______________________________________________________________________________________________________________________

Curiosidades: Banana alivia depressão e stress no trabalho


Que a banana é uma boa fonte de energia todo mundo já sabe. O que os estudiosos vêm descobrindo em pesquisas mais recentes é que a fruta também pode ajudar a diminuir a depressão e evitar o stress no trabalho, além de combater azia e anemia.

De acordo com pesquisas, feita com pessoas que sofrem de depressão, após comer banana os efeitos diminuíram. Isso acontece porque a fruta dispõe de um tipo de proteína chamada tripofano.

No corpo, ela é convertida seretonina, capaz de fazer a pessoa relaxar e, consequentemente, ficar com um humor melhor. Outro ponto constatado nas pesquisas é que por ser rica em vitamina B, a banana acalma o sistema nervoso.

Outra pesquisa, realizada no Instituto de Psicologia da Áustria, revela que o stress no trabalho também pode ser amenizado com a banana. Isso porque ela é rica em carboidratos e sendo comida a cada duas horas pode proporcionar o mesmo conforto muitas vezes procurado nos doces e chocolate.

A banana também é rica em ferro e, com isso, estimula a produção de hemoglobina. Nesse caso, a fruta ajuda a combater as chances de anemia.

 Fonte: Portal Deguste



COLUNA GASTRONOMIA SEM FRESCURA - POR ISMAELSON RÊGO







Alunos de Natal ganham competição internacional de gastronomia

A primeira Laureate Culinary Cup 2011 aconteceu nos Estados Unidos



A "A Rainha do Brasil" foi servida em pequenas cumbucas e enroladas em tecido de chita, um toque especial para lembrar o nordeste. 

Os sabores do nordeste ganharam destaque mundial pelas mãos habilidosas de dois alunos norte-rio-grandenses. Warison Santos e Vandilson Santos, do curso de Gastronomia da Unp (do grupo Laureate), participaram no mês passado da etapa final da “Laureate Culinary Cup Competition" no Kendall College de Chicago, e trouxeram para Natal a medalha de ouro. 
Foto: Divulgação/Unp

Annamaria Nóbrega (Unp) (esq), Vandilson Santos (Unp), Christopher Koetke(Rede Laureate), Warison Santos(Unp) e Rosa Moraes(Rede Laureate Brasil)


A competição reuniu oito duplas de países como Estados Unidos, Costa Rica, Jordânia e México. Para se classificar para a final os estudantes enfrentaram uma dura seletiva, que aconteceu no dia 09 de dezembro, em São Paulo, onde Warison e Vandilson disputaram a vaga com alunos de Gastronomia da Universidade Anhembi-Morumbi, considerada a melhor no segmento da América Latina.

O cardápio escolhido para a competição foi inspirado na literatura brasileira. De entrada os estudantes preparam duas receitas: A Rainha do Brasil (uma adaptação de Bobó de Camarão com caldo de leite de coco e macaxeira), e Dona Flor e seus Dois Maridos (salada de brotos com sorbet de pimenta de cheiro, azeite de dendê, limão e cravo). O prato principal ganhou o nome de uma das obras mais importantes do escritor Cearense José de Alencar, Iracema. O prato foi feito à base de Tilápia cozida em baixa temperatura com banana da terra, manga grelhada e calda de laranja baía e pripioca. 

Para fechar com chave de ouro, a dupla apresentou um trio de sobremesas intituladas As Estórias da Tia Anastácia. O prato foi inspirado nas receitas feitas no Sítio do Pica Pau Amarelo, da obra de Monteiro Lobato, e é composto por bolinho de chuva com doce de leite mineiro, canjica de milho branco e quentão cítrico.

O trio de sobremesa Estórias da Tia Anastácia

Fonte: Portal Deguste.

O júri era formado por cinco chefs americanos. A dupla brasileira teve mais de oitenta por cento de aproveitamento, ficando em primeiro lugar, juntamente com os Estados Unidos, México e Jordânia. “Estamos muito felizes de ter representado bem a gastronomia brasileira, principalmente, pelos pratos escolhidos serem da culinária nordestina”, conclui Warison Santos.

__________________________________________________________________________________________________________________


postagens anteriores...