-culturais da contemporaneidade;

  • Capacidade para contribuir em projetos culturais, artísticos, literários e científicos, implementando o debate interdisciplinar;

  • Habilidade em articular ensino-pesquisa-extensão na produção do conhecimento filosófico.

Além disso, considerando que o curso está orientado para a formação do professor de filosofia, os egressos estarão habilitados a enfrentar, com sucesso, os desafios e as dificuldades inerentes à tarefa de despertar os estudantes da Educação Básica para a reflexão filosófica, bem como para transmitir-lhes o legado da tradição filosófica e o gosto pelo pensamento inovador, crítico e independente. Para tanto, os egressos apresentarão domínio dos principais temas, problemas e sistemas filosóficos e a capacidade de transpor didaticamente os conhecimentos assimilados aos estudantes. Os egressos do Curso de Licenciatura em Filosofia da UERR estarão, ainda, capacitados para a análise e reflexão crítica da realidade social na qual estão inseridos. Em vista disso, a formação específica para a docência visa desenvolver as seguintes competências e habilidades:

  • Criar, planejar, realizar e avaliar situações didáticas eficazes para a aprendizagem e o desenvolvimento dos estudantes;

  • Construir diferentes procedimentos de comunicação dos conteúdos, elegendo os mais adequados, considerando a diversidade dos estudantes, os objetivos das atividades propostas e as características dos próprios conteúdos;

  • Analisar, produzir e utilizar materiais e recursos didáticos, diversificando as possíveis atividades e potencializando seu uso em diferentes situações para a organização do trabalho;

  • Intervir nas situações educativas com sensibilidade, acolhimento e afirmação responsável de seu papel educativo;

  • Utilizar procedimentos diversificados de avaliação da aprendizagem e, a partir dos resultados alcançados, formular propostas de intervenção pedagógica, considerando o desenvolvimento de diferentes capacidades dos estudantes;

  • Promover práticas educativas levando em conta as características dos estudantes e da comunidade, os temas e necessidades do mundo social e os princípios, prioridades e objetivos do projeto educativo e curricular.

  • Investigar o contexto educativo na sua complexidade e analisar a própria prática profissional, tomando-a continuamente como objeto de reflexão para compreender e administrar o efeito das ações propostas, avaliar seus resultados e sistematizar conclusões, de forma a aprimorá-las;

  • Usar procedimentos de pesquisa para manter-se atualizado e tomar decisões em relação aos conteúdos de ensino;

  • Desenvolver-se profissionalmente e ampliar seu horizonte cultural, adotando uma atitude de disponibilidade para a atualização, de flexibilidade para mudanças, de gosto pela leitura e empenho no uso da escrita como instrumento de desenvolvimento profissional.