HISTÓRIA & GEOGRAFIA

PLAUTEN, Kr. Braunsberg, Ostpreußen

No século XIV os Cavaleiros Teutônicos construíram a fortaleza "Plut" 10 km a leste de Mehlsack (Pieniezno) para se protegerem das invasões dos lituanos. Em 1326 já é mencionada a igreja que até hoje encontra-se no local, cujo vilarejo em torno passou a denominar-se de Plauten (hoje Pluty).

Entrada de Pluty, antiga Plauten.

Anton Klafki, irmão mais velho de Johann e Ludwig Klawki, que vieram para o Brasil em 1852, casou-se com Agnes Reckward por volta de 1830, indo morar em Plauten. Lá tiveram 5 filhos: Anton, Veronika, Carl, Ferdinandus e Johann. Carl veio para o Brasil acompanhando as famílias de seus tios, Johann e Ludwig, e um primo, Peter. O filho Anton casou-se com Wilhelmine Arendt e ambos emigraram para o Brasil, em 1857 (Passaporte ao lado). Após o falecimento de sua mãe, Agnes, em 1869, Johann, o filho caçula, também veio para o Brasil.













Veronika Klafki casou-se com Andreas Hintz e permaneceu em Plauten. O casal teve ao menos duas filhas. A caçula Johanna (foto ao lado) casou-se com Anton Graw e, com a expulsão dos alemães da Prússia Oriental, foram morar em Sonsbeck, em Alemanha, onde faleceu, em 1858.

A casa dos Klafki-Hintz, em Plauten, antes da II Guerra Mundial


Pluty ‎(Plauten)‎


Comments