Contacte-nos

24dias desde
Início dos exames nacionais Ensino Secundário

Explicações de Matemática, Análise, Álgebra, Estatística e Cálculo

Explicações de matemática para todos os níveis de ensino ( secundário, superior ou básico ).
 
Explicações de análise matemática I, análise matemática II, análise matemática III, análise matemática IV, cáculo diferencial e integral, cálculo I, cálculo II, métodos quantitativos, matemática I, matemática II, matemáticas gerais, álgebra I, álgebra II, álgebra linear, estatística I, estatística II, matemática discreta, probabilidade e estatística, análise complexa e equações diferenciais, análise matricial ( do ensino superior ), explicações de matemática A, matemática B, MACS, métodos quantitativos ( do ensino secundário ), explicações de matemática ( do ensino básico )

- recuperação de conteúdos curriculares não apreendidos
- acompanhamento ao aluno no processo de aprendizagem
- preparação para testes, frequências e exames
 
Voltar ao Inicío
 
 O confronto de estratégias supõe um plano reflexivo sobre a resolução de problemas e dá lugar a novos problemas.

As explicações emergem a medida que se adopta uma posição reflexiva sobre o próprio trabalho. 

Conseguir encadear dedutivamente relações matemáticas para produzir novas relações não é uma aquisição espontânea dos alunos, é produto de um trabalho intencional.

 
Tomando em consideração que a Matemática é provavelmente uma das ciências com maior teor de aplicação na resolução de problemas a estudar, na esmagadora maioria das áreas do saber, logicamente se infere que hoje a ciência Matemática faça parte dos planos de estudo da generalidade dos cursos superiores em domínios tão distintos como o são a física, a química, a biologia, a economia, entre muitas outras, e até, em período recente, também do plano de estudos das licenciaturas conectadas às ciências da saúde .
Por isso é necessário que os alunos tenham boa preparação cognitiva no âmbito das ciências matemáticas, de forma a poderem progredir com relativa facilidade nos seus objectivos escolares .
A competente aprendizagem da matemática até ao 9º ano do ensino básico é essencial, no entanto, não bastará no ensino secundário e no ensino superior, apenas uma consolidação dos conhecimentos da matemática apreendidos até então, mas muito mais do que isso.
O 10º e 11º anos exigem conhecimentos mais vastos e onde as explicações com explicadores de qualidade possibilitam a ultrapassagem das dificuldades da matemática.
No entanto o 12º ano é ano de exames nacionais e esse facto torna ainda mais importante o conhecimento da matemática que viabilize o ingresso no ensino superior e genericamente o sucesso escolar.
As explicações neste momento ganham nova e redobrada importância, já que estando o explicador numa relação pessoal com o explicando, possibilita que este aprenda os " mistérios insondáveis da matemática", tirando as suas dúvidas pessoais e não num contexto massificado de aula de escola, onde as dúvidas pessoais do aluno, são apenas atendidas numa ínfima parte.

Chegados ao 12º ano e ao ensino superior os alunos terão que  :

- Analisar situações concretas elementares.
- Identificar modelos matemáticos que possibilitem a resolução de problemas.
- Interpretar resultados no contexto dos problemas.
- Proceder a raciocínios demonstrativos, nomeadamente, o método de indução matemática.
- Comunicar conceitos, raciocínios e ideias com clareza e valor lógico.

As explicações de matemática dão neste contexto um importante contributo para a superação de algumas dificuldades

Nada, que os alunos não possam ultrapassar com o seu trabalho, persistência, dedicação, e o apoio dos seus Professores e Explicadores.
 
 
 " A matemática pura é à sua maneira, a poesia das ideias lógicas"
Albert Einstein
 
 " A matemática é o alfabeto com o qual DEUS escreveu o universo "
Pitágoras

 " Se a física é a poesia da natureza, a matemática é o seu idioma "
António Gomes Lacerda


"A felicidade não é uma constante matemática, mas pode alcançar o infinito em um dado momento."
 
 
Voltar ao Inicío
 
Č
Ċ
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
27/09/2011, 11:08
Ċ
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
14/02/2011, 11:00
ċ
Explicamat[1]
(109k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
21/10/2011, 12:20
ċ
FunçõesTrigonométricas.mht
(241k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:33
ċ
Funçõesexponenciaiselogarítmicas.mht
(302k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:35
ċ
IntegralDefinida.mht
(726k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:29
ċ
Integralporpartes.mht
(721k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:30
ċ
IntroduçãoàsIntegrais(Primitivas).mht
(722k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:30
ċ
MatemáticaDiscreta-Algoritmos.mht
(622k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:19
ĉ
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
20/02/2011, 23:58
ċ
RegrasdeL'Hospital.mht
(112k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
14/02/2011, 11:00
Ċ
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
14/02/2011, 10:59
ċ
TeoremadeBolzanoCauchy.mht
(771k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 03:22
ċ
YouTube-Matemática-Funçõesdo1ºe2ºGraus.mht
(722k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
16/02/2011, 02:29
ċ
regradecramer-PesquisadoGoogle.mht
(95k)
Quantum Centro de Explicações de Lisboa,
14/02/2011, 10:59