Correio a Cavalo

Pony Express é o nome que ficou conhecido um histório correio expresso colocado em funcionamento em 1860 que levava correspondência, cruzando o território americano com cavalos e diligências. A rota ligava as cidades de St. Joseph (Missouri) a Sacramento (California).

O Pony Express foi criado por William Hepburn Russell, William B. Waddell e Alexander Majors. Iniciou oficialmente suas operações na data de 3 de abril de 1860. A primeira viagem cumprindo a rota a partir do Oeste do país foi feita em 10 dias, 7 horas e 45 minutos. A da partida do Este foi feita em 11 dias e 12 horas. Foram cobertas aproximadamente, em média, 250 milhas (cerca de 402 quilômetros) a cada 24 horas (foto ao lado).

A unica possibilidade, na época, de levar uma mensagem era utilizando-se navios que contornavam toda a América via estreito de Magalhães, ou pelo istimo do Panamá (não havia ainda o canal). Essa viagem demorava cerca de 6 meses.

As estações de parada da Pony Express distavam 16 quilômetros uma das outras ao longo do caminho, considerada a distância máxima que um cavalo aguentava em ritmo ininterrupto de galope. O cavaleiro então pegava uma montaria descansada em cada parada, sempre carregando a mochila da correspondência que pesava em torno de 10 quilos. Os cavaleiros não podiam ser muito pesados. Costumavam levar também uma faca, revólver, cantil, bíblia e as vezes um rifle. Os cavaleiros recebiam 100 dólares por mês como pagamento. O nome Pony, a rigor não era correto, pois os cavalos não eram todos dessa raça.

O Pony Express anunciou que encerraria as operações em 26 de outubro de 1861, 2 dias depois que o Telégrafo Transcontinental começou em Salt Lake City.

Em 1866, após o fim da Guerra Civil Americana, Holladay vendeu os ativos da Pony Express e o que restou da Butterfield Stage para a Wells Fargo por $1,5 milhões de dólares.

Na foto ao lado Frank E. Webner, cavaleiro do Pony Express por volta de 1861.

Comments