E-mail

Introdução:

O e-mail nasceu em outubro de 1971, na cidade americana de Cambridge (no estado de Massachusetts), em um laboratório da BBN. Essa empresa era uma das envolvidas no projeto da Arpanet - malha de computadores criados pelos militares norte-americanos que, no futuro, daria origem à internet, desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Ray Tomlinson

Engenheiro da empresa norte-americana BBN Technologies, ele criou um software chamado SNDMSG, que permitia a transferência de arquivos junto com pequenas mensagens de texto.

Antes de chegar ao e-mail, Tomlinson somou as funcionalidades dos aplicativos SNDMSG (uma contração da expressão em inglês "send message", ou seja, "enviar mensagem") e o Readmail, para leitura de correio. Mas esse sistema permitia apenas o compartilhamento de textos.

O enge

nheiro também trabalhava em um protocolo chamado CPYNET, para transferência de arquivos entre computadores conectados em rede. Ao juntar os dois programas, ele conseguiu enviar uma mensagem para seus colaboradores, anunciando sua criação.

Arroba

Tomlinson enviou uma mensagem de um computador para outro, e escolheu o símbolo @ para separar o nome do usuário do computador provedor. Em inglês, o nosso "arroba" é lido como "at", que significa "em". O primeiro endereço de e-mail criado foi o tomlinson@bbn-tenexa.

Atualmente, o e-mail tornou-se um meio de comunicação indispensável. Por outro lado, o e-mail também trouxe alguns transtornos, já que é veículo de propagação de vírus, mensagens não solicitadas e trotes em todo o mundo.

Os internautas ávidos por detalhes da história do e-mail também podem visitar o site www.pretext.com/mar98/features/story2.htm , em que o engenheiro conta mais detalhes sobre a criação do SNDMSG.

Curiosidades

  • Durante boa parte de sua história, o e-mail era usado majoritariamente por militares e pesquisadores da área de computação. Só com o desenvolvimento da Internet, o uso do correio eletrônico se popularizou entre usuários domésticos e empresas.
  • Trinta anos depois, segundo a IDC (International Data Corporation), o número de e-mails trocados diariamente figura em torno dos 10 bilhõe

    s. Até 2005, esse número deve chegar a 36 bilhões.
  • O número de caixas postais pelo mundo no final do ano passado (2000) era de 505 milhões, também segundo a IDC. Até 2005, esse número deve chegar a 1,2 bilhões. Tudo isso estimulado por novos serviços, como o acesso sem fio à internet.
  • Segundo o estudo, os navegadores se tornarão cada vez mais populares para acessar e-mail. A partir de 2003, segundo a IDC, programas específicos como o Outlook Express, o Netscape Messenger ou o Eudora deve perder espaço para os próprio navegador.
  • O conteúdo da primeira mensagem era o seguinte: "Test 1-2-3-4" . Depois que Ray percebeu que a sua criação era bacana, ele começou a mandar mensagens pros seus colegas de trabalho, falando sobre a sua "invençãozinha".

Vídeos

As duas reportagens abaixo foram feitas no início da implantação do e-mail no Brasil. A repórter, falava com admiração, da existência de algumas centenas de e-mails.

Vídeo do YouTube

Vídeo do YouTube




Comments