O Pombo Correio

"Só há um sistema vital sobre o Planeta Terra, os pássaros, as árvores, os peixes e os homens. Estudar e proteger os pássaros é proteger a espécie humana.” Jacques Yves Cousteau


Muita gente já terá ouvido falar da Columbofilia como centro dos entusiastas da arte de criação de pombos-correio. É realmente difícil precisar a data em que se iniciou o transporte de mensagens através dos pombos. Registra a história, por exemplo, que Salomão se utilizava de pombos para comunicar-se com os governadores de seu vasto império. Outras façanhas comprovam o valor dessa ave, como a que transportou mensagens do front de Verdun até Ramport, a uma distancia de 30 quilômetros com a media de 24 minutos. Outros pombos foram utilizados como fotógrafos.

Levavam no peito um pequeno aparelho fotográfico automático, que tiravam chapas do alto, quando sobrevoavam as linhas inimigas. Com o advento da aviação, encurtando as distancias e facilitando missões perigosas, passou o pombo-correio a constituir um passa-tempo dos columbófilos.

Os pombos-correios são, hoje, os precursores dos modernos meios de transmissão, como sejam o rádio, a telegrafia e os jornais.

[Fonte: João Marcos Baroni, médico veterinário aposentado da UFPR]

Saiba mais:

http://www.crmv-pr.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=936&Itemid=28

http://almanaque.folha.uol.com.br/ciencia_08jul1953.htm


Pombos correios usados como "mulas" em presídio


Comments